Novidade!

STF decide que grávidas e lactantes não podem exercer atividade insalubre

Norma estava prevista na nova lei trabalhista e foi questionada por uma entidade em 2018. Durante julgamento, relator afirmou que permissão era 'absolutamente irrazoável'.

Ministros do STF no plenário do tribunal durante o julgamento desta quarta-feira (29) — Foto: Carlos Moura/SCO/STF


O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (29), por 10 votos a 1, que grávidas e lactantes não podem exercer atividades consideradas insalubres. As informações são do ''G1''. 

A ação julgada nesta quarta-feira tinha sido apresentada em abril de 2018 pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos.

A entidade discutiu um trecho da nova lei trabalhista que permitiu o trabalho de gestantes e lactantes em atividades insalubres, exceto em caso de atestado médico.

A nova lei havia sido proposta pelo governo de Michel Temer e aprovada no Congresso Nacional. O trecho questionado pela confederação estava suspenso por determinação do ministro Alexandre de Moraes, e agora o plenário do STF analisou o caso de maneira definitiva.

Ao longo da sessão desta quarta-feira (29), Moraes votou de novo a favor de derrubar o trecho. Segundo o ministro, a proteção em relação a trabalho insalubre tem ‘’direito instrumental protetivo’’ para a mulher e para a criança.


"Não é só a salvaguarda da mulher, mas também total proteção ao recém-nascido, possibilitando convivência com a mãe de maneira harmônica, sem os perigos do ambiente insalubre", acrescentou o ministro.
 "É uma norma absolutamente irrazoável, inclusive para o setor de saúde", completou o relator.

Conforme o voto de Moraes, a mulher grávida ou que esteja amamentando deverá ser realocada para outra atividade ou receber licença, caso a realocação seja impossível.






  

Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Campanha da Acico distribui quase R$ 60 mil em prêmios

Vagabundo rouba cadeirante e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Prefeitura de Conchal se prepara para vacinação contra Covid-19 – O F5 entrevistou o diretor do departamento de saúde do município. Wagner Lozano deu mais detalhes sobre esse e outros assuntos relacionados ao setor

Artistas de Conchal não receberão auxilio da Lei Aldir Blanc e mais de 217 mil terá que ser devolvido ao Governo – Diversos erros no processo elaborado pelo setor de turismo da cidade tonaram inviáveis os pagamentos

Casal se perde no meio do mato e é resgatado pela Polícia Militar na zona rural de Araras, SP

Polícia Militar desmonta centro de associação ao tráfico em Leme

Quem são as pessoas que não podem tomar vacina contra covid

Polícia Militar aborda veículo com “pé” para fora do porta-malas na Rodovia Anhanguera em Araras, SP

Bolsonaro sobre CoronaVac: "Agora estão ouvindo a verdade"

Prefeitura de Conchal inicia obras de manutenção no prédio do Cemec

Todas as Publicações

Mostrar mais