Novidade!

Motorista embriagado com filho de 8 anos na direção atropela e mata mulher na calçada em Hortolândia

Condutor do veículo disse em depoimento que costumava brincar com o filho na direção; carro é automático e saiu desgovernado.


Conteúdo: 'G1' 

Uma mulher de 55 anos morreu após ser atropelada na calçada no bairro Jardim Amanda 2, em Hortolândia (SP), na noite desta quinta-feira (31). Ela foi atingida por um veículo que saiu desgovernado de uma garagem. De acordo com a Polícia Civil, o motorista estava embriagado e com o filho de 8 anos, no colo, na direção. O pai foi preso por homicídio culposo.


O acidente foi às 20h40 na Rua Graça Aranha. A vítima é Márcia Pereira da Silva Bassi, que chegou a ser socorrida pelo Samu e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro em estado grave, mas teve uma parada cardíaca e não resistiu.

Márcia estava passando pela calçada do outro lado da rua, em frente à residência de onde o carro saiu. Ela fez aniversário há uma semana. Era casada, deixa três filhos e quatro netos. A vítima estava com o esposo no momento da colisão, mas ele conseguiu correr para não ser atingido. O velório e o sepultamento acontecem nesta sexta (1) no Cemitério Parque Hortolândia.

Segundo o irmão, Márcia colhia assinaturas para um passeio da igreja que frequenta quando foi atingida.

"Ela estava em frente dessa casa e aconteceu essa tragédia. Tinha mais pessoas. Era ela, o marido dela e mais os moradores da casa. [...] Quebrou a bacia, deu hemorragia por dentro. Sempre foi uma pessoa muito boa, religiosa", conta Luiz Carlos da Silva.
Costume de brincar com filho na direção
Segundo informações do boletim de ocorrência registrado no Plantão Policial de Hortolândia, o dono do carro, Anderson Ricardo dos Santos Silva, de 37 anos, disse aos policiais que tem costume de brincar com o filho na direção e ensiná-lo a estacionar. O carro é um Kia Cerato e é automático.

Silva prestou depoimento durante toda a noite. Disse que perdeu o controle da direção e o carro derrubou o portão da garagem, de ré, atingindo a mulher. Uma testemunha afirmou aos policiais que não foi a primeira vez que Silva dirigiu o veículo com o filho.

'Sinais notórios de embriaguez'

O registro na Polícia Civil diz ainda que Silva se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas a Polícia Militar afirmou que ele tinha "sinais notórios de embriaguez: arrogância, olhos vermelhos, exaltação, estar falante, odor de álcool no hálito e fala alterada". Foi colhido sangue do motorista.

O histórico da ocorrência aponta que o dono do carro foi autuado em flagrante e encaminhado para a Cadeia Pública de Sumaré.

Até a publicação desta reportagem, a defesa de Silva não foi localizada.


Clique na imagem e faça a sua inscrição!

Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia Militar estoura ponto de preparo e distribuição de drogas em Conchal

Conchal Eleições 2020 no F5 – Veja a lista de candidatos a vereador(a) que se inscreveram para participar das entrevistas

Homem procurado da Justiça por estupro é preso em Martinho Prado

Polícia Militar é acionada para conter discussão em um bar de Conchal - Homem carregava duas armas de fogo

Criança de 3 anos vai parar na UTI após levar picada de escorpião no Jardim São Paulo em Conchal

Adolescente convida grupo de sem-teto para sua festa de 15 anos. Eles comeram, dançaram e se divertiram juntos

Lago/Jd das Palmeiras - Após perseguição Polícia Militar prende criminoso e recupera veículo roubado durante patrulhamento em Conchal

Conchal - Ministério Público emite comunicado para que candidatos cumpram as leis de prevenção à disseminação do coronavirus - O Ministério Público Eleitoral alertou que o descumprimento às orientações pode configurar a prática do delito previsto no art.268 do Código Penal

Candidato a vereador é suspeito de matar a mulher no Sul de Minas

Todas as Publicações

Mostrar mais