Coronavírus: Quando a pandemia de covid-19 vai terminar? Pular para o conteúdo principal

Coronavírus: Quando a pandemia de covid-19 vai terminar?



Há pouco mais de seis meses, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou a chegada do novo vírus que em pouco tempo se tornou uma pandemia global.

Naquele dia, no final de janeiro, havia quase 10 mil casos relatados de coronavírus e mais de 200 mortes. Nenhum dos casos havia acontecido fora da China.

Desde então, o mundo e nossas vidas, mudaram profundamente. Como estamos lidando com a guerra entre a raça humana e o coronavírus?




Se olharmos para o planeta como um todo, o resultado não é bom.

Já nos aproximamos de 19 milhões de casos confirmados e superamos 700 mil mortes. No começo da pandemia, demorava semanas até se registrarem cada 100 mil casos. Agora esse marco é atingido em questão de horas.

"Ainda estamos no meio de uma pandemia intensa e muito grave", diz Margaret Harris, da OMS. "Está presente em todas as comunidades do mundo."




O impacto da covid-19 é diferente pelo mundo afora, e é fácil cada pessoa ignorar o que acontece no resto do mundo, fora de seus próprios países.

Mas um fato une todo mundo, desde quem vive na floresta amazônica, nos arranha-céus de Singapura ou nas ruas do Reino Unido: este é um vírus que prospera com o contato humano. Quanto mais nos aproximamos, mais fácil é a contaminação. Isso segue tão forte hoje em dia quanto no dia em que o vírus surgiu na China.

Esse ponto central explica a situação de todos no mundo e sugere como será nosso futuro.




É o que provoca o grande número de casos na América Latina — o atual epicentro da pandemia — e o surto na Índia. É o que explica o porquê de Hong Kong estar mantendo pessoas em centros de quarentena ou da Coreia do Sul de estar monitorando contas bancárias e de telefone de seus cidadãos.

É o que leva a Europa e a Austrália a terem dificuldades em equilibrar o final das quarentenas com a contenção da doença. E é o porquê de estarmos buscando "um novo normal", em vez de voltarmos ao "velho normal".

"Esse é um vírus que circula por todo o planeta. Ele afeta cada um de nós. Ele passa de pessoa para pessoa, e sublinha o fato de estarmos todos conectados", diz Elisabetta Groppelli, da St George's University of London.




Até o simples ato de cantar juntos pode espalhar o vírus.

O vírus também se provou especialmente difícil de rastrear, com sintomas leves ou até inexistentes em várias pessoas, mas mortal suficiente em outros, capaz de lotar hospitais.

"É o vírus pandêmico perfeito para nossa era. Nós agora vivemos na era do coronavírus", disse Harris.

As melhores chances contra o vírus até agora foram nas tentativas de se conter a disseminação do vírus de uma pessoa para outra.




A Nova Zelândia é onde isso mais chamou atenção. O país agiu cedo, quando ainda havia poucos casos: com quarentenas e fronteiras fechadas. Agora praticamente não há mais casos e a vida voltou ao normal, em grande parte.

Atenção para coisas básicas também ajudam em países pobres. A Mongólia tem a maior fronteira de qualquer país com a China, onde o surto começou. No entanto, não foi registrado, antes de julho, qualquer caso de internação em UTI. Até agora só foram diagnosticados 293 casos, com nenhuma morte.

"A Mongólia fez um ótimo trabalho com recursos muito limitados. Eles fizeram um trabalho exaustivo de epidemiologia, isolando casos, identificando contatos e isolando esses contatos", afirma o professor David Heymann, da London School of Hygene and Tropical Medicine.




Eles também foram rápidos em fechar escolas, restringir viagem internacional e promover o uso de máscaras e higienização das mãos.

Por outro lado, Heymann argumenta, a "falta de liderança política" abalou muitos países em que "os líderes na saúde e na política têm dificuldades de conversar juntos". Neste clima, o vírus prosperou. O presidente americano, Donald Trump, e a maior autoridade em doenças infecciosas do país, Anthony Fauci, claramente estiveram em lados opostos nesta pandemia.

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, se juntou a manifestações contra a quarentena e descreveu o vírus como "gripezinha", dizendo que a pandemia estava quase no fim em março.




