Novidade!

Minas Gerais tem primeiro caso suspeito de “coronavírus” no Brasil

Imagem ilustrativa de caso no China


A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) investiga um caso suspeito de coronavírus em Belo Horizonte. Trata-se de uma mulher de 35 anos que esteve em Xangai, na China, e desembarcou na capital mineira no sábado 18, “com sintomas respiratórios, compatíveis com doença respiratória viral aguda”.



“Tendo em vista o contexto epidemiológico atual do país onde a paciente esteve, foi considerada a hipótese de doença causada pelo novo Coronavírus, que é microrganismo de alerta sanitário internacional”, informou a SES-MG, em nota.

A paciente está internada no Hospital Eduardo de Menezes, na Região do Barreiro, e encontra-se clinicamente estável. O caso segue em investigação segundo matéria da Veja.



O novo vírus que causa uma doença respiratória atingiu pelo menos 44 pessoas em janeiro na província de Hubei, na China.

Os médicos inicialmente pensaram que se tratava de síndrome respiratória aguda grave (SARS, na sigla em inglês), um vírus fatal e contagioso que fez estragos no país em 2003. No entanto, autoridades chinesas determinaram que a condição era na verdade causada por um coronavírus até então desconhecido. 

Esse grupo de vírus causa diversas patologias que variam em gravidade, de uma simples gripe até condições muito mais severas como SARS e a síndrome respiratória por coronavírus do Oriente Médio.


O já se sabe sobre o vírus 

A maioria dos casos identificados até agora estão ligados a um mercado específico de frutos do mar, com fornecedores e vendedores de peixes entre os afetados.

“A ligação relatada com um mercado atacadista de peixes e animais vivos pode indicar um link com a exposição a animais”, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) em um comunicado preliminar em 5 de janeiro. 

Os cientistas ainda estão tentando rastrear a fonte da doença. Enquanto ela causou sintomas graves em alguns pacientes, não parece ser altamente contagiante.

Rapidez de diagnóstico

Pesquisadores chineses fizeram a descoberta da nova condição depois de sequenciar geneticamente uma amostra do vírus coletada a partir de um paciente.

“A identificação preliminar de um novo vírus em um curto período de tempo é uma conquista notável e demonstra a capacidade da China em gerenciar novos surtos”, afirmou a OMS. 

A agência afirmou que continuará monitorando a situação. Informou o site hypescience





Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Guarda Municipal prende segundo acusado de ter assassinado a facadas o pintor Wesley Ribeiro, 24 anos. O crime aconteceu em 9 de março deste ano

Conchal terá barreira sanitária na entrada da cidade a partir desta quinta-feira (21)

Novo caso de coronavirus é confirmado em Conchal neste sábado (23). O paciente tem 12 anos e pertence a região sudeste do município

Enfermeira é suspensa de hospital após atender pacientes com Covid-19 apenas de lingerie

Conchal realiza barreira sanitária com controle de temperatura no acesso da cidade

Resposta Rápida – Policia Civil de Conchal prende um dos suspeitos de ter participado do assassinato do pintor Wesley Ribeiro, 24 anos. O crime aconteceu ontem 09/03. Assista vídeo da prisão.

Prefeitura de Conchal assina ordem de serviço para reparo da pavimentação da Rua João Dias (Jd. São Paulo) e Rua dos Coletta (Esperança II).

Funcionário público é preso por furto de luvas, máscaras e aventais dentro da Secretaria de Saúde de Mogi Guaçu

Curados- Todos os pacientes que testaram positivo para Covid-19 em Conchal receberam alta

Conchal não antecipará feriado de Corpus Christi

Todas as Publicações

Mostrar mais