Pular para o conteúdo principal

120 dias Grátis

Recusar uso de máscaras ou vacinação contra a Covid-19 pode configurar justa causa



A recusa para o uso da máscara de proteção e até mesmo a recusa pela vacina contra a Covid-19 pode trazer consequências além da saúde para o trabalhador. Isso porque, pelo artigo 157 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), cabe à empresa “cumprir e fazer cumprir as normas de segurança e medicina do trabalho e instruir os empregados, através de ordens de serviço, quanto às precauções a tomar no sentido de evitar acidentes do trabalho ou doenças ocupacionais; e adotar as medidas que lhes sejam determinadas pelo órgão regional competente”.



Já em relação ao empregado, se enquadra em “ato faltoso” a recusa sem justificativa do acatamento das instruções divulgadas pelo empregador e o uso dos equipamentos de proteção individual fornecidos pela empresa. Por isso, o não cumprimento de regras sanitárias previstas por lei e orientadas de forma clara pelas empresas pode resultar em demissão por justa causa. Mas, para isso acontecer, é necessário que o comportamento do funcionário seja reincidente. “É fundamental que haja uma comunicação clara da empresa sobre uso de máscara, distanciamento social e orientação para vacina antes que apliquem medidas mais duras. Não é porque um trabalhador é visto sem máscara uma vez que ele vai ser demitido”, explica o advogado trabalhista Marcos Lemos, da Benício Advogados.



“É importante imprimir os cartazes de recomendação do governo e, no primeiro descumprimento, já advertir o funcionário para não abrir precedentes”, orienta Carolina Coelho, executiva de RH e sócia da HProjekt. Em geral, um funcionário pode ser advertido até três vezes antes da demissão acontecer. A justa causa é a penalidade máxima que pode ser aplicada ao trabalhador. Para Carolina Coelho, ela tem de ser avaliada com calma e, se possível, com muito diálogo para que nenhuma das partes seja prejudicada. É importante lembrar que, em dezembro, o Supremo Tribunal Federal decidiu, por 10 votos a um, que a vacinação contra a Covid-19 é obrigatória — mas ninguém será vacinado à força. A União, os municípios, os 26 estados e o Distrito Federal têm liberdade para criar leis e para aplicar sanções a quem não quiser tomar a vacina. Ou seja, a compulsoriedade será determinada por meio indireto. Quem recusar o imunizante poderá ser impedido de receber benefícios, frequentar espaços públicos ou assumir determinados cargos.



Uma pesquisa realizada pelo PoderData em dezembro de 2020 mostrou que 28% das pessoas “com certeza” não pretendem tomar alguma vacina contra a Covid-19. Apesar do índice não ser muito alto, ele cresceu nove pontos percentuais em relação à pesquisa anterior. Dos entrevistados, 60% pretendem tomar a vacina e 12% ainda não sabem. “Você tem um conflito. De um lado está a liberdade individual. Ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer algo se não em virtude de lei. Por outro lado, temos uma questão de saúde publica que prevê, do empregador, manter um ambiente de trabalho saudável. Somado a isso, ele ainda pode ser responsabilizado. Então deve prevalecer o interesse coletivo sobre o individual”, afirma o advogado Marcos Lemos.



A demissão por justa causa implica na perda de direito ao seguro-desemprego, FGTS, 13º proporcional e pagamento da multa rescisória. Assim, o trabalhador recebe apenas o saldo do salário e as férias vencidas com acréscimo de 1/3 — caso tenha mais que um ano de empresa. Apesar da justa causa não ser registrada em carteira, ela pode prejudicar o funcionário caso, em algum momento, precise de boas referências ou carta de recomendação do emprego anterior. A possibilidade de recorrer à decisão existe. Nesse caso, a Justiça deve avaliar se a empresa tomou medidas necessárias de orientação e se a pena está condizente com a prática do trabalhador. Por isso, a empresa precisa fornecer equipamentos de proteção individual (EPIs) e se mostrar preocupada em fazer a sua parte diante da pandemia.

*Com informações de Jovem Pan.









