Novidade!

Prefeito Vando Magnusson e Deputado Cauê Macris revertem na justiça e Conchal não precisará devolver o dinheiro da reforma do lago

O anuncio foi feito pelo Deputado Cauê Macris (PSDB) durante sua visita a Conchal no dia 05/05.


Vamos relembrar o caso que foi publicado na matéria do dia 11/02/2017 (edição 22) do F5 Conchal:

 Lago Municipal - Prefeitura de Conchal terá que devolver recursos da obra que não aconteceu           

Em 27/08/2015 foi anunciado para todos os cidadãos, que o lago municipal de Conchal passaria por uma mega reforma (revitalização) que custaria R$ 1.695.494,98, com a contrapartida da Prefeitura. Valdeci aparecido Lourenço na época prefeito de Conchal, convocou uma coletiva de imprensa para apresentar os detalhes sobre da obra. O projeto de revitalização do Parque Ecológico, onde está inserido o Lago Municipal, consta: implantação de estrutura para pedalinhos, palco para eventos e atividades físicas, sala de leitura, implantação de fonte flutuante, canalização do córrego com aduelas de concreto armado pré-moldado, reforma do banheiro, reforma da entrada do Parque, construção de pergolados para descanso, reforma dos postes de iluminação e troca das luminárias, construção de cerca do Parque Ecológico com o Ribeirão Conchal, construção de portal, implantação de playground em madeira, implantação de academia para idoso, reforma dos quiosques, implantação de lixeiras e totens de sinalização, construção de deck suspenso em madeira tratada e fechamento do Parque com alambrado. Estes recursos seriam provenientes do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID).  Em 27/09/2016, “um ano depois” desse anúncio ter sido feito pelo ex-prefeito Valdeci, a equipe do F5 Conchal foi até o lago para registrar o andamento da obra e para sabermos de que forma estariam sendo gastos os recursos enviados. Não foi muito animador o que constatamos, porém iremos compartilhar com vocês.








Os recursos seriam divididos e depositados na conta da prefeitura conforme o andamento da obra. A primeira parcela para o inicio da obra foi de: R$ 664.133,90 (seiscentos e sessenta e três mil cento e trinta e três reais e noventa centavos), que acabou sendo desviado e usado em outras áreas do setor administrativo do município (ex: folha de pagamento). Mesmo tento a prefeitura devolvido o dinheiro ao caixa, o Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID) deixou de depositar os valores restantes para a conclusão da obra, pelo fato da prefeitura não ter tratado com a devida responsabilidade os valores anteriores. Diga-se de passagem, os valores que foram investidos na Fonte Ornamental, conforme demonstramos na imagem abaixo.
O pior ainda pode acontecer

Por ter desviado os recursos e por não ter convencido ao apresentar a prestação de contas da primeira etapa da obra. O FID (Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos) pode solicitar a devolução do dinheiro investido no município. No dia 07/02 o atual prefeito Vando Magnusson foi a São Paulo para tentar reverter à situação. Agora ficou a critério dos juízes decidirem se: o FID dará continuidade ao contrato enviando as outras parcelas para a conclusão do projeto, ou se a prefeitura de Conchal terá que devolver os R$ 664.133,90 com juros, que foram utilizados de forma irregular pela administração do ex-prefeito Valdeci.

Como fica agora?

A decisão foi publicada e com dez votos a favor e apenas um contra, dos juízes que deliberavam o caso, o município de Conchal não precisará devolver o dinheiro que foi mal aplicado pela gestão do ex-prefeito Valdeci e ainda, receberá o restante dos recursos para a continuidade da obra, algo em torno de um milhão de reais, ficando agora aguardando os trâmites burocráticos de toda a documentação necessária para o recebimento dos valores e reiniciamento da obra.

Colaboração: Gean Mendes – f5conchal@gmail.com





  

Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Empresário Edson Simoso morre aos 47, vítima da Covid-19

Captura de procurado no Jardim Esperança ll em Conchal

Prefeitura interdita praças no centro da cidade para evitar aglomerações

Polícia civil prende indivíduo por porte ilegal de arma em Conchal

Fora de risco de transmissão Prefeito Vando Magnusson testa positivo para Covid-19 – outros seis servidores públicos também positivaram no teste

Vaga de trabalho para assistente financeiro

Multa de R$ 110.00 passa a valer a partir desta quinta-feira (9) - No combate ao coronavírus, multa será aplicada para quem não utilizar máscara de proteção facial em Conchal

Umaflex fez sexta-feira (10) doação de mais 100 cestas básicas para a assistência social de Conchal

Candidato do PT para eleições de 2020 promete “roubar pouco”. O vídeo viralizou nas redes sociais. Assista...

Todas as Publicações

Mostrar mais