Novidade!

Motorista embriagado com filho de 8 anos na direção atropela e mata mulher na calçada em Hortolândia

Condutor do veículo disse em depoimento que costumava brincar com o filho na direção; carro é automático e saiu desgovernado.


Conteúdo: 'G1' 

Uma mulher de 55 anos morreu após ser atropelada na calçada no bairro Jardim Amanda 2, em Hortolândia (SP), na noite desta quinta-feira (31). Ela foi atingida por um veículo que saiu desgovernado de uma garagem. De acordo com a Polícia Civil, o motorista estava embriagado e com o filho de 8 anos, no colo, na direção. O pai foi preso por homicídio culposo.


O acidente foi às 20h40 na Rua Graça Aranha. A vítima é Márcia Pereira da Silva Bassi, que chegou a ser socorrida pelo Samu e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro em estado grave, mas teve uma parada cardíaca e não resistiu.

Márcia estava passando pela calçada do outro lado da rua, em frente à residência de onde o carro saiu. Ela fez aniversário há uma semana. Era casada, deixa três filhos e quatro netos. A vítima estava com o esposo no momento da colisão, mas ele conseguiu correr para não ser atingido. O velório e o sepultamento acontecem nesta sexta (1) no Cemitério Parque Hortolândia.

Segundo o irmão, Márcia colhia assinaturas para um passeio da igreja que frequenta quando foi atingida.

"Ela estava em frente dessa casa e aconteceu essa tragédia. Tinha mais pessoas. Era ela, o marido dela e mais os moradores da casa. [...] Quebrou a bacia, deu hemorragia por dentro. Sempre foi uma pessoa muito boa, religiosa", conta Luiz Carlos da Silva.
Costume de brincar com filho na direção
Segundo informações do boletim de ocorrência registrado no Plantão Policial de Hortolândia, o dono do carro, Anderson Ricardo dos Santos Silva, de 37 anos, disse aos policiais que tem costume de brincar com o filho na direção e ensiná-lo a estacionar. O carro é um Kia Cerato e é automático.

Silva prestou depoimento durante toda a noite. Disse que perdeu o controle da direção e o carro derrubou o portão da garagem, de ré, atingindo a mulher. Uma testemunha afirmou aos policiais que não foi a primeira vez que Silva dirigiu o veículo com o filho.

'Sinais notórios de embriaguez'

O registro na Polícia Civil diz ainda que Silva se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas a Polícia Militar afirmou que ele tinha "sinais notórios de embriaguez: arrogância, olhos vermelhos, exaltação, estar falante, odor de álcool no hálito e fala alterada". Foi colhido sangue do motorista.

O histórico da ocorrência aponta que o dono do carro foi autuado em flagrante e encaminhado para a Cadeia Pública de Sumaré.

Até a publicação desta reportagem, a defesa de Silva não foi localizada.


Clique na imagem e faça a sua inscrição!

Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Campanha da Acico distribui quase R$ 60 mil em prêmios

Artistas de Conchal não receberão auxilio da Lei Aldir Blanc e mais de 217 mil terá que ser devolvido ao Governo – Diversos erros no processo elaborado pelo setor de turismo da cidade tonaram inviáveis os pagamentos

Banco do Brasil anuncia programa de demissão voluntária e fechamento de 361 unidades

Procurado pela Justiça é capturado pela PM durante patrulhamento em Conchal, SP

Polícia Militar aborda veículo com “pé” para fora do porta-malas na Rodovia Anhanguera em Araras, SP

Casal se perde no meio do mato e é resgatado pela Polícia Militar na zona rural de Araras, SP

Polícia Militar desmonta centro de associação ao tráfico em Leme

Bolsonaro sobre CoronaVac: "Agora estão ouvindo a verdade"

Homem tem arma apreendida pela Força Tática após atirar contra suspeitos e acerta um deles na zona rural de Araras, SP

Homem sofre tentativa de homicídio no Jd Bela Vista em Conchal – O crime aconteceu por volta das 6:50hs deste sábado (9). A GCM atendeu a ocorrência

Todas as Publicações

Mostrar mais