Doria anuncia 1º escritório comercial de São Paulo na China


Objetivo é facilitar exportação de produtos paulistas para mercado chinês; anúncio foi feito no Palácio dos Bandeirantes







O Governador João Doria anunciou nesta terça-feira (2), após encontro com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, e a delegação do consulado chinês em São Paulo, a abertura de um escritório comercial paulista na província de Shangai. A inauguração acontece em agosto deste ano e a perspectiva é que o escritório facilite a promoção do comércio, investimentos e o intercâmbio em áreas diversas como educação, inovação e tecnologia.

“Shangai é a capital dos negócios da China. Hoje, estabelecemos os acordos de cooperação, que serão assinados em agosto, na China, com as seguintes áreas: agronegócios, tecnologia, infraestrutura, logística e transportes, saúde, desenvolvimento econômico, energia e turismo. Levaremos também os programas de desestatização do Governo do Estado de São Paulo, que forem pertinentes para as áreas de ferrovias, rodovias, aeroportos, portos e programas de desenvolvimento agrícola”, disse Doria.

Este será o primeiro escritório comercial do Estado fora do país. A expectativa é que a iniciativa seja ampliada para outras cidades chinesas.

“Temos uma relação de confiança e de muita expectativa com nossos parceiros chineses, que estão entre os mais fortes do estado e com quem queremos fortalecer e ampliar relações econômicas, mas também institucionais, em múltiplos setores. Nossa missão é detectar oportunidades de investimentos e seguir no fortalecimento para aproximação do Estado de São Paulo e China”, afirmou o Secretário de Relações Internacionais, Julio Serson.

Participaram do encontro sete Secretários de Estado: Júlio Serson (Relações Internacionais), Alexandre Baldy (Transportes Metropolitanos), Patrícia Ellen (Desenvolvimento Econômico), Vinicius Lummertz (Turismo), Henrique Meirelles (Fazenda e Planejamento), Marcos Penido (Infraestrutura e Meio Ambiente) e João Octaviano (Logística e Transportes). Na comitiva da China, participaram a Embaixatriz Lu Yanliu; a Cônsul-Geral em São Paulo Chen Peijie; o Ministro-Conselheiro QuYuhui; o chefe da Seção Política Zhu Yue; a segunda Secretária Liu Xiyuan; o Cônsul Comercial He Jun; e o vice-cônsul Zhang Hu.

Relações São Paulo e China

O último acordo entre o Estado de São Paulo e o governo chinês foi assinado em novembro do ano passado. Na ocasião, a Câmara de Comércio Internacional da China e Invest São Paulo estabeleceram um acordo com foco na promoção de investimentos e divulgação de atividades das regiões.

São Paulo e China já possuem 11 acordos de cooperação. A maioria dos documentos visa o fortalecimento de relações em setores de investimentos, agricultura e esportes.

Assessoria de Imprensa - Secretaria de Relações Internacionais



Comentários

Leia também...

Vaga de Emprego em Conchal

Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Conchal abre seis (6) vagas de emprego nesta semana

Informação falsa de tiroteio dentro da Uniararas mobiliza Guarda Civil Municipal em Araras, SP.

Jovem sofre AVC e tem parte do corpo paralisado após estalar pescoço

Ponto Alto Empreendimentos inicia obra asfáltica na Avenida Manoel Gonçalves Neto

Pelo menos 207 pessoas morreram e cerca de 450 ficaram feridas neste domingo de Páscoa no Sri Lanka

Polícia Militar prende traficantes com quase 4 kg de cocaína em Araras, SP

COMUNICADO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA REVISÃO DA LEI DE PARCELAMENTO DO SOLO E URBANIZAÇÕES ESPECIAIS NO MUNICÍPIO DE CONCHAL (SP)

Por que peixe não é considerado carne durante a Quaresma?

Todas as Publicações

Mostrar mais