Moro quebra sigilo de parte da delação de Palocci





Pelo acordo, o ex-ministro teve redução de 2/3 da pena e terá que pagar multa de R$ 35 milhões.
 
O  juiz Sergio Moro quebrou o sigilo de parte do acordo de colaboração premiada firmado entre Antonio Palocci e a Polícia Federal, de acordo com a coluna Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo.

Segundo a publicação, em um dos anexos, o ex-ministro de governos petistas detalha um suposto esquema de indicações para cargos na Petrobras durante o governo Lula.

No documento, Palocci conta que, em reunião no Palácio do Planalto, o então presidente Lula teria negociado R$ 40 milhões em propina para a campanha de Dilma Rousseff em 2010.

Comentários

Leia também...

Reforma da Previdência - Professores, policiais federais e trabalhadores rurais terão idade mínima igual para homens e mulheres

Conchal - Eleitores são convocados para a Revisão do Eleitorado

Conchal - Sua conta de água veio com valores acima do normal? Saiba como proceder

Marcola, chefe de facção criminosa de SP, é transferido para penitenciária federal

Brasil - Carnaval deve movimentar R$ 6,78 bilhões e gerar 23,6 mil vagas temporárias, prevê CNC

Após velório em SP Corpo do jornalista Ricardo Boechat é levado para cerimônia de cremação

Jovem que teve testa tatuada em 2017 é detido por suspeita de furto em São Bernardo do Campo, SP

WhatsApp pedirá sua permissão antes de adiciona-lo em grupos

Horário de verão termina neste sábado (16)

Mete a colher aplicativo que utiliza a tecnologia como aliada no combate à violência contra as mulheres

Todas as Publicações

Mostrar mais