Relator mantém condenação de Lula por corrupção e lavagem de dinheiro e aumenta pena; julgamento continua.


O desembargador João Pedro Gebran Neto manteve a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro. Ele rejeitou integralmente os recursos apresentados pela defesa durante o julgamento realizado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, nesta quarta-feira (24).
O voto de Gebran, que é o relator do processo, foi concluído após três horas e meia de leitura. O texto tinha 430 páginas e não chegou a ser lido na íntegra. A sessão continua e mais dois desembargadores ainda darão os seus votos. A sessão foi interrompida e será retomada às 15h.
Gebran Neto determinou pena final de 12 anos e 1 mês de reclusão e 280 dias multa para o ex-presidente. Anterioremente, a pena foi estipulada por Sérgio Moro em 9 anos e seis meses. Ele determinou ainda que a execução da pena se dará após recursos cabíveis no próprio TRF-4.
Fonte: G1


Comentários

Leia também...

Policia Civil de Conchal estoura mais um ponto de tráfico no conjunto habitacional Ângela Maria Vivaldini Caleffi (Predinhos do CDHU - bloco C)

Policia Civil de Conchal prende homem que vendia carne furtada do Frigorífico Morro Grande

Idosos fogem de casa de repouso para ir a festival de heavy metal

Estado de São Paulo corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

Dia dos Pais com o Maestro: João Carlos Martins e Orquestra estarão em Conchal, dia 12 de agosto

Conchal inicia aulas em salas descentralizadas da ETEC “Pedro Ferreira Alves”

Caminhão derruba parte de pedágio na Bandeirantes. Veja vídeo do momento do acidente.

Saúde de Conchal promove campanha de vacinação contra sarampo e paralisia infantil

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL
VISITE O APARTAMENTO DECORADO