Ao invés disso, o Brasil teve 2,8 milhões de casos e mais de 100 mil mortos.

Mas os países que conseguiram se impor contra o vírus — na maioria com quarentenas dolorosas que machucaram as sociedades — estão descobrindo que o vírus não sumiu, e que ele vai continuar voltando se nós relaxarmos. A normalidade ainda está muito distante.

"Estão descobrindo que é mais desafiador sair da quarentena do que entrar nela", diz Groppelli. "Eles ainda não pensaram sobre como podemos coexistir com o vírus."




A Austrália é um dos países tentando achar um caminho para sair da quarentena, mas o Estado de Victoria agora está em estado de "desastre". Melbourne voltou para quarentena no começo de julho — com o contágio crescendo — e desde então impôs regras mais rígidas. Agora há um toque de recolher e as pessoas só podem se exercitar dentro de um raio de cinco quilômetros de suas casas.

A Europa também está reabrindo, mas Espanha, França e Grécia registraram recentemente o número mais alto de casos das últimas semanas. A Alemanha está com mais de mil casos por dia pela primeira vez em três meses.

O uso de máscaras, algo estranho antes, agora é lugar comum na Europa, até mesmo com resorts insistindo na prática.




E — como alerta para todos nós — sucessos passados não são garantia para o futuro. Hong Kong foi muito elogiada por resistir à primeira onda de coronavírus — agora bares e academias de ginástica fecharam novamente, enquanto a Disneyland do país conseguiu reabrir por apenas um mês.

"Deixar a quarentena não significa voltar às velhas práticas. É o novo normal. As pessoas ainda não entenderam esse recado", diz Harris.

A posição da África na luta contra o coronavírus segue uma questão em aberto. Houve mais de um milhão de casos; depois de um começo bem-sucedido, a África do Sul parece estar em má situação, registrando a maioria dos casos do continente. Mas com poucos testes, é difícil ter um retrato fiel da situação.




E existe o enigma do notório baixo índice de mortes comparado com o resto do mundo. Eis alguns motivos que podem explicar isso:

As pessoas são muito mais jovens, com idade média de 19 anos na África; e a covid-19 está associada a pessoas mais velhas Outros tipos de coronavírus são mais comuns, e isso pode oferecer uma espécie de proteção Problemas de saúde comuns aos países ricos, como obesidade e diabetes do tipo 2, que aumentam os riscos da covid-19, são menos comuns na África

Alguns países estão inovando na sua resposta à doença. Ruanda tem usado drones para entregar material para hospitais e divulgar restrições para a população. Eles estão sendo usados até mesmo para flagrar pessoas que estão desrespeitando as regras, como aconteceu com um pastor que estava indo para missa.




Mas em vários lugares, como na Índia, o acesso à agua limpa e saneamento prejudica até mesmo coisas triviais, como a higienização das mãos.

"Há pessoas que têm água para lavar suas mãos e há os que não têm", diz Groppelli. "Essa é uma diferença grande, nós podemos dividir o mundo em duas categorias. E há grandes dúvidas sobre como controlar o vírus sem que haja uma vacina."

Quando isso tudo vai acabar?

Já existem tratamentos com remédios. A dexametasona — um esteroide barato — teve bom resultado com alguns pacientes em estado grave. Mas não é suficiente impedir que pacientes morram de covid-19 ou dar fim às quarentenas. Atenção especial será dada para a Suécia nos próximos meses para entender se a estratégia do país funcionou no longo prazo. O país não impôs quarentena e até agora teve uma taxa de mortes significativamente maior do que a dos países vizinhos, depois de fracassar na proteção em lares de idosos.




Em geral, a esperança do mundo de ver a vida voltar ao normal está ligada à descoberta de uma vacina. Imunizar as pessoas impediria a disseminação do vírus.

Seis vacinas estão entrando na fase três de testes clínicos. Essa fase é crítica, quando descobriremos se as vacinas promissoras realmente funcionam. Esse obstáculo final já derrubou muitos remédios no passado. Autoridades de saúde dizem que devemos continuar falando em "se" a vacina vai funcionar — e não "quando" a vacina vai funcionar.

