Aposentado e motorista de ônibus escolar foram presos suspeitos de estuprar menina de 12 anos em Aguaí, SP


Por Ingrid Pereira
Informações do G1 


Foto: Carlos Henrique Vallim dos Santos/arquivo pessoal 

Nesta quinta-feira (17) um aposentado de 62 anos foi preso, em Aguaí (SP) suspeito de estuprar uma menina de 12 anos. Quem descobriu o crime foi a mãe da criança que viu uma troca de mensagens em um aplicativo de mensagem do Facebook.

Na terça-feira (15), um motorista de ônibus escolar da prefeitura, de 38 anos também foi preso por trocar mensagens, fotos e vídeos de caráter sexual com a mesma menina.

E nota, a prefeitura de Aguaí que vai abrir um processo para investigar o caso. Disse ainda que o motorista trabalha agora com transporte de universitários.

As mensagens

A mãe descobriu o caso na última quinta-feira (10), ela pegou o celular da filha e percebeu que o aplicativo Messenger do Facebook estava desinstalado. Desconfiada ela instalou novamente e viu as conversas com os dois homens.

‘’Tinha vídeos dele (motorista) se masturbando para a minha menina. Umas conversas que eu achei inadequado o que ele estava falando. Tem fotos dele e ele pedindo fotos da minha menina’’, disse.  

O estupro

A mãe continuou lendo as conversas quando no sábado (12), encontrou uma do motorista perguntando se o aposentado tinha ido à casa dela, na última quinta-feira, e a garota respondeu que sim.

‘’Peguei ela e aí ela acabou contando que o aposentado tinha ido e abusou dela lá. Eu cheguei a ligar para ele e perguntei se ele tinha ido em casa. Ele falou que sim. Perguntei: com ordem de quem? Aí ele falou assim: fui aí levar um docinho’’, contou

Segundo o advogado da família, Carlos Henrique Vallim dos Santos, o 
aposentado perguntou nas mensagens para a menina se ela tinha sangrado após o estupro e pediu fotos. 

Investigação

De acordo com o delegado Jorge Luis Mazzi, a polícia civil de Aguaí tomou conhecimento do caso na segunda-feira (14) e acionou o SIG (Setor de Investigações Gerais) para realizar pesquisas nas redes sociais e confirmar a existência dos perfis no aplicativo.

O delegado teve acesso a câmeras de segurança da região da casa da menina que comprova a ida do aposentado até lá. Ainda na segunda-feira Mazzi fez o pedido de prisão dos dois suspeitos. As duas foram decretadas na quarta-feira.

O aposentado responderá por estupro de vulnerável sob ameaça. Já o motorista por estupro de vulnerável.

Os dois suspeitos eram conhecidos e frequentavam a casa da família segundo a mãe da garota.


Comentários

Leia também...

Vaga de Emprego em Conchal

Ponto Alto Empreendimentos inicia obra asfáltica na Avenida Manoel Gonçalves Neto

Pelo menos 207 pessoas morreram e cerca de 450 ficaram feridas neste domingo de Páscoa no Sri Lanka

Polícia Militar prende traficantes com quase 4 kg de cocaína em Araras, SP

COMUNICADO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA REVISÃO DA LEI DE PARCELAMENTO DO SOLO E URBANIZAÇÕES ESPECIAIS NO MUNICÍPIO DE CONCHAL (SP)

Por que peixe não é considerado carne durante a Quaresma?

Tribunal divulga relação de cidades com problemas na gestão fiscal e orçamentária

Comissão da Câmara de Conchal avalia situação de vereador preso com carga roubada de cerveja

Bebê de 15 dias tem queimaduras de 2º grau em banho, em hospital da Paraíba

Todas as Publicações

Mostrar mais