Pular para o conteúdo principal

90 dias Grátis

Mulher e marido descobrem e enfrentam câncer juntos em Ribeirão Preto: 'Forma de ver a vida mudou'




Desde criança, ir ao hospital era um dos maiores medos da gerente de contas Cláudia Melo, de Ribeirão Preto (SP). Aos 47 anos, no entanto, ela foi obrigada a repensar o receio quando recebeu, na mesma semana em que o marido, o diagnóstico de câncer. De repente, as visitas às unidades de saúde se tornaram diárias.

A cada vez que vai ao hospital, Claudia cruza as portas de entrada com mais certeza de que, hoje, nada é capaz de abalar suas estruturas. Ela aprendeu a ter fé e diz estar pronta para enfrentar as sessões mensais de quimioterapia e o que mais for necessário fazer até encerrar o tratamento contra o câncer de mama.



"O câncer fala mais de vida do que de morte, porque, apesar do câncer, você não morreu. Você tem chance. A forma como enxergo a vida mudou totalmente. Estava muito focada em trabalho, em ter, e de repente percebi que o mais importante é estar junto de quem você ama."

Descoberta

Cláudia suspeitou do câncer ao apalpar os seios e notar um cisto no final de 2018. Passou por mamografia, considerada pelos médicos a maneira mais eficaz de prevenção contra a doença, mas o exame não identificou o tumor. Preocupada, fez uma biópsia e, em julho de 2019, recebeu o diagnóstico.



"Quero passar informação de qualidade para mulheres que enfrentam o mesmo problema, porque a gente é muito leigo. Eu quero dar palestras e ir em escolas. A pandemia restringe isso, mas tenho este desejo e quero conversar com outras mulheres."

A partir de então, a trajetória foi repleta de notícias tristes. O câncer já corria o risco de se espalhar pelo corpo, e o tumor, com oito centímetros, era considerado pelos médicos grande demais para ser retirado a partir de uma cirurgia. Antes, seria preciso 16 sessões de quimioterapia, que faziam os cabelos dela caírem e a deixavam enjoada.



"O câncer de mama é perfeitamente curável, desde que esteja no estágio inicial, de até um centímetro. Quando vi o tamanho do meu, pensei que ia morrer mesmo”, diz.

“O que me machucava era pensar que a vida iria continuar independentemente de mim e que meus filhos iriam se formar, se casar, mas eu não iria participar."



Coragem para enfrentar

O diagnóstico chegou enquanto Cláudia acompanhava o marido, Emerson Luiz, no hospital. Era uma sexta-feira, e Emerson, que havia passado por uma cirurgia às pressas para retirada de um tumor recém-descoberto no testículo, começaria a realizar sessões diárias de quimioterapia na segunda-feira seguinte.



"Foi como se o chão tivesse aberto aos meus pés. Ele tinha que lutar pela vida dele, e eu, pela minha. Naquele final de semana, fiz planos de morte. Fiquei imaginando até para quem doaria minhas roupas. Mas, quando chegou segunda, acordei e escolhi levantar a cabeça para enfrentar o câncer com disposição, alegria e fé", diz.

O que a princípio parecia ser problema acabou por se tornar a maior fonte de inspiração para Cláudia. Dia após dia, ela enxergava no marido a força que precisava para enfrentar a doença e, ao mudar drasticamente de rotina, viu nos três filhos uma razão para fazer tudo que fosse necessário e tentar vencer a batalha.



"Tenho uma família muito unida, onde todos se respeitam. Me sinto muito amada, tanto pela minha família quanto pelos meus amigos. Eu não sabia que era tão querida. Isso tudo faz uma diferença enorme", diz.

Casal unido

O tratamento de Emerson terminou em novembro de 2019 e Cláudia deu continuidade ao dela. Após encerrar a quimioterapia, passou por uma cirurgia de remoção do que havia restado do tumor e de um linfonodo em uma das axilas.



"Alguém tinha que colocar comida na mesa, e o Emerson se sentiu responsável por isso. Focou tanto em querer cuidar de mim e da casa, que se esqueceu da doença. A postura dele era um exemplo. Se ele estava passando pelo mesmo que eu e conseguiu enfrentar de cabeça erguida, eu tentava ser igual."

Em seguida, Cláudia fez 33 sessões de radioterapia, concluídas em julho, em meio à pandemia de coronavírus, e deu início à etapa atual do tratamento, que inclui uma espécie de quimioterapia mais branda e sem efeito colateral, realizada a cada 21 dias.



"Fiquei com medo da Covid. Pensava que, se pegasse, não aguentaria. Tive suspeita de Covid, cheguei a fazer o teste, mas, graças a Deus, não era. A última palavra é de Deus. É lógico que a gente tem que tomar cuidado, usar máscaras e álcool em gel, evitar se aglomerar, mas o que tiver que ser, será."

