Bolsonaro anuncia filiação ao PSL e pré-candidatura à presidência com oração: “É uma missão de Deus”

O deputado federal Jair Bolsonaro oficializou sua filiação ao PSL na noite da última quarta-feira, 07 de março, no anexo 2 da Câmara dos Deputados, com a presença de parlamentares que também se filiaram ao partido, do senador Magno Malta (PR-ES) e de centenas de apoiadores que viajaram a Brasília em caravanas de todas as regiões do país.
Na ocasião, Bolsonaro justificou sua mudança de legenda – deixou o PSC – por considerar que o PSL é “ó único partido de direita” que o Brasil tem hoje, dentro de um espectro conservador, e afirmou que pretende disputar a Presidência da República nas próximas eleições, em outubro.
Sobre isso, inclusive, Bolsonaro afirmou que “começou o plano” de se lançar candidato ao Planalto em 2014, mas não sabia de que forma poderia viabilizar uma candidatura “sem dinheiro, sem conchavos […] e sem um grande partido”, mas que os últimos anos, com crescente apoio popular, o fizeram perceber uma chance de tentar.

De acordo com informações do jornal O Globo, sem Lula (PT) na disputa eleitoral, as pesquisas apontam Bolsonaro na liderança isolada das intenções de voto. O ex-presidente foi condenado por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro pelo juiz Sérgio Moro, na Operação Lava-Jato, e teve sua sentença confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com aumento da pena.
Ao iniciar seu discurso, Bolsonaro pediu que todos fizessem silêncio para que uma oração fosse realizada, e convidou o senador Magno Malta para conduzir o momento. O parlamentar citou texto registrado no livro de Juízes 9.7-15, conhecida como “a parábola de Jotão”, mencionou que o Brasil tinha sido governado pelo espinheiro de onde saía fogo ao longo de 13 anos de PT, e concluiu dizendo que era momento de uma nova história. Em seguida, conduziu a oração do Pai Nosso.
Bolsonaro pontuou que tem planos de mudar a estrutura de governo do país, e enfatizou que está numa “missão de Deus” para concretizar esses projetos, que incluem privatizações de empresas públicas como forma de reduzir a corrupção estatal e os custos do governo, a redução de impostos, a desregulamentação e a desburocratização, para incentivar o empreendedorismo.
A redução das despesas começará com o corte pela metade no número de ministério: quer que existam apenas 15, e revelou que já tem três nomes indicados para as pastas da Fazenda, com o economista Paulo Guedes; Defesa, com o general da reserva Augusto Heleno, ou “o oficial quatro estrelas que ele escolher”; e na Ciência e Tecnologia, com o tenente-coronel da FAB e único astronauta brasileiro Marcos Pontes. “O tenente Marcos Pontes me procurou hoje. Ele tem sonhos”, justificou segundo informações do portal Gazeta do Povo.
“Nós do Estado não podemos atrapalhar quem quer produzir, inovar, trabalhar, estudar”, acrescentou Bolsonaro.
Sobre a segurança pública, grande preocupação popular, o presidenciável afirmou que “violência se combate com energia e, se for o caso, com mais violência”, repetindo o discurso de tolerância zero que sempre adotou ao longo de sua carreira política. Atualmente, o Brasil convive com mais de 60 mil homicídios por ano, e apenas 5% desses crimes são solucionados pela Polícia.
No contato com as pessoas que foram à cerimônia para falar com ele e expressar apoio, Bolsonaro tentou falar com o máximo possível de entusiastas, e em meio ao empurra empurra, conversou com uma senhora que o informou que muitos jovens estão tirando o título de eleitor pela primeira vez para votar nele.
“Parabéns para os jovens do Brasil que nos livraram das garras da esquerda. Vocês farão a diferença!”, comentou o deputado, enquanto era filmado pela apoiadora de sua pré-candidatura.
Fonte: Noticias Gospel

Comentários

Leia também...

Veículo atropela jovem com bicicleta em Conchal

Quatro ex-coroinhas denunciam padre Leandro Ricardo por abuso sexual em Araras, SP

Reforma da Previdência - Professores, policiais federais e trabalhadores rurais terão idade mínima igual para homens e mulheres

Rio Tietê transborda após chuva e lixo invade ruas de Salto (SP)

Brasil - Carnaval deve movimentar R$ 6,78 bilhões e gerar 23,6 mil vagas temporárias, prevê CNC

Sinalização do pedágio automático nas rodovias tem readequação

Jovem que teve testa tatuada em 2017 é detido por suspeita de furto em São Bernardo do Campo, SP

PEC 287 - Coronel Elias Miler da Silva, rejeitou chamar essas diferenciações de privilégios, afirmando se tratar de “medidas compensatórias"

Ex-policial militar é morto durante troca de tiros com a PM em Conchal

Conchal - Sua conta de água veio com valores acima do normal? Saiba como proceder

Todas as Publicações

Mostrar mais