Novidade!

Polícia interdita fábrica clandestina de cosméticos no Rio; dono usava tinta de impressora em esmaltes




Policiais da Delegacia do Consumidor (Decon-RJ) interditaram, nesta quinta-feira (8), uma fábrica na Zona Norte do Rio onde eram produzidos cosméticos de forma clandestina.

De acordo com as investigações, o dono do estabelecimento usava tintas de impressora como corante para esmaltes. Ele foi preso em flagrante e vai responder por falsificação e adulteração de produtos. A pena pelos crimes pode dar até 15 anos de prisão.

O depósito funcionava no térreo de um prédio residencial na Penha. Agentes encontraram 20 funcionários trabalhando sem qualquer vínculo empregatício e sem equipamentos de proteção individual.



Segundo a polícia, os rótulos utilizados nos produtos eram de marcas chinesas.

“A fábrica não tinha nenhum tipo de autorização da Vigilância Sanitária. O dono utilizava álcool 70 e tinta de impressoras”, disse o delegado André Neves. O material era revendido em grande parte do Rio de Janeiro.

O proprietário da fábrica de cosméticos disse que só vai falar em juízo.

*Com informações de G1.










Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Policia Civil prende um dos suspeitos de ter cometido diversos assaltos na região do Santo Antônio em Conchal

Polícia Civil prende dois indivíduos após furto a academia em Conchal

Entregador morre após bater em carro e ser lançado para cima de outro veículo em Franca; vídeo

Polícia Militar recupera bateria de ônibus furtada em oficina mecânica em Conchal

Mulher baleada em tentativa de latrocínio é socorrida pela PM em Araras, SP

Polícia apreende mula após denúncia de que animal era usado para transportar material de construção

Ônibus Circular em Conchal recebe novos horários

Agora sou gospel: Whindersson Nunes, Luciano Camargo e outros investem em louvores

Decreto libera estudos sobre a privatização de unidades básicas de saúde

Todas as Publicações

Mostrar mais