Exemplo a ser transmitido

O medo provocado pela pandemia, no entanto, foi superado pelo casal, que já estava acostumado às dificuldades. Com a reabertura do comércio, Cláudia foi pega de surpresa ao ser convidada para ser retratada em uma exposição itinerante em shoppings de oito cidades com esculturas de bustos de pessoas que enfrentam o câncer de mama.



A exposição, realizada pelo Coletivo Pink, busca conscientizar sobre a importância da prevenção do câncer de mama. A previsão é de que o Brasil registre 66 mil novos casos em 2020, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Cláudia quer fazer sua parte.

"Quero passar informação de qualidade para mulheres que enfrentam o mesmo problema, porque a gente é muito leigo. Eu quero dar palestras e ir em escolas. A pandemia restringe isso, mas tenho este desejo e quero conversar com outras mulheres."

*Com informações de G1.









Leia também

Grave acidente em rodovia tira vida de conchalense na manhã desta terça-feira (15) - Edson Ricardo de Fátima, 42 anos, querido cavaquinista do grupo de pagode “Nega Véia” não resistiu aos ferimentos

Um grave acidente foi registrado na manhã deste terça-feira (15), na Rodovia Engenheiro João Tosello (SP-147), que liga Limeira a Mogi Mirim, no interior de São Paulo. De acordo com informações recebidas pela nossa reportagem, duas motocicletas acabaram se envolvendo em um acidente, com o impacto, os motociclistas caíram no meio da rodovia, momento em que um deles foi atropelado por outro veículo que transitava pela via. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, no momento do acidente havia muita neblina na pista, e isso pode ter contribuído para o acidente. A vítima, o conchalense Edson Ricardo de Fátima, 42 anos, não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito no local do acidente. Edson Ricardo era agente prisional lotado no município de Limeira. No momento do acidente o mesmo se dirigia ao local onde trabalhava. Segunda pessoas da esquerda para direita: Edson Ricardo De Fátima, 42 anos Em Conchal, Edson Ricardo, é muito conhecido por fazer parte do grupo de pagode “Nega Véia”. Cavaquini

Saiba quem é Lázaro Barbosa Souza, 33 anos, o criminoso procurado pelas polícias Civil, Militar e Federal

Já duram seis dias a busca pelo criminoso Lazáro Barbosa Souza, de 33 anos, suspeito de matar uma família, na última quarta-feira, 9 de junho, em uma chácara no Incra 9, em Ceilândia, região nos arredores do Distrito Federal. Após arrombar a porta e entrar na casa, ele matou a tiros e facadas o empresário Cláudio Vidal, de 48 anos, e seus dois filhos, Gustavo Marques Vidal, de 21, e Carlos Marques Vidal, de 15. Esse foi o primeiro de uma longa série de crimes que pôs moradores do DF em alerta e iniciou uma perseguição policial que conta com helicópteros, cães farejadores, drones e mais de 200 homens. Lazáro Barbosa já teria ateado fogo em uma casa, roubado carros e despistado os policias. A polícia acredita que ele está munido de um revólver calibre .32 e possivelmente de outras armas e munição roubada das residências que invadiu ao longo da última semana. Cerca de 17 fazendas da região estariam ocupadas por policiais. A Secretaria de Segurança Pública de Goiás e a Secretaria de Segu

GCM Conchal apreende menor por tráfico de drogas no Esperança 3 – Pai do adolescente acompanhou grande parte da ocorrência junto aos GCMs

Foto: Gean Mendes F5 Conchal A viatura da Guarda Municipal de Conchal, composta pelos GCMs Macedo e Antônio, faziam patrulhamento pelo bairro Esperança 3, nesta sex-feira (11), quando pela rua dos Battel avistaram um adolescente entregando algo a um motociclista.   Os suspeitos empreenderam fuga ao perceberem a chegada dos policiais. Os GCMs conseguiram abordar o menor após pularem muros e grades de imóveis, inclusive de uma escola. Ao tomar conhecimento do que estava acontecendo, o pai do menor compareceu ao local dos fatos. Segundo informado pelo GCMs, o pai do adolescente acompanhou os Guardas que fizeram trajeto inverso para tentar localizar os ilícitos dispensados durante a fuga. Em um dos pontos durante o percurso, foi encontrado 10 porções de cocaína embaladas para a venda e R$ 22,00 em dinheiro. O menor foi levado ao pronto socorro local, para exame de corpo delito e em seguida à Delegacia de Polícia no município de Araras/SP, onde a autoridade de plantão registrou o

Falece nesta segunda (14) aos 89 anos Francisco Magnusson Filho – Lindo Magnussun, como era carinhosamente chamado, é filho do primeiro prefeito de Conchal e pai do atual

