Novidade!

Japão flexibiliza regras para imigrantes e atrai brasileiros. Saiba como se candidatar a uma vaga no país

Desde abril, empresas podem contratar pessoas sem ascendência japonesa e até de baixa qualificação profissional.


Conteúdo: ‘’O Globo’’
 
Foto: reprodução/vejaonline

Com o envelhecimento da população, o governo japonês decidiu facilitar a entrada de imigrantes para suprir a demanda do mercado de trabalho local. As regras de contratação de estrangeiros foram flexibilizadas em abril, permitindo que pessoas sem ascendência japonesa e até de baixa qualificação profissional possam se candidatar a uma vaga no país.

A estimativa do governo japonês é emitir 345 mil vistos de trabalho para pessoas de várias nacionalidades em cinco anos. Com a crise econômica e o elevado desemprego no Brasil, o número de brasileiros que vem deixando o país para morar no Japão é crescente. Saiba o que é preciso para disputar um emprego no país asiático.
O que é preciso saber antes de partir

Quem pode ir

Brasileiros não descendentes de japoneses podem pleitear visto de trabalho no Japão. É preciso ter entre 18 e 55 anos e já sair do Brasil contratado. Não é permitido levar família e há um prazo fixo de estadia. Filhos e netos de japoneses podem obter visto para toda a família, com opção de permanência.

Condições de trabalho

A hora trabalhada varia de US$ 10 a US$ 14 na maior parte das vagas disponíveis para brasileiros. A carga horária é de cerca de 45 horas semanais (um pouco menos na indústria automobilística). As férias remuneradas são de dez dias, mas podem chegar a 20 com mais tempo de casa.

Para onde vão os brasileiros

A maior parte dos imigrantes do Brasil para o Japão se concentra nas províncias de Aichi, Shizuoka e Mie. Nesses locais, é possível manter a convivência com outras famílias do Brasil e até encontrar mercados com produtos brasileiros, além de centros de apoio à comunidade.

Moradia

Apesar da renda alta, os gastos fixos também são. Um dos principais pesos no bolso dos brasileiros que vivem no Japão é a moradia. Em cidades como Tóquio é possível encontrar opções de aluguel mensal a partir de US$ 300 por pessoa em bairros mais populares.

Filhos

A educação japonesa é de alta qualidade e gratuita. Para quem deseja que os filhos estudem em estabelecimentos com ensino de português, é preciso desembolsar cerca de US$ 400 ao mês, mas essa é uma opção disponível apenas em algumas regiões do país asiático.




Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Conchal iniciou nesta quinta-feira (21) a vacinação contra a Covid-19

Professor pede ajuda após cadelinha ser jurada de morte

Criança de 10 anos engravida de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto, diz polícia

Vagabundo rouba cadeirante e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Quem são as pessoas que não podem tomar vacina contra covid

Prefeitura de Conchal se prepara para vacinação contra Covid-19 – O F5 entrevistou o diretor do departamento de saúde do município. Wagner Lozano deu mais detalhes sobre esse e outros assuntos relacionados ao setor

Governo de SP endurece quarentena, adia volta às aulas e fecha bares, restaurantes e comércio aos finais de semana

Restaurante Santo Forte faz homenagem à lanchonetes que fizeram parte da história de Conchal

MULHER PULA DE CARRO EM MOVIMENTO APÓS NAMORADO AMEAÇAR JOGAR VEÍCULO DA SERRA

Força Tática captura procurado por tráfico de drogas e realiza flagrante de porte Ilegal de arma de fogo durante patrulhamento em Araras, SP

Todas as Publicações

Mostrar mais