Guaidó convocou venezuelanos para ir às ruas nesta terça-feira (30)


Juan Guaidó fala com megafone a multidão de cima de um carro em Caracas - Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters


Na manhã desta terça-feira (30) o autoproclamado presidentes da Venezuela, Juan Guaidó, convocou a população às ruas e disse ter apoio de militares para pôr fim ao que segundo ele é uma ‘’usurpação’’ no país. As informações são do ‘’G1’’.



O governo de Maduro fala em tentativa de golpe de estado e convoca os apoiadores a se manifestar a favor.

Guaidó disse em uma publicação em rede social que havia se encontrado com as principais unidades militares das Forças Armadas e que deu início à fase final da chamada "Operação Liberdade".

"Povo da Venezuela, vamos à rua. Força Armada Nacional, a continuar a implantação até que consolidemos o fim da usurpação que já é irreversível", declarou Guaidó em post.





O líder da oposição Leopoldo Lopez, que estava em prisão domiciliar imposta sob o regime de Maduro, foi liberado e junto a Guaidó foi as ruas da 
Venezuela.


Policiais dispararam bombas de gás contra manifestantes na capital, Caracas. De acordo com a TV estatal, eles tentam dispersar "golpistas".







Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Policia Militar apreende cocaína em comércio no centro de Conchal

Trio é preso suspeito de roubos de combustíveis em Mogi Guaçu

Safra da laranja 2019/20 do cinturão citrícola de SP e MG é estimada em 388,89 milhões de caixas

Família procura por jovem surdo e mudo desaparecido em Engenheiro Coelho, SP

Homem ataca ex-namorada dentro de Delegacia da Mulher em SP

Papa aceita renúncia do bispo de Limeira

Conchal recebe do UNIFAJ o prêmio de “Prefeito Educador 2019”

Tucano é flagrado por câmera de monitoramento na Rodovia Anhanguera, em Campinas

Aposentado cria armadilha para mosquito da dengue e vira projeto de pesquisa em universidades

Todas as Publicações

Mostrar mais