Novidade!

Ronaldinho Gaúcho é detido no Paraguai por suspeita de falsificação de documentos



O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Roberto Assis, detidos em flagrante no Paraguai por suspeita de falsificação de documentos, devem ser ouvidos nesta quinta-feira, 5, pelo Ministério Público local.

A Promotoria do país confirmou prisão dos irmãos, depois que a Polícia Nacional apreendeu documentos falsos na suíte onde Ronaldinho e Assis estão hospedados na região de Assunção.


A imprensa paraguaia publicou fotos de passaportes e identidades falsificadas, em nome dos irmãos. O ex-jogador está na capital paraguaia para agenda comercial.

Ronaldinho e o irmão não chegaram a ser levados para uma delegacia, mas foram intimados a prestar depoimento nesta quinta-feira, 5. Eles estão no hotel Yatch y Golf Clube, segundo a imprensa do Paraguai.

Em 2018, Ronaldinho e o irmão tiveram os passaportes apreendidos por não cumprirem sentença que os condenava a pagar indenização de R$ 8,5 milhões de reais por danos causados em área de preservação em Porto Alegre.

No ano passado, o craque foi nomeado embaixador do turismo brasileiro pelo governo Jair Bolsonaro, mesmo tendo os passaportes brasileiro e espanhol retidos pela Justiça e sendo proibido de renovar os documentos.







Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Homem é encontrado morto por enforcamento nesta tarde de domingo (29) em Conchal

Após ler matéria veiculada pelo F5. Família identifica homem que foi encontrado morto por enforcamento neste domingo (29) em Conchal.

Conchal registra primeira morte “SUSPEITA” de coronavirus em homem de 80 anos. Outro paciente de 50 anos, também de Conchal, encontra-se internado em estado grave.

30/03/2020 Boletim Coronavirus: Instituto Adolfo Lutz emiti resultado do exame referente a menina de 13 anos e descarta a primeira Suspeita de coronavirus em Conchal

Câmara aprova projeto que prevê R$ 600 por mês para trabalhador informal

Prefeitura Municipal de Araras investiga morte de paciente suspeita de coronavirus

Governo de SP anuncia programa “Merenda em Casa” para 700 mil alunos

Rio Claro confirma primeiro caso de coronavírus. Paciente tem 50 anos, teve sintomas leves e passa bem.

Bandidos roubam fios e deixam parte do Lago Municipal de Conchal no escuro

Todas as Publicações

Mostrar mais