Leia também

Procurado por homicídio é preso pela Policia Militar em Conchal. “O cara matou o meu filho, eu fui e matei ele também e não estou arrependido. Tinha mais pra derrubar, e quando eu sair vou atrás novamente”. Disse o preso na delegacia

Na noite desta quinta-feira (17), equipes de Força Tática (cabo Belucci, soldado Gallo e soldado Viana), e ROCAM (cabo Roberto e soldado Perissato), receberam informações que um homem procurado por dois homicídios no município de Leme (SP), estaria escondido pelo município de Conchal (SP). Imediatamente os policiais militares, sob o comando do sargento Ricardo, iniciaram diligências, quando a equipe de ROCAM acabou visualizando o veículo em que o procurado estava. Feito a abordagem, inicialmente o suspeito apresentou um nome falso, mas depois acabou confessando que era ele mesmo, inclusive levou os policiais até sua residência, onde foi apreendida uma arma cal. 38 de fabricação caseira. Diante dos fatos, José Moreira recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido ao plantão da Central de Polícia Judiciária, onde em conversa com a reportagem (assista abaixo), ele disse que o primeiro homicídio, ele matou um bandido que o assaltou, e ele teria ganho na Justiça, mas o segundo, cometid

Conselho Tutelar promove ação e retira menores que vendiam trufas no semáforo em Conchal – O C.T informou a existência de denúncias – Acompanhado da mãe, menino diz que só quer ganhar dinheiro sem precisar vender drogas

Crianças exibem com orgulho o que conseguiram conquistar vendendo trufas no semáforo em Conchal   A ação de fiscalização do Conselho Tutelar aconteceu no sábado (19), no semáforo da Rua Camilo Chagas em Conchal. Pelos menos 5 meninos entre 10 e 13 anos, costumam ficar diariamente neste ponto da cidade vendendo trufas. Com a chegada dos conselheiros o trabalho dos meninos foi interrompido, quando um deles utilizando o próprio telefone celular, telefonou para mãe que compareceu ao local. Segundo informado pelos conselheiros à nossa reportagem, existem diariamente diversas denúncias sobre as crianças e adolescentes que estão vendendo trufas no semáforo. Por meio de nota, o Conselho Tutelar de Conchal informou que: “Este tipo de atividade consta na lista das piores formas de trabalho infantil (Lista TIP), pois às deixam expostas à violência, drogas, assédio sexual e tráfico de pessoas; exposição à radiação solar, chuva e frio; acidentes de trânsito, atropelamento etc. Além de acarr

Prefeitura de Conchal decreta novos horários de funcionamento dos comércios e estabelece medidas de combate à pandemia no âmbito municipal de 19/06/2021 a 30/06/2021 – Acesse e leia decreto na integra.

DECRETO Nº 4.450, DE 17 DE JUNHO DE 2021. “DISPÕE SOBRE ADOÇÃO DE NOVAS PROVIDÊNCIAS AO COMBATE DA COVID-19, NOS TERMOS DO PLANO SÃO PAULO, CONFORME ESPECÍFICA.” LUIZ VANDERLEI MAGNUSSON, Prefeito do Município de Conchal, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais; e, Considerando que o Exmo. Governador do Estado de São Paulo - Sr. João Dória, através do Decreto nº 65.792, de 11 de junho de 2021, prorrogou a medida de quarentena em todo o Estado no período de 14 a 30 de junho de 2021; Considerando ainda os termos do ANEXO I do referido Decreto Estadual que apresenta recomendação para que os municípios com índice de ocupação de leitos de UTI superior a 90%, ampliem o grau de restrição de desempenho de atividades com a finalidade de prevenir o esgotamento da capacidade de atendimento à população; e, Considerando finalmente que o Município de Conchal, bem como as demais regiões do Estado estão classificadas na fase vermelha do Plano São Paulo;  

Bandidos armados roubam trator, agridem, sequestram e abandonam vítima em área rural de Conchal

Imagem Ilustrativa O crime aconteceu nesta sexta-feira (18), por volta das 16:40hs. A vítima, um homem de 51 anos de idade, transitava com o trator pela Estrada da Capelinha, quando foi abordado por três indivíduos que anunciaram o assalto. Pelo menos um dos criminosos portava uma arma, que segundo a vítima, parecia ser um calibre 12. Os criminosos agrediram e sequestraram a vítima, o colocando dentro de um carro que circulou por pelo menos meia hora na área rural de Conchal. Os bandidos abandonaram o agricultor em um pomar de laranja no Conchal Velho, também área rural do município. Os indivíduos roubaram um trator Massey Ferguson 265, ano 1977, telefone celular e carteira com documentos.     

