Novidade!

Hacker invade o celular de Sergio Moro e troca mensagens por aplicativos


Reprodução 


O celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi invadido nesta terça-feira (4) por um hacker que ficou cerca de seis horas utilizando seus aplicativos. O invasor enviou mensagens pelo Telegram para contatos do ex-juiz.

Por volta das 18h, o ministro recebeu uma ligação do seu próprio número e achou estranho, pois atendeu e não havia ninguém do outro lado da linha. A Polícia Federal está investigando o caso. Moro foi obrigado a cancelar a linha.

Em maio, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou a abertura de um inquérito para acompanhar a apuração de tentativas de ataques aos aplicativos de mensagens nos celulares de procuradores do Ministério Público Federal (MPF), sobretudo os que integram a força-tarefa da Lava Jato no Rio e no Paraná.

No âmbito da PGR, foram determinadas providências a serem adotadas pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC) “no sentido de diagnosticar eventuais ataques e resolver o problema de forma definitiva”.

Conteúdo: Jovem Pan 



Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Conchal iniciou nesta quinta-feira (21) a vacinação contra a Covid-19

Policia Militar captura foragido da justiça no Parque Industrial em Conchal

Professor pede ajuda após cadelinha ser jurada de morte

Criança de 10 anos engravida de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto, diz polícia

Quatro detentos fogem do Presídio de Segurança Máxima

Governo de SP endurece quarentena, adia volta às aulas e fecha bares, restaurantes e comércio aos finais de semana

MULHER PULA DE CARRO EM MOVIMENTO APÓS NAMORADO AMEAÇAR JOGAR VEÍCULO DA SERRA

Festa tem aglomeração de centenas de pessoas sem máscara em Leme, SP

Reino Unido diz que variante do coronavírus pode ser mais letal

Ônibus Circular em Conchal recebe novos horários

Todas as Publicações

Mostrar mais