INACEITÁVEL - Atraso na entrega do kit escolar e má qualidade da merenda causam transtornos no início do ano letivo em Conchal

Embasado em informações fornecidas pelo diretor de educação do município, Sr. José Roberto, no dia 25/01/2018, o F5 Conchal anunciou que  prefeitura de Conchal iria entregar o Kit Escolar para os alunos da rede pública municipal de ensino. A previsão era  para que as entregas acontecessem no início da primeira quinzena de Fevereiro, conforme declaração do diretor. Hoje 25/02, faltando três dias para acabar o mês, os kits ainda não chegaram às mãos dos três mil e quatrocentos alunos que ainda deverão ser contemplados com bastante atraso.
Recentemente, "representantes" do poder público ligados ao departamento de educação nos informou, que o atraso se deu por culpa do fornecedor que vendeu uma quantidade muito grande em todo o Estado de São Paulo, de forma que não teria suportado a demanda para entregar no prazo estipulado (péssima justificativa).
Os mesmo "representantes" públicos ligados ao departamento de educação do município ainda justificaram, que diversos alunos já receberam o "básico do básico", enquanto os verdadeiros kits não chegaram. O problema é que essa entrega, do "básico do básico" não foi identificada por nossa equipe, pelo menos, não da forma que nos disseram.
Entre os dias 22/02 e 25/02, o F5 Conchal utilizou a agenda de cinco mil e quatrocentos contatos de leitores que recebem noticias via Whatsapp,

para pesquisar se esse tal material "básico do básico"  teria realmente chegado às mãos dos alunos, o resultado da pesquisa nos deixou envergonhados (VERGONHA ALHEIA!!).

Entre 174 pais com quem conversamos, que representam 232 crianças matriculadas na rede municipal de ensino (alguns pais possuem mais de uma criança em escola pública), apenas uma mãe nos confirmou o recebimento de material "básico do básico", sem nos dizer quais itens possuía nesse tal material "básico do básico".
Identificamos também, alguns alunos de uma mesma sala de aula da escola Alonso Ferreira de Camargo que receberam um apontador porem, não é possível saber, se esse único material foi fornecido pelo departamento de educação, ou se foi algum presente dado aos alunos, por algum professor da escola, tendo em vista o amor e profissionalismo que os nossos professores têm para com nossas crianças.

É fato que, se o departamento de educação agisse com transparência ao administrar o dinheiro da educação, teríamos hoje diversos documentos para comprovar que esses materiais ("básico do básico")  chegaram às mãos das nossas crianças. Para isso, bastaria apenas que o departamento de educação emitisse um recibo, para que o pai/mãe de cada aluno assinasse ao receber qualquer item comprado com o dinheiro público, seja um kit completo, ou apenas um apontador. Ao contrário disso, temos que viver a mercê da base da confiança mútua... 

Má qualidade da merenda

Na ultima sexta (23/02), recebemos essa foto que foi tirada por um profissional que trabalha na escola Bela Vista, no bairro esperança 3 em Conchal.
Indignado, o profissional que pediu para não ter seu nome divulgado por medo de represálias, nos relatou que "isso" que aparece na foto, foi a carne moída fornecida na merenda dos alunos no dia 23/02. O denunciante disse também, que antes de fotografar precisou retirar o excesso de óleo que continha na comida, algo em torno de "três dedos" de excesso de óleo . Relatou ainda, que o alimento exalava cheiro de sangue. Alguns alunos também  confirmaram o fato e ainda disseram ser comum a carne chegar dessa forma no prato dos estudantes, alguns nem comem pois já sofreram efeitos colaterais ao consumir o alimento no passado.
Conversamos via WhatsApp com a nutricionista do município (Ariane), que ao contrário de outros "profissionais' ligados a educação municipal, foi 100% honesta e puxou a responsabilidade para ela, reconhecendo o erro sem tentar justificar com conversinhas de trampolineiros.
Ariane nos informou que já havia reclamado por diversas vezes com o fornecedor do produto, que algumas vezes entregou carne com muita gordura e que as providências já foram devidamente efetuadas antes mesmo da denúncia chegar ao conhecimento público através da imprensa.
"Vocês têm razão sobre essa questão! No próximo dia 07/03 será licitada uma nova empresa e nós aumentamos as exigências no edital. Agora compraremos "carne moída tipo patinho", ela já vai vim assada, então eu não vou ter esse problema de cheio ou excesso de gordura. Inclusive já tenho um relatório pronto para impedir que a mesma empresa venha tenta participar do pregão e fornecer esse tipo de produto para o nosso município", afirmou a nutricionista do município. 
Nota F5
Agrademos e parabenizamos a nutricionista do município pelo excelente trabalho ao identificar e denunciar erros encontrados no setor. Lembramos que essa foi a mesma profissional que descobriu e denunciou o esquema do superfaturamento da compra da laranja. (Propinosuco).
No entanto, devemos comunicar que o caso do kit escolar e do material "básico do básico" ainda ganhará novos destaques, simplesmente pelo fato de já possuirmos argumentos e provas suficientes para formalizar denuncia ao MP (Ministério Público), que deverá investigar onde e para quem foi entregue o tal material "básico do básico", o que foi comprando e quanto pagaram. Informamos ainda, que nada disso estaria acontecendo, se no departamento de educação municipal predominasse a transparência.  Atualmente a direção do departamento faz parte das pastas atribuídas ao grupo político amarelo, que mais estão preocupados com as eleições de 2020, do que,  em contribuir com o atual prefeito da cidade,  administrando de forma honesta e transparente. 
Por: Gean Mendes - f5conchal@gmail.com - WhatsApp (19) 99153 0445

Comentários

  1. Parabéns ao F5 gostei da matéria, da transferência e da imparcialidade e dos resultados isso e profissionalismo, continuem assim. Se cada um fizer a sua parte, vamos mudar a história desse pais.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

"Olá, agradecemos a sua mensagem. Acaso você não receba nenhuma resposta nos próximos 5 minutos, pedimos para que entre em contato conosco através do WhatsApp (19) 99153 0445." Gean Mendes...

Leia também...

Policia Civil de Conchal estoura mais um ponto de tráfico no conjunto habitacional Ângela Maria Vivaldini Caleffi (Predinhos do CDHU - bloco C)

Policia Civil de Conchal prende homem que vendia carne furtada do Frigorífico Morro Grande

Conchal inicia aulas em salas descentralizadas da ETEC “Pedro Ferreira Alves”

Estado de São Paulo corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

Dia dos Pais com o Maestro: João Carlos Martins e Orquestra estarão em Conchal, dia 12 de agosto

Caminhão derruba parte de pedágio na Bandeirantes. Veja vídeo do momento do acidente.

Idosos fogem de casa de repouso para ir a festival de heavy metal

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL

PLANTÃO DE VENDAS NO LOCAL
VISITE O APARTAMENTO DECORADO