Conchal registra mais 3 óbitos por Covid-19 nesta quarta-feira (16) – Veja Boletim

Veja abaixo boletim publicado ontem, terça-feira (15

OS MELHORES FILMES - BAIXE O APP AGORA!

Tudo o que você precisa, em um só lugar

Tudo o que você precisa, em um só lugar
Acesse Amazon

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?

Quer receber notícias gratuitamente via WhatsApp?
Clique na imagem e nos envie o seu nome e idade

VEJA TAMBÉM

Jovem comete suicídio em Conchal neste domingo (29), um dia após comemorar aniversário

O jovem de aproximadamente 21 anos, morador da cidade de São Paulo, segundo registrado, foi encontrado por uma cidadã conchalense, em uma construção, por volta das 19:10hs, deste domingo (29).   Segundo informações obtidas no local dos fatos pela nossa reportagem e, confirmadas em registro de boletim de ocorrência. Uma cidadã conchalense (Aline), esteve nesta construção, localizada à rua Benedito Novo, no bairro Novo Horizonte, em Conchal, para conhecer o local, onde segundo informações pretendia alugar ou comprar antes mesmo do término da obra.   Chegando ao imóvel em construção, ao entrar em um dos cômodos, a testemunha se deparou com um corpo suspenso, pendurado, enforcado, com uma mangueira em torno do pescoço.   A testemunha acionou a Policia Militar que passava pelo local naquele momento. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a Polícia Cientifica, representada pela perita Mariana, fotógrafo Marco e, a Policia Civil, representada pelo GCM Ivam, que auxilia

Linha com cerol provoca acidente fatal na tarde desta sexta-feira (28) em Conchal

Por volta das 15h40min, desta sexta-feira (28), um homem de 42 anos de idade, morador de Conchal, foi atingido fatalmente por uma linha com cerol, quando passava com sua moto pela Rua dos Battel, próximo a escola Bela Vista, no bairro Esperança 3, em Conchal, SP. Moto da vitima  Segundo testemunhas a vítima ainda conseguiu andar alguns metros, até a esquina com a rua dos Maiochi, lugar onde acabou perdendo os sentidos. O SAMU foi acionado, porém quando chegou ao local foi constatada morte eminente, devido extensa laceração na região do pescoço. A ocorrência ainda está em andamento. A Polícia Militar está no local. O responsável pela linha com cerol que tirou a vida do trabalhador, ainda não foi identificado. Vale lembrar, que a venda e/ou utilização de linha com cerol ou linha chilena, com também é chamada, é crime.     

Homem de 23 anos é assassinado nesta quarta-feira (23) com 3 tiros e 6 facadas em Conchal

O crime aconteceu por volta das 20h25min desta quarta-feira (23), à rua Cândida  Battel, no bairro Jardim Peres, em Conchal.   A Guarda Municipal atendeu a ocorrência com o apoio da Policia Militar.   Segundo informações fornecidas por moradores próximo ao local, a vítima Michael Willian Mendes da Silva, 23 anos, foi abordado por pelo menos dois indivíduos encapuzados.   Michael tentou fugir, mas foi golpeado com pelo menos 6 facadas e três tiros, segundo constatado pela Policia Cientifica que esteve no local dos fatos. A polícia investiga o caso.              

Polícia Militar liberta homem que seria julgado por ‘tribunal do crime’ e prende 11 pessoas em Conchal

Por: Beto Ribeiro Repórter   Na noite de domingo (20), os policiais militares cabo Barros e soldado Consoni, estavam em patrulhamento de Força Tática pelo município de Araras (SP), quando receberam informações via COPOM, que pela cidade de Conchal (SP), estava ocorrendo um suposto "tribunal do crime", em andamento em um bar, pelo bairro Jardim Esperança III. De imediato, foi realizada uma diligência até o local, com o apoio de outras viaturas.   A informação dava conta de que um rapaz havia sido sequestrado e que estava sendo agredido, e provavelmente seria morto, ainda conforme as informações os envolvidos aumentaram o som do estabelecimento, para que os gritos não fossem ouvidos. O local indicado é o conhecido Bar HM, de propriedade de um indivíduo já conhecido nos meios policiais e o estabelecimento é afamado ponto de tráfico.   Defronte ao bar, havia um porco no rolete sendo feito, sendo que ali estavam três indivíduos, os quais, ao perceberem a chegada das vi