Pular para o conteúdo principal

90 dias Grátis

Mulher é morta a facadas pelo marido na frente da filha de 5 anos em Limeira, SP

Uma mulher de 35 anos foi morta a facadas pelo marido na frente da filha de 5 anos, na noite deste domingo (16), em Limeira (SP). O crime ocorreu na residência do casal, no Jardim Boa Esperança. Feliciano Rodrigues Candido Neto, 36 anos, foi preso em flagrante por policiais militares e levado ao plantão da Polícia Civil para registro do feminicídio. De acordo com a PM, Samara Schultz foi morta com sete golpes de faca no tórax. O marido foi quem acionou o Samu, que constatou o óbito no local. De acordo com familiares da vítima, o casal estava junto havia dez anos e que existia um histórico de agressões, mas que Samara não o teria denunciado. Não há informações sobre o velório e enterro da vítima. O caso foi registrado no plantão da Central de Polícia Judiciária. O assassinato em Limeira é o segundo caso de feminicídio neste final de semana na região. Em Santa Bárbara d’Oeste, uma estudante de 24 anos foi morta a facadas pelo companheiro, que fugiu após o crime. Com informações:

OS MELHORES FILMES - BAIXE O APP AGORA!

Polícias param de divulgar nomes e fotos de presos após lei de abuso de autoridade entrar em vigor


Conteúdo: G1

Polícias militares e civis de pelo menos 10 unidades da federação (São Paulo, Espírito Santo, Distrito Federal, Bahia, Mato Grosso do Sul, Acre, Paraíba, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), ouvidas pelo G1, deixaram de publicar em redes sociais, em páginas institucionais e de divulgar à imprensa fotos e nomes de suspeitos ou presos desde o dia 3 de janeiro, quando entrou em vigor a nova lei de abuso de autoridade.
 
A lei, criticada por juristas e magistrados quando foi sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), em 2019, define cerca de 30 situações que configuram abuso e é alvo de questionamentos de organizações que defendem agentes públicos no Supremo Tribunal Federal (STF).

Agora, passam a ser crimes ações que até então eram consideradas infrações administrativas ou atos ilícitos punidos no âmbito cível. Um exemplo são os atos de constranger o detento a exibir seu corpo “à curiosidade pública” ou de divulgar a imagem ou nome de alguém, apontando-o como culpado". Agora isso pode levar uma autoridade a ser punida com penas de 1 a 4 anos de detenção e de 6 meses a 2 anos, mais multa, respectivamente.

Não é necessário que a vítima acuse o agente público pelo fato. Os crimes são de ação pública incondicionada, quando é dever do estado investigar e punir.

A exceção para divulgação de nome e fotos ocorre com suspeitos foragidos com mandado de prisão em aberto.

Em São Paulo, por exemplo, a Secretaria da Segurança Pública informou que "os policiais são constantemente orientados acerca das legislações em vigor". "No tocante a lei de abuso de autoridade, simpósio e cursos foram ministrados aos policiais civis pela Acadepol, que, inclusive, editou súmulas de orientação deixando-as disponibilizadas para consulta de todos os agentes." (leia mais abaixo)

Delegado vê prejuízo e advogados defendem intimidade
Advogados criminalistas e integrantes de corporações policiais divergem sobre a aplicação das novas normas. Enquanto os defensores entendem que há defesa da intimidade e da privacidade de suspeitos, evitando a exposição pública deles antes que sejam condenados pela Justiça, policiais ouvidos pela reportagem entendem que inquéritos podem ser prejudicados, devido à preocupação de não serem punidos pela lei.

Para o delegado Gustavo Mesquita Galvão Bueno, presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil de São Paulo (ADPESP), a proibição da divulgação das imagens de suspeitos "causa prejuízo nas investigações".

"A divulgação de fotos de presos, não de forma irresponsável e indiscriminada, mas com responsabilidade e em casos com prova de autoria do crime, é um instrumento que nos ajudava a solucionar inúmeros crimes, porque a população reconhecia. Infelizmente, isso será prejudicado, para não dizer, anulado", diz Bueno.

Atos que passam a ser considerados crimes:

- Divulgação de imagem ou exibição de preso: constranger preso a expor corpo ou submetê-lo à situação vexatória ou constrangimento público e divulgar imagens ou nomes de suspeitos atribuindo a eles culpa por um crime.

