Vaticano estuda fazer decreto para excomungar corruptos
Comissão do Vaticano está elaborando um texto para excluir da comunidade fieis corruptos e mafiosos; papa definiu a corrupção um ‘câncer’.
 Foto: Papa Francisco

Uma nota divulgada pelo Vaticano noticiada pelo jornal italiano “Corriere della Sera” sábado (17/06), afirma que uma comissão da Santa Sé estuda um decreto que permite ao pontífice excomungar pessoas por “corrupção e associação mafiosa”. Na prática, os corruptos e os mafiosos seriam excluídos da comunidade dos fiéis da Igreja Católica.
Segundo a nota do Vaticano, a questão é extremamente importante e delicada, e por isso “são necessários aprofundamentos a nível internacional e de doutrina jurídica da Igreja”. Entretanto, o Papa Francisco já expressou sua posição de forma clara no prefácio do livro do cardeal Peter Tuckson, onde ele definiu a corrupção com “um câncer” e exortou a “lutar conjuntamente” contra esse fenômeno.
Em seu texto, Francisco lançou um apelo para “se unir e lutar contra essa blasfêmia, esse câncer que está desgastando nossas vidas. A Igreja não deve ter medo de purificar si própria".
Segundo Francisco, a corrupção está na "origem da exploração do homem", da "decadência e falta de desenvolvimento", do "tráfico de pessoas, armas e drogas", da "injustiça social e da humilhação", da "escravidão e desemprego".
Na quinta-feira (15/06), foi realizado um grande seminário internacional em Roma com cerca de 50 personagens envolvidos na luta contra a corrupção e as máfias, entre os quais juízes, bispos, membros das instituições políticas vaticanas, de vários países e das Nações Unidas, chefes de movimentos sociais, vítimas, jornalistas, estudiosos, intelectuais e embaixadores.

Fonte: G1

Colaboração: Gean Mendes f5conchal@gmail.com



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Vídeo - Homem fica preso em lança de portão e é socorrido por militares em Conchal

Crianças são dopadas com antidepressivos e Mogi Guaçu afasta funcionários de creche

Família procura idoso desaparecido desde sexta–feira (24).

Alunos da E.E. Padre Alberto Vellone participaram da "CUCO" no mês de abril e passaram para a segunda fase

Nos três primeiros meses do ano Conchal registra redução no índice de criminalidade

Cantor Samuel Mariano estará pela segunda vez em Araras, SP

Seis turistas brasileiros morreram no Chile por inalação de gás

Menina de 12 anos tem suspeita de intoxicação por causa de ‘slime’

Abertas as inscrições para Universidade Pública Virtual – Univesp gratuita em Conchal

Dentista faz receita ilustrada para ajudar paciente analfabeta na Bahia

Todas as Publicações

Mostrar mais