Operação São Paulo Mais Seguro terá cerca de 18 mil policiais militares no Estado





A Polícia Militar iniciou, nesta quarta-feira (24), por volta das 5h, a Operação Tiradentes – São Paulo Mais Seguro, em todo o Estado. Segundo informações retiradas do Portal do Governo, a operação tem a finalidade de garantir a continuidade da redução dos indicadores criminais, aumentando a presença ostensiva para melhorar a percepção de segurança das pessoas e combater o crime.
As ações especiais não têm hora para se encerrar. A operação desta quarta-feira, dar sequência às ações com resultados positivos na segurança pública do estado, e também faz parte de uma ação maior, integrando as Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do brasil.


A operação contará com a mobilização de 18.373 policiais militares, com 7.611 viaturas e 13 helicópteros, distribuídos em 2.202 pontos. As equipes estarão em locais estratégicos, apontados pelo serviço de inteligência da PM, para sufocar possíveis ações de criminosos.











Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia indicia pai e mãe de adolescente que pediu socorro pelas redes sociais após ser estuprada

Polícia Civil de Conchal apreendeu na tarde desta terça-feira (16), traficante com 45 papelotes de cocaína, 25 pedras de crack e 31 reais em espécie

Polícia Civil investiga mais dois padres por suspeita de abuso sexual da diocese de Limeira, SP

Liberação de saque de contas do FGTS será anunciada na próxima semana, diz ministro da Casa Civil

Menino que saiu para empinar pipa foi abusado e morto em Itapevi, SP

Vereadores de Conchal aprovam relatório para a abertura de processo de cassação do vereador Rodinei Ferreira da Silva.

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Bolsonaro

ANP libera venda direta ao consumidor de botijão de gás de 13 kg

Governo de São Paulo muda identidade visual de viaturas da PM

Funcionários da concessionária Arteris/Intervias entram em greve por tempo indeterminado

Todas as Publicações

Mostrar mais