Parlamentares petistas pedem reembolso de despesas com 'atos' pró-Lula

Parlamentares do PT repassaram ao Congresso Nacional despesas relacionadas à campanha política do partido contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato. O jornal O Estado de S. Paulo encontrou na prestação de contas mensal de sete parlamentares gastos com deslocamento e alimentação que somam R$ 3.769,45.

Os gastos foram registrados em São Bernardo do Campo (SP), onde Lula fez um ato no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC nos dias 5 e 6 de abril, após a ordem de prisão, e na região metropolitana de Curitiba, cidade onde o petista está preso desde o dia 7. Os valores podem aumentar, porque as bancadas têm 90 dias para enviar às respectivas casas legislativas documentos comprobatórios para pedir reembolso de despesas.

Comentários

Leia também...

Reforma da Previdência - Professores, policiais federais e trabalhadores rurais terão idade mínima igual para homens e mulheres

Conchal - Eleitores são convocados para a Revisão do Eleitorado

Conchal - Sua conta de água veio com valores acima do normal? Saiba como proceder

Marcola, chefe de facção criminosa de SP, é transferido para penitenciária federal

Brasil - Carnaval deve movimentar R$ 6,78 bilhões e gerar 23,6 mil vagas temporárias, prevê CNC

Após velório em SP Corpo do jornalista Ricardo Boechat é levado para cerimônia de cremação

Jovem que teve testa tatuada em 2017 é detido por suspeita de furto em São Bernardo do Campo, SP

WhatsApp pedirá sua permissão antes de adiciona-lo em grupos

Horário de verão termina neste sábado (16)

Mete a colher aplicativo que utiliza a tecnologia como aliada no combate à violência contra as mulheres

Todas as Publicações

Mostrar mais