Revista: Marcos Valério aponta Lula como mandante da morte de Celso Daniel


Conteúdo: ‘MSN’ 

Detalhes de um depoimento do publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza divulgados pela Revista Veja, nesta sexta-feira (25), apontam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como mandante da morte do ex-prefeito petista de Santo André, Celso Daniel, assassinado a tiros após um sequestro em 2002.

Segundo a publicação, o relato feito ao Ministério Público de São Paulo foi de que um empresário que chantageou graduados do PT teria dito que iria implicar Lula como ‘cabeça’ da morte do correligionário. O depoimento gravado também em vídeo foi encaminhado pelo promotor Roberto Wider Filho ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP e anexado a uma investigação sigilosa em curso.

Marcos Valério disse ter sido chamado a resolver o problema da chantagem do empresário Ronan Maria Pinto, que prestava serviços à Prefeitura de Santo André. Isso significa que ele deveria pagar pelo silêncio.

Em reunião com o chantagista em um hotel de São Paulo, segundo Valério, Ronan exigiu dinheiro e disse que não pagaria o pato sozinho. Foi então que afirmou que iria “apontá-lo (Lula) como cabeça da morte de Celso Daniel”. Segundo Veja, no depoimento Valério disse ter se encontrado com Lula e dito que resolveu o problema.







Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Corpo de mulher é encontrado fora da cova e seminu: “Apavorante”

Justiça determina bloqueio de 407 mil reais do Presidente da Câmara Municipal de Conchal Roberson Claudino Pedro (Robinho) e de Marcelo Aparecido Mandeli, ex-assessor do presidente

Videos - Após chuvas em Conchal, infestação de pequenos sapos assusta moradores

Suspeito de Roubar Joalheria em Conchal é preso pela Policia Civil

Adolescente de 12 anos é estuprada dentro de escola pública em SP

Corpo de menina torturada por pai tem 37 marcas de tiros de arma de pressão, diz Conselho Tutelar

Suspeito de matar engenheira após perseguição no trânsito é preso em MT

Oferta de emprego que veta 'negras e gordas' vira caso de polícia em Belo Horizonte

Polo do Cartório Eleitoral em Conchal abrirá para cadastramento biométrico no feriado, dia 15 de novembro (sexta-feira)

Bolsonaro extingue o seguro obrigatório de veículos, o DPVAT

Todas as Publicações

Mostrar mais