A doutora Margaret Harris, da OMS, diz: "As pessoas têm essa crença holiwoodiana em uma vacina; que os cientistas vão arrumar tudo. Em um filme de duas horas, o final chega rápido, mas os cientistas não são Brad Pitt se injetando e dizendo 'nós vamos todos nos salvar'".

*Com informações de R7.




Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal
CLIQUE NA FOTO PARA ACESSAR TABELA DE HORÁRIOS

Leia também

Acidente na SP 191 entre carreta e ônibus transportando trabalhadores acontece nesta manhã (17), em Conchal – No mesmo local outro acidente fez vítima fatal na noite de ontem (16)

Por: Gean Mendes e Beto Ribeiro Um acidente envolvendo uma carreta carregada com sorgo e um ônibus que transportava trabalhadores aconteceu na manhã de sexta-feira (17), por volta das 6h40min, na SP 191, estrada que interliga os municípios de Conchal à Araras. A carreta que veio do estado de Goiás iria descarregar em uma empresa no município de Conchal. Os trabalhadores que ocupavam o ônibus, são de uma empresa situada no município de Araras.    Segundo informações dos passageiros do ônibus, ambos os veículos transitavam no mesmo sentido, Araras para Conchal, quando o motorista da carreta acabou se perdendo. O ônibus que estava logo atrás, colidiu na traseira da carreta. A carreta atravessou a pista e só parou na entrada da estrada vicinal, próximo a empresa Jocar. O ônibus saiu da pista, bateu em uma placa e parou próximo a um barranco. O ônibus transportava pelo menos vinte e seis trabalhadores. As primeiras informações que foram fornecidas pelos trabalhadores que e

Quadra “H” - Policia Civil investiga aparecimento de três nascituros e desaparecimento de um cadáver no cemitério municipal de Conchal

A Policia Civil investiga o aparecimento de três nascituro que estão sepultados em covas separadas, na mesma rua, da quadra “H”, no cemitério municipal de Conchal, cidade do interior de São Paulo. O caso veio à tona em 2020, quando uma família precisou sepultar um parente no mesmo túmulo, onde nos anos 80 teria sido sepultado um outro ente da família. Quando a sepultura foi aberta, os familiares perceberam que a ossada do falecido não estava no local, porém outro cadáver, um nascituro, ocupava o espaço. Segundo consta, na tentativa de localizar o cadáver desaparecido, servidores municipais responsáveis pelo setor, resolveram verificar se em túmulos ao lado, poderia estar o cadáver desaparecido. Essa atitude se fez necessária pois os responsáveis acreditavam que as plaquinhas que identificam os túmulos no cemitério poderiam ter sido subtraídas ou até mesmo trocadas, considerando as inúmeras vezes que o local já foi atacado por vândalos e ladrões de sepultura. Os servidor

Levantamento de déficit habitacional está sendo realizado em Conchal - O trabalho feito pela correspondente do CAIXAAQUI também tem como objetivo “orientar” sobre trâmite necessário para aquisição da casa própria

Na última sexta-feira (17), o F5 Comchal realizou uma entrevista com a correspondente do CAIXAAQUI / GRUPO IBX Soluções e Negócios, Ildacy Botelho. Na ocasião, foi anunciado que partir desta segunda-feira (20), a empresa estaria realizando um cadastro para o “de déficit habitacional” no município. O objetivo é saber o número de casas que faltam para atender as necessidades de moradia da população. A empresa também tem como objetivo, orientar aqueles que não possuem casa própria e, analisar as condições financeiras e documentais de cada inscrito, para estudos a fim de contribuir para que o cidadão conquiste um imóvel. O pré-cadastramento está sendo realizado na biblioteca municipal, no centro da cidade, das 13hs as 19hs. Ainda não há previsão do dia para o término. Documentos CPF RG Comprovante de residência Comprovação de Renda   Hoje, segunda-feira, por volta das 12hs, uma hora antes de iniciarem os trabalhos, uma enorme fila já se formava ao entorno do local. O F5 foi até

Correios vão leiloar mais de 61 mil itens que não foram retirados em agências - Leilão será realizado no próximo dia 27

