Postagens

Mostrando postagens de Setembro 11, 2018

Cutrale é condenada a pagar R$ 2 milhões de indenização por revistar funcionários

Imagem
Ação foi aberta pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). Empresa de Araraquara (SP) vai recorrer da decisão e negou irregularidades.

A Sucocítrico Cutrale, maior indústria de suco de laranja do mundo, foi condenada pela Justiça do Trabalho de Araraquara (SP) ao pagamento de R$ 2 milhões de indenização por danos morais coletivos por realizar revistas ilegais nos funcionários.
O valor será destinado a uma instituição com relevância social, a ser apontada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). A empresa pode recorrer ao Tribunal Regional do Trabalho.
Em nota, a Cutrale informou ao G1 que recorreu da decisão e negou as irregularidades. (Veja abaixo o posicionamento na íntegra).
A Cutrale deve parar imediatamente de realizar revistas nos empregados que trabalham nas indústrias e propriedades rurais do Estado de São Paulo, incluindo a verificação do conteúdo de bolsas e sacolas, ainda que de forma reservada e visual. Caso descumpra a decisão a empresa deverá pagar uma multa de R$ 20 mil p…

O estuprador que se declarou transgênero, foi preso com mulheres e abusou delas

Imagem
O caso reacendeu a polêmica sobre onde prender pessoas que se definem como transexuais, mas que foram condenadas por abuso sexual quando eram homens.

Karen White, de 52 anos, estava presa preventivamente por estupros e outros crimes sexuais que teria cometido - contra mulheres - quando ainda se apresentava como homem e se identificava como Stephen Wood.
Como, porém, se autodefine como transgênero, se veste de mulher e usa maquiagem, ganhou o direito de ser transferida para uma ala feminina onde cumpriria o restante da pena - uma vez que, no Reino Unido, autoridades prisionais adotam diretrizes recomendando que, em geral, o local de reclusão deve corresponder ao gênero que os detentos expressam.
Mas ela não havia feito cirurgia de mudança de sexo. E é acusada de ter aproveitado a proximidade com as presas com quem passou a dividir a cela para assediá-las sexualmente poucos dias depois de ter chegado.
O caso levantou críticas pelo fato de o histórico da presa ter sido desconsiderado em seu …

Beto Richa (PSDB), ex-governador do Paraná, é preso em Curitiba em ações de Lava-Jato e MP-PR

Imagem
Mulher do tucano e seu ex-chefe de gabinete no estado também foram detidos


O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso nesta terça-feira, em Curitiba, em novas ações da Operação Lava-Jato e do Ministério Público do estado. A mulher do tucano, Fernanda Richa, e seu ex-chefe de gabinete no estado Deonilson Roldo, também foram detidos. A defesa de Beto Richa informou que ainda não teve acesso à investigação.
Candidato ao Senado pelo PSDB no Paraná, Richa foi alvo de duas operações nesta terça-feira. Ele foi detido por ordem da Justiça estadual, a pedido de promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MP-PR, que apuram irregularidades em um programa de manutenção de estradas rurais no interior do estado.

Já a segunda operação contra ele é parte da 53ª fase da Lava-Jato, que investiga o suposto pagamento de propina da Odebrecht em obras viárias do Paraná. Policiais federais cumpriram mandado de busca e apreensão no apartamento do ex-governador.
N…

Todas as Publicações

Mostrar mais