- Identificação: o policial não usar, por exemplo, a tarjeta de identificação na farda, não dizer ou mentir o nome.

- Condução de detidos: manter, na mesma cela, confinamento ou no carro no deslocamento, presos de sexos diferentes e também crianças e adolescentes até 12 anos.

- Domicílio: entrar em uma casa ou local sem autorização, sem informar o dono, ou sem autorização judicial.

- Mandado de prisão: cumprir mandado de prisão à noite ou entrar em local privado à noite, entre 21h e 5h.

- Interrogatório: continuar questionamentos após preso dizer que quer ficar calado, levar sob condução coercitiva para depoimento sem antes intimar para comparecimento, pressionar ou ameaçar a depor ou obrigar a fazer prova contra si mesmo.

- Prisão: determinar ou manter prisão ilegal ou deixar de relaxar prisão quando devida.

- Bloqueio de bens: o juiz decretar a indisponibilidade de valores em quantia que extrapole exacerbadamente a dívida.
Investigação: dar início a inquérito sem indício de crime, divulgar trechos da investigação ou gravações com a imagem do preso falando ou prestando depoimento.

A Polícia Militar do Espírito Santo fez uma cartilha de bolso para lembrar aos policiais que, no dia a dia do trabalho, não podem expor, em determinadas situações, o preso a uma situação vexatória, mas diz que continuará repassando à imprensa o histórico das ocorrências, sem divulgar nomes.

A Polícia Civil capixaba também orientou, por meio de um documento interno, seus agentes a tomarem precauções em entrevistas "atentando-se para a não divulgação de dados qualificativos de presos/indiciados/investigados ou qualquer elemento que possa qualificar como criminalização prévia ou exposição da intimidade."

Orientações sobre divulgação de fotos

As polícias do Distrito Federal e de Santa Catarina informaram que não irão mais divulgar oficialmente fotos dos presos. Já a Polícia Civil do Rio Grande do Sul fez um comunicado interno aos agentes alertando sobre o risco da reprodução indevida de fotos de presos e informando que também não repassaria institucionalmente fotos de detidos ou suspeitos.


Outras corporações militares, como as de Minas Gerais, São Paulo e Amazonas informaram ao G1 que ainda estudam como regulamentar os procedimentos. Em Belo Horizonte, o Estado-Maior da PM (como é denominado o alto comando da corporação) se reuniu ao longo desta semana para finalizar uma recomendação que será emitida a todos os PMs.

Em São Paulo, a Academia de Polícia Civil publicou 10 súmulas orientando delegados sobre como proceder no inquérito, defendendo a independência na investigação e no ato de indiciamento.

"Ao fazer o indiciamento, o delegado está amparado pelo estrito cumprimento de dever legal, que é uma excludente de ilicitude. Ele não pode ser responsabilizado [pela lei de abuso, por apontar uma culpa anterior do suspeito] por estar fazendo o seu trabalho, ele está balizado e respaldado pela independência funcional", defende o delegado Gustavo Galvão Bueno.

PM em SP fez comunicado interno


A PM de SP informou que “ainda não editou um comunicado interno oficial” sobre a nova lei, mas que orienta os policiais sobre a legislação em vigor. Oficiais da corporação ouvidos pela reportagem dizem que, desde o dia 3, foram orientados a recomendar “diariamente e exaustivamente” à tropa que sai para o policiamento ostensivo para se precaverem de problemas frente à lei.

Um tenente da corporação ouvido pelo G1 afirmou que não poderá mais enviar imagens de presos em uma operação contra ladrões de casas, por exemplo.

Impasse na busca por criminoso

“Há casos, como o de um estuprador em série, em que era divulgada a imagem para se buscar mais vítimas, por exemplo. Isso agora não pode mais. Isso é um ponto delicado, vai favorecer o criminoso", diz o coronel da reserva Elias Miler da Silva, presidente da organização Defenda PM, que reúne oficiais da reserva e da ativa de policiais militares do país.

“A população pode sentir, talvez, que há um ‘estado de impunidade’. Mas, se você está procurando vítimas e não pode divulgar, como fazer?”, questiona Silva.

