Pular para o conteúdo principal

Terapeuta ocupacional é o elo de apoio na recuperação, é quem resgata a independência do paciente - Profissional atua para devolver autonomia de atividades diárias como se higienizar, por exemplo

Por: Fernanda de Cassia Morais

Escovar os dentes, vestir uma camisa, lavar as mãos ou se higienizar são atividades simples que, para a maioria das pessoas, são feitas de maneira automática. No entanto, quando existe algum tipo de limitação ou incapacidade para realizá-las é necessária a intervenção e a atuação do terapeuta ocupacional, que é o um dos elos de apoio na recuperação do paciente.

O profissional, lembrado neste dia 19, se especializa e se qualifica para trabalhar habilidades e limitações de cada pessoa, criando junto do paciente, novas formas de fazer o que ele quer e precisa, com a maior autonomia e independência possíveis.

De acordo com a terapeuta ocupacional do Saúde Inteligente, da operadora Santa Casa Saúde Piracicaba, Maria Angela Barreira, o leque de atuação vai desde uma mudança na forma de realizar uma atividade até o planejamento abrangente de como executar uma atividade para realizá-la da forma mais eficiente possível. “Existem situações as quais precisamos ainda elaborar ou criar adaptações para que essas atividades possam ser executadas, seja por meio do auxílio de um equipamento, como a cadeira de rodas, por exemplo, seja com modificações ambientais para facilitar a funcionalidade e a participação nas atividades”, explica.


Para Angela, todo estudo e capacitação do profissional de TO deve estar atrelado ao atendimento humanizado. “Sempre digo que o terapeuta ocupacional precisa olhar para o indivíduo. Os exames são importantes? Com certeza! Mas naquele momento, é o olhar, é o gesto desse paciente que vai me dizer o que ele mais precisa. É nessa lacuna que atuamos. É no respeito àquele indivíduo que está aqui na minha frente. E é isso que faz toda diferença na evolução e na melhora de quem é assistido”, salienta.

Atualmente, no ambulatório do Saúde Inteligente, há cerca de 80 pacientes em atendimento terapêutico e outros 40 recebem atendimento domiciliar. Entre as atribuições deste profissional está a de intervir no cotidiano das pessoas, avaliando o desempenho ocupacional em áreas de autocuidado, trabalho, lazer, capacidades cognitivas, sensoriais, motoras e sociais, melhorando o dia a dia de seus pacientes ao possibilitar meios para que realizem atividades cotidianas de maneira autônoma.

 “O processo de reabilitação é uma rede de apoio e o terapeuta ocupacional é um elo importante nessa teia, que conta com a atuação de multiprofissionais. É de fundamental importância porque tem como foco devolver àquela pessoa a possibilidade de retomar suas atividades básicas de vida diária, como beber água, se higienizar, por exemplo. Acredito que essa é a condição de maior respeito a ser resgatado no indivíduo, é o ponto principal dentro da reabilitação. Talvez, o paciente não consiga, dependendo do seu comprometimento, sair de casa, mas se ele tiver a dignidade resgatada para conseguir se higienizar e se alimentar já é um grande passo”, salienta.

 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Horários (ponto a ponto) do ônibus circular e telefones úteis Conchal

Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos. Solicitamos aos leitores F5 que utilizam o transporte público em Conchal, para que nos comunique através do número de WhatsApp (19) 99153 0445, se forem encontradas divergências nos horários publicados abaixo, para que possamos editar. Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os horários apresentados nesta tabela representam horários aproximados do tempo de percurso de um ponto ao outro; Pode ocorrer variação de até 5 minutos para mais ou para menos.   Os hor

Tragédia no Trânsito de Conchal Deixa Mulher Morta e Família Clama por Justiça – Outros Quatro Acidentes Aconteceram no Final de Semana no Município

Um trágico acidente ocorrido na noite deste domingo (03) abalou a cidade de Conchal, deixando uma mulher de 56 anos morta. Neide Benedita de Campos foi atropelada enquanto atravessava a pé a avenida João Paulo II. O veículo envolvido, uma BMW branca, deixou o local do acidente. Segundo relatos de familiares ao F5, Neide estava a caminho da igreja quando foi atingida pelo veículo. Apesar dos esforços do SAMU, que a socorreu e a levou ao Pronto Socorro do hospital Madre Vannini, ela não resistiu aos ferimentos e veio a óbito pouco tempo após dar entrada. O motorista da BMW fugiu do local, mas populares anotaram a placa do veículo. A polícia já identificou o proprietário, que teria emprestado o carro a um amigo no momento do acidente. O condutor, conforme apurado pelo F5 nesta manhã de segunda-feira (04), deve se apresentar à polícia. A família da vítima clama por justiça, expressando preocupação de que a conexão do veículo com uma pessoa conhecida na cidade possa influenc

Acidente envolvendo dois veículos causa a morte de duas vítimas na Rod. Prof. Zeferino Vaz em Tujuguaba (Conchal)

  Duas pessoas perderam a vida e outras duas ficaram feridas na tarde desta quinta-feira (12), em um acidente envolvendo dois veículos na Rodovia Professor Zeferino Vaz, próximo ao distrito de Tujuguaba. O acidente aconteceu por volta das 17h30min, no   Km 174+900 da rodovia, no sentido Sul, em direção a Engenheiro Coelho. Os veículos, uma Amarok e uma Saveiro, seguiam no mesmo sentido quando a colisão ocorreu. No veículo Amarok, estavam um homem e uma mulher, que, apesar de sofrerem ferimentos leves, foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados ao Hospital Madre Vannini, em Conchal. Suas identidades não foram divulgadas, porém, são moradores de Conchal. Infelizmente, a tragédia se abateu sobre os ocupantes da Saveiro, onde estavam dois homens que não resistiram aos ferimentos e entraram em óbito ainda no local do acidente. Os nomes das vítimas fatais e informações sobre suas origens ainda estão sob investigação, e seus corpos for