ARTESP reforça orientação sobre medidas de segurança nos pedágios com a promulgação da Lei que determina a retirada das cancelas das pistas de cobrança eletrônica
Com a nova lei, o usuário deve redobrar a atenção para a sinalização e limite de velocidade, evitando acidentes na passagem pelo pedágio.


A partir de zero hora de hoje 19/06, todas as cancelas das pistas de pagamento eletrônico de pedágio das rodovias paulistas deverão ser retiradas, é o que determina a Lei nº 16.768/18, publicada na edição de hoje do Diário Oficial doEstado de São Paulo. Reforçando as medidas de segurança aos usuários das rodovias, a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) pede maior atenção aos motoristas para o respeito aos limites de velocidade, à sinalização e as demais regras trânsito na passagem pelas pistas automáticas, agora sem cancelas, evitando acidentes.

As pistas de cobrança automática estão devidamente sinalizadas nas praças de pedágio e são exclusivas para a cobrança automática. Somente usuários com tags ativos, instalados conforme orientação da respectiva operadora e com saldo devem se dirigir à pista de pagamento eletrônico. Por isso, é extremamente importante verificar junto a operadora – seja por contato telefônico ou por meio de aplicativo de celular se o equipamento está ativo e com crédito antes de iniciar a viagem. Os usuários que passarem sem crédito ou sem tag estarão cometendo evasão de pedágio, infração de trânsito prevista no Artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) passível de multa de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira de habilitação.

Para aqueles que possuírem o tag ativo e se dirigirem para as pistas exclusivas para arrecadação eletrônica, devem obedecer aos limites de velocidade de aproximação das cabines que permanece o mesmo: 40 km/h. As concessionárias, diante da imposição de retirada das cancelas pela lei, disponibilizarão funcionários nas cabines para orientar e auxiliar os usuários em caso de qualquer dúvida e fornecer todas as informações solicitadas.

Dicas de segurança na passagem pelas cabines automáticas sem cancelas:

• As pistas são exclusivas para veículos com tag ativo, assim mantenham seu dispositivo “tag“ instalado de forma correta e verifique seu saldo e a regularidade junto à operadora;
Nas aproximações das praças de pedágio, os usuários deverão atentar para a redução gradativa da velocidade regulamentada, bem como, estabelecer a distância segura dos demais veículos; Dicas de segurança na passagem pelas cabines automáticas sem cancelas:

• As pistas são exclusivas para veículos com tag ativo, assim mantenham seu dispositivo “tag“ instalado de forma correta e verifique seu saldo e a regularidade junto à operadora;
• Nas aproximações das praças de pedágio, os usuários deverão atentar para a redução gradativa da velocidade regulamentada, bem como, estabelecer a distância segura dos demais veículos.
• Estando com o tag ativo e regular, na entrada e passagem pela pista automática, mantenha velocidade constante e dentro dos limites definidos – 40 Km/h;
• O semáforo de fiscalização passará do vermelho para o verde indicando a regularidade da passagem;
• Caso o semáforo se mantenha no vermelho o usuário deverá parar e aguardar orientação do funcionário da concessionária;
• Veículos que cruzarem sem créditos ou sem tag estarão cometendo evasão de pedágio, infração de trânsito prevista Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e passível de multa de R$ 195,23 com cinco pontos na carteira de habilitação;
• Com a retirada das cancelas das vias automáticas, os usuários deverão  atentar ainda mais a sinalização semafórica existente em todas as praças de pedágio.

A segurança das rodovias de São Paulo sempre é uma prioridade para a Artesp e para as concessionárias paulistas, o que inclui a passagem pelas praças de pedágio.

• Estando com o tag ativo e regular, na entrada e passagem pela pista automática, mantenha velocidade constante e dentro dos limites definidos – 40 Km/h;
• O semáforo de fiscalização passará do vermelho para o verde indicando a regularidade da passagem;
• Caso o semáforo se mantenha no vermelho o usuário deverá parar e aguardar orientação do funcionário da concessionária;
• Veículos que cruzarem sem créditos ou sem tag estarão cometendo evasão de pedágio, infração de trânsito prevista Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e passível de multa de R$ 195,23 com cinco pontos na carteira de habilitação;
• Com a retirada das cancelas das vias automáticas, os usuários deverão  atentar ainda mais a sinalização semafórica existente em todas as praças de pedágio.

Fonte: ARTESP – Assessoria de Imprensa


Comentários

Leia também...

Em dois dias Policia Civil prende 7 pessoas em Conchal

Ônibus cai em ribanceira e deixa mortos na BR-146, no Alto Paranaíba. Ônibus partiu de Conchal/SP e seguia para o Ceará.

ELEIÇÕES CHEGANDO - Baixe Agora o Detector de Corruptos com reconhecimento facial e veja como funciona

Ensino domiciliar só pode ser autorizado por lei específica, decide Supremo

Candidato à `presidência, Jair Bolsonaro leva facada durante ato de campanha em Juiz Fora

Trabalhadora falta a audiência e é condenada a pagar R$ 47,5 mil a empresa

Comissão aprova MP que destina R$ 4,7 bi a hospitais filantrópicos e Santas Casas

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL
VISITE O APARTAMENTO DECORADO