“Auditoria Interna aponta indícios de desvio de recursos e apropriação indébita na Gestão de Valdeci Aparecido Lourenço”
Colaboração: Gean Mendes – f5conchal@gmail.com

A segunda reunião de apresentação dos trabalhos que estão sendo feitos pela Comissão Municipal de Auditoria Interna, foi realizada na ultima quarta-feira (21/06).
A diretora do departamento de finanças Dalva Suely Guerra Pulz, representantes da imprensa, do Lions Clube Conchal e todos os vereadores da         Câmara Municipal de Conchal estiveram presentes, exceto os vereadores Robinho e Pastor Joais.

A Comissão apurou que a contribuição previdenciária dos servidores municipais (11%), referente a competência de novembro de 2016 (gestão Valdeci), no valor de R$ 223.887,48 (Duzentos e vinte e três mil, oitocentos e oitenta e sete reais e quarenta e oito centavos), foi descontado da folha de pagamento dos funcionários e não foi repassada aos cofres do ColchalPrev.
Diante das informações apuradas pela Comissão de Auditoria, foi instaurada uma sindicância para apurar se a infração foi cometida pelos servidores públicos, porém o processo foi arquivado, pois os fatos não configuraram infrações disciplinares. A sindicância comprovou que, a autorização do desconto em folha de pagamento dos servidores e não repassados ao instituto de previdência (Conchalprev), foi exclusivamente realizado pelo chefe do poder executivo Valdeci Aparecido Lourenço, ex-prefeito de Conchal.
Diante dos fatos, perguntamos para à Sra. Dalva Suely (diretora do departamento de finanças), o que foi feito com o dinheiro que foi descontado da folha de pagamento dos servidores e não foi repassado para o Conchalprev?
Dalva nos informou que o dinheiro foi utilizado para o pagamento do salário dos servidores e que as despesas na gestão anterior, superaram os valores arrecadados pelo município.
O Vereador Wagner Lozano perguntou para a diretora de finanças, se houve queda na receita em 2016?
Dalva tornou a responder, que não houve queda de receita e sim, aumento nas despesas. O caso foi denunciado ao MP (Ministério Público) no dia 02/03/17.

NOTA F5


No mês de dezembro de 2016, o ex-prefeito Valdeci , permitiu os descontos na folha de pagamento dos servidores e também não repassou o dinheiro da contribuição previdenciária e do décimo terceiro para o Conchalprev. A Comissão de Auditoria Interna informou que levará este caso, que é bem parecido com o anterior, ao conhecimento do Ministério Público. Logo que a denúncia for concretizada, traremos novas informações.



Comentários

Leia também...

Policia Civil de Conchal estoura mais um ponto de tráfico no conjunto habitacional Ângela Maria Vivaldini Caleffi (Predinhos do CDHU - bloco C)

Policia Civil de Conchal prende homem que vendia carne furtada do Frigorífico Morro Grande

Idosos fogem de casa de repouso para ir a festival de heavy metal

Estado de São Paulo corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

Dia dos Pais com o Maestro: João Carlos Martins e Orquestra estarão em Conchal, dia 12 de agosto

Conchal inicia aulas em salas descentralizadas da ETEC “Pedro Ferreira Alves”

Caminhão derruba parte de pedágio na Bandeirantes. Veja vídeo do momento do acidente.

Saúde de Conchal promove campanha de vacinação contra sarampo e paralisia infantil

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL
VISITE O APARTAMENTO DECORADO