Corinthians campeão ou vice? Líder do 1º turno nunca terminou abaixo do 2º lugar
Histórico do Brasileiro por pontos corridos "garante" ao Timão, no mínimo, uma vaga na Libertadores de 2018. Apenas três times que chegaram à metade da competição no topo não levantaram a taça


Se depender do histórico do Campeonato Brasileiro, o torcedor corintiano pode ficar ainda mais confiante na conquista do título da competição. Na era dos pontos corridos, iniciada em 2003, em apenas três edições o campeão do primeiro turno não levantou a taça no fim da temporada.
Grêmio (2008), Internacional (2009) e Atlético-MG (2012) foram os únicos clubes que lideravam após a primeira metade da competição, mas não conseguiram se manter na ponta. Todos eles terminaram na segunda colocação. Ou seja, se classificaram para a Taça Libertadores do ano seguinte. Veja na tabela abaixo:
Campeões do primeiro turno do Brasileirão
Ano
Líder
Pontuação*
Colocação final
2003
Cruzeiro
47
Campeão
2004
Santos
41
Campeão
2005
Corinthians
42
Campeão
2006
São Paulo
38
Campeão
2007
São Paulo
39
Campeão
2008
Grêmio
41
Vice (São Paulo campeão)
2009
Internacional
37
Vice (Flamengo campeão)
2010
Fluminense
38
Campeão
2011
Corinthians
37
Campeão
2012
Atlético-MG
43
Vice (Fluminense campeão)
2013
Cruzeiro
40
Campeão
2014
Cruzeiro
43
Campeão
2015
Corinthians
40
Campeão
2016
Palmeiras
36
Campeão
2017
Corinthians
41
?
Fonte: GloboEsporte.com / * Em 2003 e 2004, Brasileirão teve 24 times. Em 2005, 22.
O próprio Corinthians viveu isso em três oportunidades. Em 2005, o Timão virou o turno na primeira colocação, com 42 pontos. Apesar do escândalo de manipulação de resultados, o clube conseguiu se manter na liderança e ficou com o título. Em 2011, o clube encerrou a primeira metade com 37 pontos, três a menos do que em 2015.
Mesmo ainda faltando duas rodadas para o fim do primeiro turno do Brasileirão, o Corinthians já garantiu o título simbólico. O Timão tem 41 pontos, oito a mais do que o Grêmio, vice-líder. O feito é comemorado pelo técnico Fábio Carille.
– O título é muito importante, mostra que fizemos uma primeira parte do campeonato, mas temos de confirmar no segundo. É gratificante, por menor que seja o título de um turno, para nós é importante, valoriza, mas sabemos que temos que fazer um segundo turno muito bom – afirmou o comandante alvinegro.
Para manter esse ritmo, o clube luta para manter o seu elenco até, pelo menos, o fim da temporada. Apesar do assédio de alguns clubes europeus, o Timão só perdeu o reserva Léo Jabá nesta janela de transferências.
--Quando terminou o Campeonato Paulista, reunido com o presidente, Flávio Adauto (diretor de futebol) e Alessandro (gerente), eu disse: "Se a gente não perder nenhum jogador, com certeza vamos ter uma vaga na Libertadores de 2018. Pedi, por favor, para segurar esses atletas, e estão fazendo de tudo para manter o elenco até o fim do ano. Tem muita coisa para acontecer, mas vamos tentar nos manter na frente – comentou Carille.
Invicto há 32 partidas, o Corinthians volta a campo na quarta-feira, quando enfrenta o Atlético-MG, às 21h, no Mineirão, pela 18ª rodada do Brasileirão.
Fonte:http://globoesporte.globo.com





Comentários

Leia também...

Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar pai dentro de presídio no Ceará

"Censura" - PSOL partido aliado do PT pede para TSE suspender funcionamento do WhatsApp em todo país

“Quem tem o apoio de milhões de brasileiros não precisa pagar”, disse estrategista digital de Bolsonaro

Rotary Club de Araras Sul organiza a 1a. Noite Carré e Picanha

Moro diz que não tentou influenciar eleição e acusa petistas de intimidação

Após Sindicância Interna ex- diretora de educação de Conchal Mariana Mani Moura foi exonerada do quadro de servidores do município

Bolsonaro acrescenta em seu plano de governo o 13º salário para os beneficiários do Bolsa Família

Acreditando que os brasileiros têm memória fraca e subestimando a inteligência do eleitor, PT muda estratégia e tira nome de Lula e cor vermelha de campanha

Saúde de Conchal promove Campanha Outubro Rosa

Todas as Publicações

Mostrar mais