Urnas eletrônicas são violadas e suspeito é preso em flagrante, em Campina Grande


Urnas foram substituídas e serão periciadas pela Polícia Federal; caso aconteceu em colégio.



Ao todo, três urnas eletrônicas que seriam utilizadas no 2º turno das Eleições 2018 foram substituídas após serem violadas neste sábado (27), em um colégio em Campina Grande, conforme o juiz responsável pela 16ª Zona Eleitoral, Valério Porto.

De acordo com o juiz, as urnas foram violadas por um jovem que entrou no local, no entanto, a forma como ele fez isso ainda está sendo investigada pela Polícia Federal, assim como a suspeita de que ele seria aluno do colégio.

O magistrado explicou que as urnas foram recolhidas e levadas para a Polícia Federal, para passarem por perícia. “Elas não foram quebradas. Há vestígios de violação de lacres e, em uma delas, um parafuso foi removido. Inclusive, nós testamos essas urnas e elas estavam funcionando perfeitamente, mas por segurança e lisura nós substituímos”, disse.

O juiz também afirmou que o suspeito chegou a agredir um policial militar, no momento em que estavam tentando retirá-lo do local. Ele foi detido e levado para a delegacia da Polícia Federal na cidade, onde, segundo a PF, foi registrado o auto de prisão em flagrante.

Conteúdo G1 - 27/10/2018 18h57 


Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Vídeo - Acidente entre ônibus e caminhão deixa feridos na Rodovia Anhanguera

Policia Militar prende homem por tráfico de drogas no Bairro Sol Nascente em Conchal

'Se encontrar algum, mate e congele': o alerta nos EUA pelo aparecimento de peixe cabeça-de-cobra, que respira fora d’água

MC Gui se retrata após rir de criança em vídeo: 'Não pensei em atacar ou fazer bullying'

Motorista perde controle do carro em teste de baliza e derruba muro recém-construído, em Curitiba

A JUNTA DE SERVIÇO MILITAR DE CONCHAL CONVOCA OS JOVENS DA CLASSE DE 2001 E ANOS ANTERIORES PARA JURAMENTO À BANDEIRA

Laudos afirmam que Raíssa de 9 anos foi estuprada antes de ser morta em SP

Justiça barra estátua gigante e ordena retirada de monumentos dedicados à Padroeira em Aparecida

Mais de 5.100 pessoas vão ter que devolver dinheiro do Bolsa Família

Conchal - Sindicato Rural de Mogi Mirim convida CITRICULTORES a receberem orientações sobre o ingresso de ação judicial indenizatória contra as indústrias que assumiram formação e operação de CARTEL na comercialização/compra de laranja

Todas as Publicações

Mostrar mais