Moro quebra sigilo de parte da delação de Palocci





Pelo acordo, o ex-ministro teve redução de 2/3 da pena e terá que pagar multa de R$ 35 milhões.
 
O  juiz Sergio Moro quebrou o sigilo de parte do acordo de colaboração premiada firmado entre Antonio Palocci e a Polícia Federal, de acordo com a coluna Mônica Bérgamo, da Folha de S. Paulo.

Segundo a publicação, em um dos anexos, o ex-ministro de governos petistas detalha um suposto esquema de indicações para cargos na Petrobras durante o governo Lula.

No documento, Palocci conta que, em reunião no Palácio do Planalto, o então presidente Lula teria negociado R$ 40 milhões em propina para a campanha de Dilma Rousseff em 2010.

Comentários

Leia também...

Policia Civil prende seis indivíduos suspeitos de serem os responsáveis pela onda de crimes acontecidos em Conchal nos últimos meses

Policia Militar e GCM de Conchal apertam o cerco contra o crime e realizam operações em Conchal

Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar pai dentro de presídio no Ceará

Relógios se alteraram automaticamente durante a madrugada e confundiram os usuários na manhã deste domingo (21)

"Censura" - PSOL partido aliado do PT pede para TSE suspender funcionamento do WhatsApp em todo país

Sancionada lei que dispensa reconhecimento de firma e autenticação de documento em órgãos públicos

Prefeitura de Conchal segue com recapeamento na Avenida João Paulo II

“Quem tem o apoio de milhões de brasileiros não precisa pagar”, disse estrategista digital de Bolsonaro

Jovens conchalenses recebem certificados de conclusão do curso da Oficina do Jornalismo F5 (2018)

ETEC abre inscrições para Vagas Remanescentes do 2º Módulo dos cursos técnicos de Administração e Recursos Humanos em Conchal

Todas as Publicações

Mostrar mais