Sem ninguém pedir, juiz proíbe propaganda eleitoral perto de igrejas




Sem ninguém pedir, o juiz Mauro Nicolau Junior publicou um "aviso ad referendum do plenário do Tribunal RegionalEleitoral" proibindo propaganda eleitoral perto de igrejas e templos. Fiscal da propaganda no Rio de Janeiro, o magistrado afirma que a propaganda política em templos religiosos é proibida pela Lei Eleitoral, e decidiu se adiantar aos processos.

O juiz também argumenta que o Supremo Tribunal Federal já decidiu que igrejas não podem contribuir com campanhas eleitorais e que o Tribunal Superior Eleitoral considerada a propaganda de candidatos por entidades religiosas uma forma de abuso de poder econômico.



“O culto traduz um momento em que a relação entre a pessoa e Deus ou entidade que corresponda à fé que professa se afirma e reforça, pois nele o encontro com Deus se faz presente pelo diálogo", discorre Nicolau. "Não se trata, portanto, do momento nem do local apropriados para se realizar propaganda eleitoral. Além do desrespeito às pessoas presentes ao culto, o desvirtuamento do ato religioso em propaganda eleitoral é ilícito”, continua.

Ele recomenda que os representantes de igrejas instruam todos os líderes religiosos de suas ordens. Se elas forem desrespeitadas, as igrejas estão sujeitas a punições, que podem ser multas ou interdição.

Clique aqui para ler o aviso




Comentários

Leia também...

Em Mogi Guaçu (SP) aluno foi detido após denúncia de que faria um ataque em escola

Menino de 4 anos corta os pulsos e pais acreditam que pode ser influência da Momo

Caixa deteriorada no Bairro Esperança 3 rompe e desperdiça aproximadamente 150 mil litros d’água. Veja vídeo

Conchal será uma das cidades contempladas com Esquadrilha da Fumaça

Tráfico de crianças é registrado na rodovia Fernão Dias

Policia Militar realiza reunião de segurança pública em Tujuguaba

Criança de Birigui (SP) tenta se enforcar após ver boneca "Momo" em vídeo infantil

NASA: iceberg gigante está prestes a se desprender na Antártica

Excursão de escola pública é barrada em shopping de SP e educadora diz que houve discriminação

Primeiro ônibus sustentável movido a cocô no Brasil inicia fase de teste na próxima segunda-feira (18)

Todas as Publicações

Mostrar mais