Hacker invade o celular de Sergio Moro e troca mensagens por aplicativos


Reprodução 


O celular do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi invadido nesta terça-feira (4) por um hacker que ficou cerca de seis horas utilizando seus aplicativos. O invasor enviou mensagens pelo Telegram para contatos do ex-juiz.

Por volta das 18h, o ministro recebeu uma ligação do seu próprio número e achou estranho, pois atendeu e não havia ninguém do outro lado da linha. A Polícia Federal está investigando o caso. Moro foi obrigado a cancelar a linha.

Em maio, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou a abertura de um inquérito para acompanhar a apuração de tentativas de ataques aos aplicativos de mensagens nos celulares de procuradores do Ministério Público Federal (MPF), sobretudo os que integram a força-tarefa da Lava Jato no Rio e no Paraná.

No âmbito da PGR, foram determinadas providências a serem adotadas pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC) “no sentido de diagnosticar eventuais ataques e resolver o problema de forma definitiva”.

Conteúdo: Jovem Pan 



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Colisão de asteroide com a Terra é "100% certa", diz cientista

Funcionário morre ao fazer manutenção dentro de máquina em fábrica de cervejas em Itu (SP)

Nova carteira de identidade começa a ser emitida hoje em São Paulo

Cantor sertanejo morre após bater motocicleta em caminhão em MT

Caminhonete com Luan Santana e equipe se envolve em acidente

Motociclista a 184 km/h grava acidente impressionante em SP; assista

Carro na contramão bate em van da banda Sampa Crew e deixa 1 morto e feridos na Rodovia Bandeirantes

Caixa e BB começam a pagar cotas do Fundo PIS-Pasep nesta segunda-feira

Homem sequestra ônibus na ponte Rio-Niterói e é morto a tiros pela PM

Recém-nascido encontrado em canavial foi morto por esfaqueamento em Ibaté, SP

Todas as Publicações

Mostrar mais