Novidade!

Auxílio emergencial: como conferir se o CPF foi usado em uma fraude




Os brasileiros que estão suspeitando de fraudes no pedido de auxílio emergencial com o uso dos seus dados podem consultar a página do benefício para verificar as informações (CLIQUE AQUI). Nessa página, o cidadão deve informar CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Segundo o tutorial para consultar a situação do benefício, há cinco respostas possíveis para o pedido de auxílio que podem ajudar a entender se há algo de errado com o cadastro.



Confira as respostas possíveis indicadas no tutorial:

Benefício aprovado: Significa que o cidadão é elegível a receber o auxílio emergencial. A data de envio para a Caixa não representa a data efetiva do pagamento do benefício. O calendário de pagamento dos beneficiários deverá ser consultado diretamente no siteda Caixa.

Benefício não aprovado: Significa que o cidadão não é elegível a receber o auxílio emergencial. Na mesma tela, o cidadão poderá verificar qual critério não foi atendido, motivo que causou a sua inelegibilidade ao benefício.

Requerimento não encontrado: Caso o requerimento do cidadão ainda não tenha sido recebido pela Dataprev, é apresentada a mensagem “Requerimento não encontrado”.

Requerimento retido: A mensagem significa que o cadastro foi retido pela equipe de homologação do Ministério da Cidadania em função da complexidade de cenários e cruzamentos. Com isso, será realizado novo reprocessamento das informações pela Dataprev.

Dados inconclusivos: Caso o sistema identifique problemas nos dados do cidadão que impeçam a análise para concessão do benefício, o sistema vai orientar que se realize um novo requerimento no site da Caixa para complementar ou confirmar seus dados cadastrais ou de sua família.



Assim, observando essas respostas, é possível saber se alguém usou os dados indevidamente para pedir o benefício.

Segundo o Ministério da Cidadania, em casos suspeitos de fraude no auxílio emergencial, o cidadão deve registrar denúncia no sistema Fala.Br (Plataforma integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação da Controladoria Geral da União – CGU), disponível na internet ou pelos telefones 121 ou 0800 7070 2003.



Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Primeiro óbito por Covid-19 é registrado em Conchal

Vice-Prefeita de Conchal Angela Caleffi e ex-prefeito Junior Caleffi testam positivo para Covid-19

Família fica refém de quadrilha que rouba sítio em Tujuguaba (Conchal/SP) - Patrulha Rural da Guarda Municipal conseguiu localizar dois, dos três tratores roubados pelos criminosos

Homem comete suicídio após fazer teste de Covid-19 em Limeira, SP

Menor é apreendido pela Policia Civil traficando na Rua Sebastião Camargo em Conchal - Pelo menos dez flagrantes de tráfico foram realizados no mesmo local nos últimos doze meses

Coronavírus: região de Campinas retrocede para fase vermelha e poderá abrir só serviços essenciais a partir da próxima semana

Governo vai aceitar pagar mais duas parcelas de R$ 600 do auxílio emergencial

Bolsonaro sanciona, com vetos, lei que obriga uso de máscaras em espaços públicos

Ciclone bomba causa pânico e mortes em SC, e deve chegar a SP

Por meio de parcerias com empresas privadas, o projeto "Guardiões da Natureza" não gerou nenhum custo para a prefeitura de Conchal

Todas as Publicações

Mostrar mais