Os Correios vão realizar, no próximo dia 27, um leilão de objetos classificados como refugos, aqueles que não foram entregues ao destinatário ou foram devolvidos ao remetente, após todas as tentativas de entrega e terminado o prazo de direito à reclamação. Esse prazo pode variar entre sete e 30 dias, a depender do objeto. A empresa informou que serão leiloados de 61 mil itens, entre peças de vestuário, microinformática, equipamentos eletrônicos, acessórios para veículos, bijuterias e livros, entre outros. Os valores iniciais dos lotes variam entre R$ 1.303 até R$ 85.050. Para participar do certame, os interessados devem se cadastrar na plataforma Licitações-e do Banco do Brasil . Após a conclusão dessa etapa, pessoas físicas e jurídicas conseguem enviar propostas de forma eletrônica para participar da disputa online. “O edital com todas as informações está disponível na plataforma Licitações-e, pelo nº 893602, e também na página de licitações dos Correios. Basta fazer a busca

GCM prende homem por agredir mulher em residência na área central de Conchal - Mesmo algemado o indivíduo tentou fugir da polícia municipal

Imagem Ilustrativa (Internet) Nesta quarta-feira (15), os GCMs Roberto Carlos e Mauricio, foram acionados via CECON, para atender a um chamado no pronto socorro do município, onde havia vítima de lesão corporal sendo atendida. Chegado ao local, os GCMs foram informados pela vítima, uma mulher de 31 anos de idade, que por voltas das 5hs, seu ex-companheiro pulou o muro de sua residência e aplicou diversos chutes e socos na porta, gritando que queria entrar. A vítima abriu a porta para que parasse o barulho, porém, disse ao ex, que o mesmo não poderia entrar no local. O indivíduo, um homem de 19 anos, partiu para a agressão contra a mulher. O filho da vítima, um adolescente, ao presenciar o que estava acontecendo, correu para o quarto para pegar o celular, para telefonar para a polícia. Ao ver que o adolescente iria fazer uma ligação o agressor passou a agredi-lo também. A mãe do adolescente tentou intervir para proteger o filho e acabou sendo agredida novamente pelo individuo, só que de

Tudo o que você precisa, em um só lugar

Tudo o que você precisa, em um só lugar
Acesse Amazon

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Acidente na SP 191 entre carreta e ônibus transportando trabalhadores acontece nesta manhã (17), em Conchal – No mesmo local outro acidente fez vítima fatal na noite de ontem (16)

Por: Gean Mendes e Beto Ribeiro Um acidente envolvendo uma carreta carregada com sorgo e um ônibus que transportava trabalhadores aconteceu na manhã de sexta-feira (17), por volta das 6h40min, na SP 191, estrada que interliga os municípios de Conchal à Araras. A carreta que veio do estado de Goiás iria descarregar em uma empresa no município de Conchal. Os trabalhadores que ocupavam o ônibus, são de uma empresa situada no município de Araras.    Segundo informações dos passageiros do ônibus, ambos os veículos transitavam no mesmo sentido, Araras para Conchal, quando o motorista da carreta acabou se perdendo. O ônibus que estava logo atrás, colidiu na traseira da carreta. A carreta atravessou a pista e só parou na entrada da estrada vicinal, próximo a empresa Jocar. O ônibus saiu da pista, bateu em uma placa e parou próximo a um barranco. O ônibus transportava pelo menos vinte e seis trabalhadores. As primeiras informações que foram fornecidas pelos trabalhadores que e

Quadra “H” - Policia Civil investiga aparecimento de três nascituros e desaparecimento de um cadáver no cemitério municipal de Conchal

A Policia Civil investiga o aparecimento de três nascituro que estão sepultados em covas separadas, na mesma rua, da quadra “H”, no cemitério municipal de Conchal, cidade do interior de São Paulo. O caso veio à tona em 2020, quando uma família precisou sepultar um parente no mesmo túmulo, onde nos anos 80 teria sido sepultado um outro ente da família. Quando a sepultura foi aberta, os familiares perceberam que a ossada do falecido não estava no local, porém outro cadáver, um nascituro, ocupava o espaço. Segundo consta, na tentativa de localizar o cadáver desaparecido, servidores municipais responsáveis pelo setor, resolveram verificar se em túmulos ao lado, poderia estar o cadáver desaparecido. Essa atitude se fez necessária pois os responsáveis acreditavam que as plaquinhas que identificam os túmulos no cemitério poderiam ter sido subtraídas ou até mesmo trocadas, considerando as inúmeras vezes que o local já foi atacado por vândalos e ladrões de sepultura. Os servidor

