Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 23, 2019

‘’Piso salarial deve ser adequado à realidade socioeconômica regional’’

Imagem
Por Ingrid Pereira 



Paulo Maia 

Para definir o piso salarial da advocacia é preciso considerar a realidade socioeconômica regional onde o profissional trabalha. É o que afirma o presidente da seccional paraibana da Ordem dos Advogados do Brasil, Paulo Maia, recém-eleito para seu segundo mandato.
Segundo o advogado, só é possível traçar valor mínimo quando se trata de um “advogado empregado e regido pela CLT”. O piso salarial, diz, deve contemplar “o atendimento das necessidades essenciais da subsistência [do advogado] com a dignidade da profissão. Não é algo fácil. Muitos estados possuem lei própria que define o valor do piso salarial do advogado”.
Em relação aos principais gargalos enfrentados pela advocacia em seu estado, Maia destacou que há ineficiência do Judiciário estadual que, além de ser excessivamente lento, sofre com a insuficiência de servidores. "Na Paraíba há necessidade de cinquenta juízes para o preenchimento das comarcas do estado. Mas há também o quadro insuficiente…

Deputados eleitos pelo partido Novo em MG abrem mão dos auxílios moradia e paletó na Assembléia

Imagem
Por Ingrid Pereira



Nesta terça-feira (22), os três deputados estaduais mineiros eleitos pelo partido novo anunciaram, que abriram mão de benefícios na assembleia legislativa.
No requerimento, Bartô, Guilherme da Cunha e Laura Serrano renunciaram o auxílio-moradia, cujo o valor mensal é de 4 mil e o auxílio paletó, que tem valor equivalente ao salário integral de um deputado, de 25 mil e é recebido início e no encerramento do mandato.


Segundo o deputado Guilherme da Cunha, a decisão de cortar regalias veio após uma avaliação feita pela bancada de que nenhum trabalhador brasileiro tem direito a esse tipo de benefício.  
''Nenhum trabalhador brasileiro tem direito a receber um salário antes de a trabalhar. Se o trabalhador não tem esse direito, então também é injusto que tenhamos isso por que se torna um privilégio. A gente sabe que em números gerais essa economia é pequena, mas se multiplicarmos o valor desses dois benefícios para 77 deputados pode-se gerar uma economia de R$ 20 …

Ator Caio Junqueira morre uma semana após acidente

Imagem
Por Ingrid Pereira
Foto: Reprodução/'Tropa de elite'

Morreu nesta quarta-feira (23) no Rio de Janeiro, o ator Caio Junqueira 42, o ‘’aspira 06’’ do primeiro ‘’Tropa de Elite’’. Ele havia sofrido um acidente de carro no Aterro do Flamengo na última quarta-feira (16) e desde então estava internado no Hospital Miguel Couto.
Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde do Rio o ator morreu às 5h15.
Ele dirigia em direção ao centro do Rio quando perdeu o controle do carro, que subiu no meio fio e bateu violentamente em uma árvore. O ator ficou preso dentro do veículo, desacordado e com uma fatura exposta. Caio estava sozinho no carro.
Caio Junqueira estava internado na unidade coronariana do Hospital Miguel Couto desde quando chegou lá. O ator perdeu muito sangue e sofreu um trauma grave no tórax. Passou por cirurgias, como uma na mão direita.
Trajetória de carreira 
O ator que iniciou a carreia ainda criança deixou um legado profissional extenso. Ele participou ao todo de mai…

Todas as Publicações

Mostrar mais