Nas páginas das corporações na internet e nas redes sociais e na internet, como no caso do Rio Grande do Sul, é possível ver a transição na mudança de ano: até 31 de dezembro de 2019, em notícias divulgadas, há várias imagens de presos. Em janeiro de 2020, não há fotos de detidos nem de costas. Agora há apenas reproduções de materiais apreendidos e informações sobre casos, sem citar o nome de suspeitos.

Peritos temem punição

Com temor de que algumas condutas que são necessárias no dia a dia passem a ser consideradas "abuso", o Sindicato dos Peritos Criminais do Estado de São Paulo (Sinpcresp) pedirá à Secretaria de Segurança Pública do Estado que "regulamente" as condutas dos agentes, para que estejam respaldados no trabalho.

"A lei tipifica condutas muito abertas e estamos orientando nossos peritos a, na dúvida, não fazerem algo sem autorização judicial, como, por exemplo, perícia em telefones apreendidos, o que até hoje não foi regulamentado", complementa Tagliariani.

Defesa da intimidade

Enquanto alguns agentes públicos acreditam que a lei pode atrapalhar o serviço, a advogada criminalista Jacqueline Valles, professora e mestre em Direito Penal pela PUC de São Paulo, tem uma posição contrária. Para ela, a nova lei define condutas que preservam a privacidade e a intimidade dos suspeitos e também a imagem deles, impedindo que sejam "julgados" publicamente enquanto o fato ainda não foi analisado pela Justiça.

"Eu vejo que, em muitas ocasiões, ao divulgar a foto de um preso, a polícia acaba focando a investigação naquele suspeito, bloqueando oportunidades, o que pode levar a encerrar uma investigação errônea", diz Jacqueline.


"A Constituição resguarda o direito da imagem e diz que ninguém será considerado culpado antes do trânsito em julgado. [A lei] não é um benefício ao preso, é um resguardo de um direito de que ele não seja linchado publicamente por algo que pode vir a ser inocentado. Ao ter sua imagem exposta, a pessoa não tem que se explicar por aquele ato só na Justiça, mas também é alvo de um julgamento público", pondera a advogada.

Acesse a lei Clicando AQUI








F5 Conchal e Região

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

Tudo o que você precisa, em um só lugar

Tudo o que você precisa, em um só lugar
Acesse Amazon

VEJA TAMBÉM

Dois acidentes, 1 com vítima fatal aconteceram noite passada em Conchal

O primeiro acidente aconteceu no trevo da rodovia próximo ao cemitério de Conchal. Segundo informações de populares, o motorista do veículo que aparece na imagem acima, perdeu o controle da direção vindo a capotar.   A policia rodoviária foi acionada e o motorista foi socorrido. O segundo acidente aconteceu na rodovia Martinho Prado/Conchal. Segundo informações fornecidas pelo comandante da Guarda Municipal de Conchal, o acidente teria acontecido após um veículo, possivelmente um Ônix, ter colidido com um veículo Parati. Publicações nas redes sociais indicam que o motorista da Parati, um homem, veio a falecer.   O F5 Conchal está apurando mais informações, de ambos os acidentes, junto a policia rodoviária. Em breve mais informações.

Frigorifico emite comunicado à prefeitura de Conchal informando sobre retomada das obras – No documento a empresa esclareceu os motivos que retardaram a evolução do projeto

Aconteceu na tarde de quarta-feira (12), na fanpage do F5, a entrevista com o prefeito de Conchal Vando Magnusson, o diretor administrativo André de Abreu e o diretor financeiro Marcel Fadel. A entrevista foi realizada remotamente e transmitida ao vivo. O objetivo principal do encontro digital, foi o de levar ao conhecimento da população conchalense, a prestação de contas da prefeitura de Conchal, referente aos recursos recebidos para o combate a pandemia.   Porém diante de diversas situações que há tempos vem sendo questionada por cidadãos em redes sociais, o F5 aproveitou a oportunidade para expandir a pauta com os entrevistados.   Os temas abordados foram:   • Instalação do frigorífico que pretende gerar 3 mil empregos diretos em Conchal • Obra da construção da nova ponte da Avenida União (Cristo) • Do retorno às aulas nas escolas da rede municipal de ensino • Segurança Pública • Recursos recebidos nos primeiros meses de 2021 por meio de emendas parlamentar F

Bandidos mantém família refém por dez horas e roubam tratores em sitio em Conchal