Oportunidade de emprego – Umaflex de Conchal está contratando; Veja vagas

  A empresa Umaflex em Conchal abriu vagas para contração de: ·        Setor Administrativo   ·        Engenheiro produção ·        Motorista ·        Auxiliar de produção ·        Carregamento, Os interessados devem enviar o currículo para o email: Curriculos@umaflex.com.br

Quadrilha armada faz reféns em Conchal e rouba pertenceres de alto valor na residência das vítimas – Antes da invasão os criminosos provocaram queda de energia no bairro

Pelo menos cinco criminosos invadiram uma residência localizada na area central, em Conchal (SP). O crime aconteceu por volta das 22hs de sexta-feira (27). Uma das vítimas, uma mulher , chegou a escutar algum barulho vindo do quintal, foi quando telefonou para pedir ajuda à segunda pessoa, um homem . Pouco tempo depois faltou a energia elétrica no local. Após ouvir que alguém estava mexendo na fechadura da porta, a vítima correu e se trancou no quarto. Nesse momento, os criminosos já teriam pulado o muro que dá acesso ao quintal do imóvel e invadido a casa.  Quando a segunda vítima, o homem, chegou ao local, também foi rendido pelos bandidos. Sob ameaça de morte, as vítimas foram abrigadas a ficarem trancadas e um dos cômodos da casa. O bandido que vigiava as vítimas também estava armado. Os criminosos roubaram 3 aparelhos de telefone celular, joias, relógios, valores em dinheiro, além de documentos pessoais e cartões de banco. A polícia investiga o caso.

Postagens mais visitadas deste blog

Jovem comete suicídio em Conchal neste domingo (29), um dia após comemorar aniversário

O jovem de aproximadamente 21 anos, morador da cidade de São Paulo, segundo registrado, foi encontrado por uma cidadã conchalense, em uma construção, por volta das 19:10hs, deste domingo (29).   Segundo informações obtidas no local dos fatos pela nossa reportagem e, confirmadas em registro de boletim de ocorrência. Uma cidadã conchalense (Aline), esteve nesta construção, localizada à rua Benedito Novo, no bairro Novo Horizonte, em Conchal, para conhecer o local, onde segundo informações pretendia alugar ou comprar antes mesmo do término da obra.   Chegando ao imóvel em construção, ao entrar em um dos cômodos, a testemunha se deparou com um corpo suspenso, pendurado, enforcado, com uma mangueira em torno do pescoço.   A testemunha acionou a Policia Militar que passava pelo local naquele momento. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Polícia Cientifica, representada pela perita Mariana, fotógrafo Marco e, a Policia Civil, representada pelo GCM Ivam, que auxilia

Linha com cerol provoca acidente fatal na tarde desta sexta-feira (28) em Conchal

Por volta das 15h40min, desta sexta-feira (28), um homem de 42 anos de idade, morador de Conchal, foi atingido fatalmente por uma linha com cerol, quando passava com sua moto pela Rua dos Battel, próximo a escola Bela Vista, no bairro Esperança 3, em Conchal, SP. Moto da vitima  Segundo testemunhas a vítima ainda conseguiu andar alguns metros, até a esquina com a rua dos Maiochi, lugar onde acabou perdendo os sentidos. O SAMU foi acionado, porém quando chegou ao local foi constatada morte eminente, devido extensa laceração na região do pescoço. A ocorrência ainda está em andamento. A Polícia Militar está no local. O responsável pela linha com cerol que tirou a vida do trabalhador, ainda não foi identificado. Vale lembrar, que a venda e/ou utilização de linha com cerol ou linha chilena, com também é chamada, é crime.     

