Novidade!

Prefeitura Municipal busca voluntários para o Programa de Apadrinhamento Afetivo em Araras, SP



O padrinho ou madrinha afetivo é aquele cidadão que não tem interesse em adotar as crianças e adolescentes. São pessoas que irão dispor de seu tempo para manter contatos regulares com crianças e adolescentes, dando carinho e atenção, podendo levá-los para passear, passar fins de semana em sua casa ou mesmo nas férias escolares. Poderão também orientá-los com relação aos cuidados com a saúde, aporte financeiro e apoio nos estudos.


Os interessados em ingressar no programa devem ter idade acima de 24 anos (respeitando-se a diferença de 16 anos entre padrinho/madrinha dos afilhados), residir em Araras, não participar do Cadastro Nacional de Adoção, participar da entrevista e das oficinas de sensibilização, ter disponibilidade de tempo e afetiva, e não possuir demanda judicial envolvendo criança e adolescente.



Para firmar o compromisso, os casais candidatos ao apadrinhamento precisam assinar declaração de concordância mútua. O cadastramento definitivo dos padrinhos se dará após homologação do Poder Judiciário, ouvindo o Ministério Público.



Os interessados poderão acessar a ficha cadastral para preenchimento no site da Prefeitura de Araras – https://araras.sp.gov.br/apadrinhamentoafetivo/ – ou solicitar a ficha via email: apadrinhamentoafetivo@araras.sp.gov.br. Na impossibilidade de realizar contato via internet, os interessados poderão ainda ligar no 3543-1700 da Secretaria Municipal de Assistência Social, das 8h às 16h, para preenchimento da ficha de inscrição e posterior entrevista pessoal.

 Quais são os benefícios?

O programa oferece benefícios tanto para as crianças e adolescentes atendidas pelo serviço de acolhimento quanto para os padrinhos e madrinhas interessados. As crianças e adolescentes terão a oportunidade de compartilhar momentos cotidianos de família, vivenciando experiências saudáveis e proporcionando referência de valores afetivos, sociais e educacionais.

Já os padrinhos e madrinhas poderão usufruir da convivência transformadora a partir da formação de vínculos que envolvem a participação do cuidado e da história de vida das crianças e adolescentes.

Via: beto Ribeiro








Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Policia Civil recupera moto furtada na casa de menor

Mulher de 36 anos é morta a tiros pelo filho adolescente em SP

Cachorro que fugiu de casa teve a melhor reação quando foi “preso” pela polícia

Colisão traseira termina em capotamento de veículo e uma vítima leve na Rodovia Anhanguera

Veja quais foram os candidatos eleitos a vereador (a) em Conchal

ROCAM apreende menor por tráfico de drogas após receber informações de PM de folga em Araras, SP

Família atingida por falésia no RN será velada nesta quarta-feira (18)

Vando Magnusson é apontado como o 38º melhor prefeito do Estado de São Paulo - Os dados foram coletados nos dias 17 a 21 de fevereiro de 2020 pelo GRUPO ME LIGA - PRIME PRIME DESTAQUES BRASIL

Ministério da Agricultura proíbe venda de 9 marcas de azeite de oliva

Força Tática prende traficante de drogas com apoio da ROCAM durante patrulhamento em Araras, SP

Todas as Publicações

Mostrar mais