Aposentado e motorista de ônibus escolar foram presos suspeitos de estuprar menina de 12 anos em Aguaí, SP


Por Ingrid Pereira
Informações do G1 


Foto: Carlos Henrique Vallim dos Santos/arquivo pessoal 

Nesta quinta-feira (17) um aposentado de 62 anos foi preso, em Aguaí (SP) suspeito de estuprar uma menina de 12 anos. Quem descobriu o crime foi a mãe da criança que viu uma troca de mensagens em um aplicativo de mensagem do Facebook.

Na terça-feira (15), um motorista de ônibus escolar da prefeitura, de 38 anos também foi preso por trocar mensagens, fotos e vídeos de caráter sexual com a mesma menina.

E nota, a prefeitura de Aguaí que vai abrir um processo para investigar o caso. Disse ainda que o motorista trabalha agora com transporte de universitários.

As mensagens

A mãe descobriu o caso na última quinta-feira (10), ela pegou o celular da filha e percebeu que o aplicativo Messenger do Facebook estava desinstalado. Desconfiada ela instalou novamente e viu as conversas com os dois homens.

‘’Tinha vídeos dele (motorista) se masturbando para a minha menina. Umas conversas que eu achei inadequado o que ele estava falando. Tem fotos dele e ele pedindo fotos da minha menina’’, disse.  

O estupro

A mãe continuou lendo as conversas quando no sábado (12), encontrou uma do motorista perguntando se o aposentado tinha ido à casa dela, na última quinta-feira, e a garota respondeu que sim.

‘’Peguei ela e aí ela acabou contando que o aposentado tinha ido e abusou dela lá. Eu cheguei a ligar para ele e perguntei se ele tinha ido em casa. Ele falou que sim. Perguntei: com ordem de quem? Aí ele falou assim: fui aí levar um docinho’’, contou

Segundo o advogado da família, Carlos Henrique Vallim dos Santos, o 
aposentado perguntou nas mensagens para a menina se ela tinha sangrado após o estupro e pediu fotos. 

Investigação

De acordo com o delegado Jorge Luis Mazzi, a polícia civil de Aguaí tomou conhecimento do caso na segunda-feira (14) e acionou o SIG (Setor de Investigações Gerais) para realizar pesquisas nas redes sociais e confirmar a existência dos perfis no aplicativo.

O delegado teve acesso a câmeras de segurança da região da casa da menina que comprova a ida do aposentado até lá. Ainda na segunda-feira Mazzi fez o pedido de prisão dos dois suspeitos. As duas foram decretadas na quarta-feira.

O aposentado responderá por estupro de vulnerável sob ameaça. Já o motorista por estupro de vulnerável.

Os dois suspeitos eram conhecidos e frequentavam a casa da família segundo a mãe da garota.


Comentários

Leia também...

Conchal - Eleitores são convocados para a Revisão do Eleitorado

Reforma da Previdência - Professores, policiais federais e trabalhadores rurais terão idade mínima igual para homens e mulheres

Conchal - Sua conta de água veio com valores acima do normal? Saiba como proceder

Marcola, chefe de facção criminosa de SP, é transferido para penitenciária federal

Após velório em SP Corpo do jornalista Ricardo Boechat é levado para cerimônia de cremação

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em SP

WhatsApp pedirá sua permissão antes de adiciona-lo em grupos

Jovem que teve testa tatuada em 2017 é detido por suspeita de furto em São Bernardo do Campo, SP

Horário de verão termina neste sábado (16)

Brasil - Carnaval deve movimentar R$ 6,78 bilhões e gerar 23,6 mil vagas temporárias, prevê CNC

Todas as Publicações

Mostrar mais