Polícia Militar liberta homem que seria julgado por ‘tribunal do crime’ e prende 11 pessoas em Conchal

Por: Beto Ribeiro Repórter   Na noite de domingo (20), os policiais militares cabo Barros e soldado Consoni, estavam em patrulhamento de Força Tática pelo município de Araras (SP), quando receberam informações via COPOM, que pela cidade de Conchal (SP), estava ocorrendo um suposto "tribunal do crime", em andamento em um bar, pelo bairro Jardim Esperança III. De imediato, foi realizada uma diligência até o local, com o apoio de outras viaturas.   A informação dava conta de que um rapaz havia sido sequestrado e que estava sendo agredido, e provavelmente seria morto, ainda conforme as informações os envolvidos aumentaram o som do estabelecimento, para que os gritos não fossem ouvidos. O local indicado é o conhecido Bar HM, de propriedade de um indivíduo já conhecido nos meios policiais e o estabelecimento é afamado ponto de tráfico.   Defronte ao bar, havia um porco no rolete sendo feito, sendo que ali estavam três indivíduos, os quais, ao perceberem a chegada das vi

Resposta rápida – Após investigação Policiais Civis de Conchal prendem segundo suspeito de participação no homicídio de Elisângela, 46 anos - Suspeito teria praticado sexo com a vítima após homicídio. Assista entrevista.

Nesta terça-feira Conchal amanheceu com a triste notícia de homicídio que teve como vítima a costureira de 46 anos de idade, Elisângela Montaute. O crime aconteceu na noite de ontem, segunda-feira (16), tendo a ocorrência atendida pela Polícia Municipal, que conseguiu prender o suspeito ainda no local. Conforme a primeira informação noticiada pelo F5 Conchal, um homem de 22 anos de idade foi preso pela GCM, suspeito de matar Elisângela. Na residência estava Elizangela junto com o suspeito de 22 anos. O homem preso alegou que a mulher foi agredida por um indivíduo desconhecido, que a atingiu com um pedaço de madeira na cabeça, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública. Elisângela Montaute foi morta a facadas em Conchal — Foto: Reprodução/Facebook Disse ainda que, o mesmo suspeito que teria invadido a casa, também o teria agredido, ordenando que ele matasse a mulher com golpes de faca. Entretanto, ao ser questionado novamente, ele mudou a versão e confesso

Homem de 23 anos é assassinado nesta quarta-feira (23) com 3 tiros e 6 facadas em Conchal

O crime aconteceu por volta das 20h25min desta quarta-feira (23), à rua Cândida  Battel, no bairro Jardim Peres, em Conchal.   A Guarda Municipal atendeu a ocorrência com o apoio da Policia Militar.   Segundo informações fornecidas por moradores próximo ao local, a vítima Michael Willian Mendes da Silva, 23 anos, foi abordado por pelo menos dois indivíduos encapuzados.   Michael tentou fugir, mas foi golpeado com pelo menos 6 facadas e três tiros, segundo constatado pela Policia Cientifica que esteve no local dos fatos. A polícia investiga o caso.              

Dois acidentes, 1 com vítima fatal aconteceram noite passada em Conchal

O primeiro acidente aconteceu no trevo da rodovia próximo ao cemitério de Conchal. Segundo informações de populares, o motorista do veículo que aparece na imagem acima, perdeu o controle da direção vindo a capotar.   A policia rodoviária foi acionada e o motorista foi socorrido. O segundo acidente aconteceu na rodovia Martinho Prado/Conchal. Segundo informações fornecidas pelo comandante da Guarda Municipal de Conchal, o acidente teria acontecido após um veículo, possivelmente um Ônix, ter colidido com um veículo Parati. Publicações nas redes sociais indicam que o motorista da Parati, um homem, veio a falecer.   O F5 Conchal está apurando mais informações, de ambos os acidentes, junto a policia rodoviária. Em breve mais informações.