Ilustração  Conforme informações, a vítima teria sido abordado por dois indivíduos, sendo 1 magro e alto e o segundo de estatura baixa e forte, neste domingo (16), por volta das 18hs, em seu sitio na Visconde de Indaiatuba – Benedito Novo, no município de Conchal/SP. Ambos os indivíduos estavam armados. Minutos depois, outros três elementos encapuzados e armados também apareceram, totalizando cinco criminosos.   A família de pelo menos três pessoas, foi feita refém, sendo eles amarrados e colocados em um cômodo da casa, enquanto os bandidos preparavam para carregar os bens das vítimas. Os reféns ficaram pelo menos 10 horas em poder dos criminosos.   Os bandidos roubaram dois tratores, sendo 1 Trator de modelo 785, ano 1998, cor amarelo e o segundo trator sendo um BL 7714, ano 2008, com cabine. Os criminosos teriam carregado as maquinas em um caminhão e em seguida tomado rumo ignorado. Após conseguir se soltar das amarras, uma das vítimas acionou a Guarda Municipal de Co

Policia Militar apreende menor após roubo a comerciante em Conchal

A equipe de patrulhamento ostensivo da Policia Militar estava pela Avenida Prefeito Francisco Magnusson, na tarde desta quinta-feira (13), quando pelo cruzamento da Travessa Moreno Peres, visualizaram dois indivíduos correndo. Um dos indivíduos tropeçou e caiu ao solo, sendo abordado e detido imediatamente pelos policiais. A vítima que veio de encontro com a viatura, havia informado aos policiais sobre o ocorrido. Segundo a vítima, os indivíduos adentraram em seu estabelecimento comercial anunciando um assalto, dizendo e mencionando estarem armados.  Os elementos roubaram 1 celular marca Motorola, modelo MOTO ONE ACTION.   O segundo individuo se evadiu nas proximidades do Lago Municipal, sendo realizado buscas pelo local e proximidades juntamente com VTR I-36229, não sendo localizado. Os policiais levaram o menor de 16 anos de idade, ao Hospital Madre Vanini para atendimento, realizando exame de corpo delito. Em seguida o menor foi encaminhado à delegacia de polícia de Conchal, p

Mulher 'dá golpe em golpista' no WhatsApp e publicação viraliza na internet

Nos últimos meses, ficou comum entrar nas redes sociais e ver algum amigo dizendo que golpistas invadiram o seu WhatsApp e que estão pedindo dinheiro aos contatos. Mas, como já diz o ditado popular: tudo que vai, volta. E foi o que aconteceu com Jéssica Bernardo na última semana. Ao entrar no app, a usuária foi abordada por uma "amiga" pedindo R$ 980 emprestados.   "Eu já sabia que era golpe, porque nossos amigos em comum já tinham avisado todo mundo", explica Jéssica. Ao ser abordada pelo golpista, ela disse que passaria o valor, mas precisaria de crédito. No fim, ela saiu com mais R$ 20 e o criminoso com nada. Confira a conversa na íntegra:   Clique na imagem para ver postagem na integra A publicação foi feita no dia 6 de maio e já conta com quase sete mil compartilhamentos e dois mil comentários.   O golpe A fraude conhecida como "account takeover" (roubo de conta, em tradução livre) é a mais frequente no mensageiro. E, segundo o especiali

GCM Conchal apreende menor e recupera motocicleta furtada da prefeitura poucas horas opôs delito acontecer neste domingo (16)

Por volta das 22hs deste domingo (16), a Guarda Municipal de Conchal recebeu via CECON, a solicitação para comparecer ao CAIC, no Bairro Jardim Bela Vista, onde segundo foram informados indivíduos haviam arrombado a porta do local. Ao chegarem os GCMs notaram que uma motocicleta marca Lead, 110 cilindradas, que fica no departamento público municipal, para o uso dos Funcionários da Prefeitura fora furtada. Foi feito o acompanhamento da responsável pelo local, para averiguar se os indivíduos teriam levado mais algum pertence. Enquanto os GCMs estavam fazendo a averiguação, os mesmos receberam a denúncia de que um indivíduo trajando blusa preta estava de posse da moto, próximo ao lugar de onde foi subtraída. A informação dava conta de que o elemento estava em um dos “predinhos”, o de cor Salmão., no bairro. Ao chegarem ao “predinho”, os GCMs se depararam com a motocicleta estacionada, próximo a moto estava um adolescente de 15 anos de idade, que foi abordado e acabou confessando a

