Quatro militares venezuelanos desertam pela fronteira brasileira

Por Ingrid Pereira

 Foto: Emily Costa/G1


A Venezuela enfrenta uma crise social e política. O presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, autoproclamou-se presidente e foi reconhecido como o chefe de Estado venezuelano por aproximadamente 50 países, dentre esses o Brasil.

O topo das Forças Armadas está ao lado do presidente Nicolás Maduro. Mas, no último fim de semana, alguns militares começaram a deixar o país.  Sete militares fugiram para o Brasil e cerca de 60 atravessaram a fronteira com a Colômbia no fim de semana, segundo Bogotá – que reconhece Guaidó como presidente da Venezuela.

As deserções ocorreram a partir de sábado, quando a oposição e países que apoiam Guaidó tentaram fazer chegar à Venezuela comboios de ajuda humanitária por meio das fronteiras com a Colômbia e o Brasil. Maduro considera a ajuda humanitária parte de uma tentativa de golpe para derrubá-lo, e determinou o fechamento das duas fronteiras.

Em entrevista a jornalistas, os desertores pediram aos companheiros de farda que deixassem de apoiar o regime de Nicolás Maduro. "Que se coloquem do lado do povo, porque o povo está passando fome", disse o sargento Carlos Eduardo Zapata, no domingo.

Perguntados sobre qual ordem recebiam para lidar com manifestantes, o sargento Jorge Luis Gonzales Romero respondeu: "Ninguém cruza a fronteira, nem veículo". Se alguém tentasse cruzar, segundo ele, a orientação era "chamar a atenção e retirá-lo dali".

Questionados, os três não souberam dizer se outros militares desertaram para o território brasileiro.

"Há outros que querem sair. Não é fácil. Tem que ter coragem", acrescentou o sargento Cesar Parra.

Fonte: G1



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Vídeo - Homem fica preso em lança de portão e é socorrido por militares em Conchal

Alunos da E.E. Padre Alberto Vellone participaram da "CUCO" no mês de abril e passaram para a segunda fase

Nos três primeiros meses do ano Conchal registra redução no índice de criminalidade

Cantor Samuel Mariano estará pela segunda vez em Araras, SP

Seis turistas brasileiros morreram no Chile por inalação de gás

Abertas as inscrições para Universidade Pública Virtual – Univesp gratuita em Conchal

Crianças são dopadas com antidepressivos e Mogi Guaçu afasta funcionários de creche

Menina de 12 anos tem suspeita de intoxicação por causa de ‘slime’

Homem ataca ex-namorada dentro de Delegacia da Mulher em SP

Policia Militar apreende cocaína em comércio no centro de Conchal

Todas as Publicações

Mostrar mais