Novidade!

Bolsonaro sobre CoronaVac: "Agora estão ouvindo a verdade"



Em fala a apoiadores na manhã desta quarta-feira (13), em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro ironizou o resultado da eficácia geral CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan, do governo de São Paulo, em parceria com a Sinovac, farmacêutica da China.

"Essa de 50% é uma boa? O que eu apanhei por causa disso! Agora estão ouvindo a verdade. Quatro meses apanhando por causa da vacina. Entre eu e a vacina tem a Anvisa. Não sou irresponsável, não estou a fim de agradar quem quer que seja", afirmou o presidente.



Nesta terça-feira (12), o Instituto Butantan anunciou a eficácia geral da CoronaVac: 50,38%. Isto significa que a vacina foi capaz de prevenir a infecção pelo coronavírus neste percentual entre voluntários imunizados durante os ensaios clínicos de fase 3 realizados no país.

A Anvisa e a OMS (Organização Mundial da Saúde) entendem que vacinas que apresentem eficácia de no mínimo 50% podem ser utilizadas em programas de imunização nesta pandemia diante da urgência em controlar o vírus e a incidência de quadros graves de covid-19.



Ao ser interpelado por uma apoiadora, a qual disse que só tomaria vacina depois dele, Bolsonaro respondeu já ser imunizado. Autoridades sanitárias relataram recentemente casos de reinfecção no Brasil.

Armamento

A colecionadores de armas, Bolsonaro voltou a falar sobre aquisição de armamentos. "Sempre terão comigo um aliado para compra legal de armamento. Não existe lobby de armamento para cima de mim, porque eu sou adepto a toda forma de legítima defesa para o cidadão de bem."



Ford

O chefe do Executivo reafirmou que o fechamento da Ford no Brasil se deu porque não há mais subsídio do governo federal às montadoras e devido à concorrência.

"Foram dezenas de bilhões de reais para esse pessoal... renúncia fiscal", disse. "Essa fábrica fechou por causa de concorrência. Não tem mais subsídio nosso e o que ela fabricava aqui não é mais rentável. Agora vai embora", disparou Bolsonaro, destacando que lamenta o fechamento da montadora norte-americana no Brasil.



Sobre as críticas ao governo federal em relação à decisão da empresa, o presidente novamente criticou medidas sanitárias, como isolamento social e fechamento do comércio, adotadas por estados e municípios.

"Alguém viu alguém falando sobre fechamento de milhões de empresas no Brasil? Eu segurei milhões de empregos com aquelas medidas, via Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural) e via auxílio emergencial. Acho que fui o único que fez algo para manter emprego no Brasil. O resto fechou. Fecha, fica em casa e a economia a gente vê depois. Está chegando a fatura", disparou.

*Com informações de R7.









Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Vagabundo rouba cadeirante e acaba preso em flagrante pela PM em Conchal, SP

Prefeitura de Conchal se prepara para vacinação contra Covid-19 – O F5 entrevistou o diretor do departamento de saúde do município. Wagner Lozano deu mais detalhes sobre esse e outros assuntos relacionados ao setor

Campanha da Acico distribui quase R$ 60 mil em prêmios

Quem são as pessoas que não podem tomar vacina contra covid

Casal se perde no meio do mato e é resgatado pela Polícia Militar na zona rural de Araras, SP

Restaurante Santo Forte faz homenagem à lanchonetes que fizeram parte da história de Conchal

Conchal iniciou nesta quinta-feira (21) a vacinação contra a Covid-19

Professor pede ajuda após cadelinha ser jurada de morte

Força Tática captura procurado por tráfico de drogas e realiza flagrante de porte Ilegal de arma de fogo durante patrulhamento em Araras, SP

Prefeitura de Conchal inicia obras de manutenção no prédio do Cemec

Todas as Publicações

Mostrar mais