Conchal/SP - Sem sintomas, jovem de 22 anos descobre que está grávida após 37 semanas de gestação – O fenômeno é chamado pelos médicos, de “gravidez silenciosa”

O caso aconteceu em Conchal e foi descoberto no dia 10 deste mês pela jovem, que após sentir fortes dores resolveu procurar o médico. A conchalense Jeniffer Adrielli , 22 anos, estudante de enfermagem, deu à luz a uma linda menina de 49 centímetros, pesando 2.400Kg, após 37 semanas e 5 dias de gestação, sem sentir absolutamente nenhum sintoma.   Jeniffer nos contou que fazia uso de anticoncepcional.   WhatsApp:  (19) 99864 2355 - 📞 (19) 3866 2524 A jovem dizia estar sentindo cólica de rim, e por isso, foi ao hospital Madre Vannini, em Conchal, no dia 10 de fevereiro.   O profissional que a atendeu solicitou um exame de urina, após algum tempo o exame constatou uma forte infecção. Um exame para identificar gravidez foi realizado e foi neste momento que a jovem foi surpreendida, Jeniffer mal sabia que a surpresa maior ainda estava por vir. O F5 entrevistou Jeniffer e sua mãe. A entrevista completa será exibida em vídeo, no próximo dia 26, sexta-feira. Você não pode perder!!  

Corpo é encontrado em cova rasa em Conchal

Pessoas próximas ao local dos fatos escutaram barulhos de tiros e acionaram a Guarda Municipal de Conchal, por volta das 17:45hs, do primeiro dia de 2021, no bairro Arurá, em Conchal   Pouco tempo após serem acionados a GCM chegou no lugar indicado pelos denunciantes. Em breve busca, os GCM’s encontraram pelo menos seis capsulas de calibre 38 deflagradas e muito sangue. Os GCM’s continuaram averiguando o local e encontraram rastros pela mata. Seguindo o rastro foi encontrado uma cova rasa, onde o corpo de um homem estava enterrado. Informou ao F5 o comandante da GCM, Benedito Aparecido Abreu.   O delegado de Polícia Civil Dr José Francisco, compareceu ao local acionando a Policia Cientifica.   A vítima foi previamente identificada como sendo, Eduardo Lacerda. A polícia investiga o crime.

Entradas de Conchal serão fechadas temporariamente pela prefeitura – O município ficará apenas com a entrada da Avenida João Paulo II (cemitério) aberta e com barreira sanitária

Foto: Gean Mendes (F5) - Barreira Sanitária 21/05/2020, Conchal A prefeitura de Conchal fechará temporariamente todas as principais entradas da cidade, deixando aberta apenas a entrada da Avenida João Paulo II (cemitério), que contará com barreira sanitária.   A medida se faz necessária por conta do feriado prologado onde o fluxo de pessoas que viajam para o interior aumenta consideravelmente, principalmente após a suspensão da operação descida do Sistema Anchieta-Imigrantes decretada pelo Governo do Estados, após a prefeitura da capital antecipar cinco feriados municipais. A previsão é que a partir desta quarta-feira (24), os trabalhos de colocação de barreiras nas entradas da cidade iniciem.   Até a próxima sexta-feira (26), todos os acessos estarão fechados, exceto o da avenida João Paulo II. Diversas cidades da região estão adotando medidas semelhantes ou ainda mais restritivas, com o objetivo de desestimular as viagens ao interior. Em Conchal já há paciente em situação gra

Caminhoneiro de Conchal vitima fatal em Rio Claro ligou para pedir ajuda após explosão

Foto reprodução EPTV   O motorista que morreu após a explosão de um caminhão em um posto de combustíveis em Rio Claro (SP) conseguiu ligar após o acidente para avisar que havia perdido uma perna e que precisava de ajuda. As informações são do G1 São Carlos/Araraquara O caminhoneiro Jovino Rocha de Andrade teve a morte confirmada pela Santa Cansa às 4h10 desta quinta-feira (1º). Ele tinha 51 anos e era um dos socorridos em estado grave no acidente que deixou 15 feridos. Até o início da manhã desta quinta, cinco pessoas haviam sido socorridas para a Santa Casa e dez haviam sido levadas para a Unidade Básica de Saúde (UBS) de Ipeúna. Seis delas já haviam recebido alta e quatro seguiam internadas. Ajuda Andrade, que morava em Conchal (SP) e mantinha uma transportadora com quatro caminhões, preparava-se para uma viagem ao Rio de Janeiro e, no momento do acidente, abastecia dois caminhões no posto. Ele estava acompanhado da esposa grávida, que aguardava em uma caminhonete, e de outro m