Francisco Magnusson Filho Na madrugada desta segunda-feira (14), Francisco Magnusson Filho, 89 anos, veio a falecer. A  morte foi atribuída  a causas naturais. Lindo Magnusson como era carinhosamente chamado, é pai do atual prefeito de Conchal e filho do primeiro chefe do executivo municipal. Uma nota publicada nesta manhã, no Facebook, na página pessoal do prefeito de Conchal Vando Magnusson, relembrou a importância de seu pai na história da cidade. Diz a nota: Com muita tristeza comunico o falecimento do meu pai Sr. Francisco Magnusson Filho, carinhosamente conhecido por Lindo Magnusson. Mais do que um pai dedicado à família, perco hoje um dos meus grandes e maiores exemplos de vida. Assim como seu pai, participou da política de nossa cidade, sendo por duas vezes vereador e presidente da Câmara de Vereadores. O sepultamento será hoje a partir das 13h30 no Velório Municipal de Conchal e o enterro às 16h.   No mês em que Conchal comemorava os seus 70 anos, em 2019, acomp

Conchal registra mais 3 óbitos por Covid-19 nesta quarta-feira (16) – Veja Boletim

Veja abaixo boletim publicado ontem, terça-feira (15

OS MELHORES FILMES - BAIXE O APP AGORA!

Tudo o que você precisa, em um só lugar

Tudo o que você precisa, em um só lugar
Acesse Amazon

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Jovem comete suicídio em Conchal neste domingo (29), um dia após comemorar aniversário

O jovem de aproximadamente 21 anos, morador da cidade de São Paulo, segundo registrado, foi encontrado por uma cidadã conchalense, em uma construção, por volta das 19:10hs, deste domingo (29).   Segundo informações obtidas no local dos fatos pela nossa reportagem e, confirmadas em registro de boletim de ocorrência. Uma cidadã conchalense (Aline), esteve nesta construção, localizada à rua Benedito Novo, no bairro Novo Horizonte, em Conchal, para conhecer o local, onde segundo informações pretendia alugar ou comprar antes mesmo do término da obra.   Chegando ao imóvel em construção, ao entrar em um dos cômodos, a testemunha se deparou com um corpo suspenso, pendurado, enforcado, com uma mangueira em torno do pescoço.   A testemunha acionou a Policia Militar que passava pelo local naquele momento. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Polícia Cientifica, representada pela perita Mariana, fotógrafo Marco e, a Policia Civil, representada pelo GCM Ivam, que auxilia

Linha com cerol provoca acidente fatal na tarde desta sexta-feira (28) em Conchal

Por volta das 15h40min, desta sexta-feira (28), um homem de 42 anos de idade, morador de Conchal, foi atingido fatalmente por uma linha com cerol, quando passava com sua moto pela Rua dos Battel, próximo a escola Bela Vista, no bairro Esperança 3, em Conchal, SP. Moto da vitima  Segundo testemunhas a vítima ainda conseguiu andar alguns metros, até a esquina com a rua dos Maiochi, lugar onde acabou perdendo os sentidos. O SAMU foi acionado, porém quando chegou ao local foi constatada morte eminente, devido extensa laceração na região do pescoço. A ocorrência ainda está em andamento. A Polícia Militar está no local. O responsável pela linha com cerol que tirou a vida do trabalhador, ainda não foi identificado. Vale lembrar, que a venda e/ou utilização de linha com cerol ou linha chilena, com também é chamada, é crime.     

Homem de 23 anos é assassinado nesta quarta-feira (23) com 3 tiros e 6 facadas em Conchal

O crime aconteceu por volta das 20h25min desta quarta-feira (23), à rua Cândida  Battel, no bairro Jardim Peres, em Conchal.   A Guarda Municipal atendeu a ocorrência com o apoio da Policia Militar.   Segundo informações fornecidas por moradores próximo ao local, a vítima Michael Willian Mendes da Silva, 23 anos, foi abordado por pelo menos dois indivíduos encapuzados.   Michael tentou fugir, mas foi golpeado com pelo menos 6 facadas e três tiros, segundo constatado pela Policia Cientifica que esteve no local dos fatos. A polícia investiga o caso.              

Polícia Militar liberta homem que seria julgado por ‘tribunal do crime’ e prende 11 pessoas em Conchal

Por: Beto Ribeiro Repórter   Na noite de domingo (20), os policiais militares cabo Barros e soldado Consoni, estavam em patrulhamento de Força Tática pelo município de Araras (SP), quando receberam informações via COPOM, que pela cidade de Conchal (SP), estava ocorrendo um suposto "tribunal do crime", em andamento em um bar, pelo bairro Jardim Esperança III. De imediato, foi realizada uma diligência até o local, com o apoio de outras viaturas.   A informação dava conta de que um rapaz havia sido sequestrado e que estava sendo agredido, e provavelmente seria morto, ainda conforme as informações os envolvidos aumentaram o som do estabelecimento, para que os gritos não fossem ouvidos. O local indicado é o conhecido Bar HM, de propriedade de um indivíduo já conhecido nos meios policiais e o estabelecimento é afamado ponto de tráfico.   Defronte ao bar, havia um porco no rolete sendo feito, sendo que ali estavam três indivíduos, os quais, ao perceberem a chegada das vi