Entrevista com prefeito Vando Magnusson e diretores acontece nesta quarta-feira (12) a partir das 16hs aqui no F5

A entrevista que estava com o prefeito Vando Magnusson e diretores, programada para acontecer as 19hs desta quarta-feira (12), foi antecipada para as 16hs de hoje. A entrevista acontecerá online e será transmitida ao vivo pela Fanpage do F5 (Clique aqui). Amazon inaugura loja para compras internacionais no Brasil com frete grátis - Clique na imagem e conheça a loja. Pauta: ·        Instalação do frigorífico que pretende gerar 3 mil empregos diretos em Conchal ·        Obra da construção da nova ponte da Avenida União (Cristo) ·        Do retorno às aulas nas escolas da rede municipal de ensino ·        Segurança Pública ·        Recursos recebidos nos primeiros meses de 2021 por meio de emendas parlamentar Federal e Estadual ·        Distribuição do auxílio emergencial da lei Aldir Blanc, destinado aos artistas e atividades culturais do município ·        Qual é o valor atual da dívida municipal ·        Prestação de contas dos recursos que foram destinados pelo Go

Mulher é morta a facadas pelo marido na frente da filha de 5 anos em Limeira, SP

Uma mulher de 35 anos foi morta a facadas pelo marido na frente da filha de 5 anos, na noite deste domingo (16), em Limeira (SP). O crime ocorreu na residência do casal, no Jardim Boa Esperança. Feliciano Rodrigues Candido Neto, 36 anos, foi preso em flagrante por policiais militares e levado ao plantão da Polícia Civil para registro do feminicídio. De acordo com a PM, Samara Schultz foi morta com sete golpes de faca no tórax. O marido foi quem acionou o Samu, que constatou o óbito no local. De acordo com familiares da vítima, o casal estava junto havia dez anos e que existia um histórico de agressões, mas que Samara não o teria denunciado. Não há informações sobre o velório e enterro da vítima. O caso foi registrado no plantão da Central de Polícia Judiciária. O assassinato em Limeira é o segundo caso de feminicídio neste final de semana na região. Em Santa Bárbara d’Oeste, uma estudante de 24 anos foi morta a facadas pelo companheiro, que fugiu após o crime. Com informações:

Show de Prêmios Dia das Mães, realizado terça-feira (11) às 19h, na Acico sorteou 7.500 reais – Acesse e veja quem foram os ganhadores

Conheça os ganhadores:   🔹 Caroline Theodoro Bueno Cupom recebido do Posto 3 Irmãos Prêmio: R$ 2500,00 em vales-compras   🔹 Katia C. Fadel e Silva Cupom recebido na Torres Instalações Elétricas Prêmio: R$ 2000,00 em vales-compras   🔹 Sebastiana Aprígio Pereira Cupom recebido na Fadel Imóveis e Seguros Prêmio: R$ 1500,00 em compras   🔹 Claudemir Braz Cardoso Cupom recebido na Contcon Prêmio: R$ 1000,00 em compras   🔹 Aline Kate Araújo Dias Cupom recebido na Instaladora Aliança Prêmio: R$ 500,00 em vales-compras  

Polícia Militar Rodoviária recupera carreta roubada em Limeira com carga de etanol

Na madrugada desta quarta-feira (12), equipes da Polícia Militar Rodoviária recuperaram um caminhão SCANIA/Tanque, carregado com etanol, durante patrulhamento pelo município de Campinas (SP).   De acordo com informações, a empresa de rastreamento Positron fez o contato com a base do Policiamento Rodoviário, dando conta de que um dos veículos por ela rastreado, havia sido violado em Limeira (SP), e que provavelmente estava sendo roubado, sendo que o sinal indicava a Rodovia Anhanguera (SP-330), sentido capital.   As equipes permaneceram em patrulhamento e lograram êxito em avistar o conjunto transportador no km 104 sul. Após um breve acompanhamento, abordaram no km 102 da mesma via e após vistoria veicular, detectaram que o painel do veículo estava todo danificado e com o dispositivo jamper.   O condutor foi questionado e acabou confessando que não era o verdadeiro motorista do caminhão, mas não sabendo onde este estava, apenas que receberia um dinheiro para dirigir o veícul