Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM)  repudia exposição de imagem de mulher vítima de feminicídio publicada por "jornal" de Conchal.
Leia nota oficial:




Nota de repúdio:

Manifesto repúdio à publicação do “Jornal Polêmica e Debates”, do jornalista Adolfo Aparecido Januário Pedroso, com fotos do corpo da enfermeira Nelly Cristina Venite de Souza Maria, após ter sido encontrada morta dentro do seu apartamento na cidade de Conchal, São Paulo. De acordo com a investigação policial, Nelly foi assassinada pelo namorado Emilson Rodrigues de Jesus na madrugada de 25 de maio de 2018.

A exposição de foto da vítima nessas condições caracteriza o crime de vilipêndio ao cadáver, previsto no artigo 212 do Código Penal.

Nelly Cristina foi vítima de feminicídio, que ocorre quando uma mulher é morta tendo como motivador da ação criminosa o gênero feminino. O Mapa da Violência de 2015 aponta que, entre 1980 e 2013, 106.093 pessoas morreram por sua condição de ser mulher. O machismo e a misoginia atentam contra a humanidade das mulheres expondo-as a tão alarmantes índices de violência letal.
As fotos causaram grande transtorno para a família da vítima, amigos e comunidade profissional que conviveram com Nelly Cristina. É inaceitável que mesmo após a sua morte outra violência seja cometida contra a sua imagem e dignidade.

Ao tempo em que presto solidariedade à família de Nelly Cristina, informo que solicitarei ao Ministério Público do Estado de São Paulo providências em relação ao caso.

 Deputado Luiz Couto

Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias


Comentários

Leia também...

Policia Civil prende seis indivíduos suspeitos de serem os responsáveis pela onda de crimes acontecidos em Conchal nos últimos meses

Policia Militar e GCM de Conchal apertam o cerco contra o crime e realizam operações em Conchal

Relógios se alteraram automaticamente durante a madrugada e confundiram os usuários na manhã deste domingo (21)

"Censura" - PSOL partido aliado do PT pede para TSE suspender funcionamento do WhatsApp em todo país

Prefeitura de Conchal segue com recapeamento na Avenida João Paulo II

Sancionada lei que dispensa reconhecimento de firma e autenticação de documento em órgãos públicos

Jovens conchalenses recebem certificados de conclusão do curso da Oficina do Jornalismo F5 (2018)

“Quem tem o apoio de milhões de brasileiros não precisa pagar”, disse estrategista digital de Bolsonaro

ETEC abre inscrições para Vagas Remanescentes do 2º Módulo dos cursos técnicos de Administração e Recursos Humanos em Conchal

Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar pai dentro de presídio no Ceará

Todas as Publicações

Mostrar mais