Novidade!

Drone transporta rim e salva vida de mulher nos EUA


Pesquisadores usam drone para transportar rim para mulher com problemas renais - Imagem: Divulgação/Universidade de Maryland


As escolas de medicina e engenharia da Universidade de Maryland, dos Estados Unidos, se uniram para dar um grande passo no avanço da medicina humana e de transplantes. Usaram um drone para fazer a entrega de um rim a cirurgiões no Centro Médico da Universidade, que realizaram o transplante e salvaram a vida de uma paciente. As informações são do ‘’UOL’’.


O drone saiu do Hospital Saint Agnes, na madrugada do último dia 19, voou por aproximadamente 10 minutos e pousou no heliponto do Centro Médico da Universidade de Maryland, um trajeto de aproximadamente 4 quilômetros. O transporte foi muito mais rápido que um veículo convencional, que seria algo entre 15-20 minutos, dependendo do trânsito da região.

A diferença pode até parecer pequena, mas em momentos como esse, alguns minutos a menos separam uma pessoa da morte. Nos Estados Unidos, cerca de 36 mil transplantes foram feitos em 2018, desses 30 mil foram realizados usando órgão de doadores falecidos. Estas operações foram as que deram certo: quase 2% dos órgãos dos falecidos não chegaram ao seu destino e quase 4% dos embarques tiveram atrasos de duas horas ou mais.

O rim transportado pelo drone não entrou nesta estatística. O órgão foi entregue a Trina Glispy, de 44 anos, que sofria de insuficiência renal. Ela disse que isso é tudo incrível e que não pensaria em uma coisa desses anos atrás. Até receber a doação, ela fez hemodiálise por 8 anos enquanto aguardava na lista de espera pelo rim.

Para que o voo de 10 minutos desse certo, os pesquisadores da Universidade de Maryland trabalham há três anos. No começo, realizaram diversos voos testes para transportar tubos de soro, amostras de sangue. Em novembro de 2018, chegaram a transportar um rim, mas o órgão não era viável.


Para que fosse possível o transporte de órgãos viáveis, ou seja, que poderiam ser transplantados em outra pessoa, tiveram que construir um sistema de monitoramento que enviasse as informações à equipe enquanto o drone estivesse no ar. Chamaram esse sistema de HOMAL (sigla em inglês). Ele pode enviar informações como temperatura, pressão, altitude, vibração e localização.

Outras precauções foram a instalação de acessórios adicionais no drone. A aeronave pilotada remotamente recebeu conjuntos de transmissão para garantir um melhor desempenho no voo, hélices reservas, baterias duplas e, para casos de pane total, paraquedas para proteger a carga.

 Segundo o Joseph Scalea, líder do projeto, o transporte é a parte mais complicada do processo de um transplante, pois geralmente demandam voos fretados caros ou voos comercias. Essas operações podem resultar em órgãos deixados no avião ou em atrasos que destroem a viabilidade do órgão.

 Com o sucesso dessa primeira missão, os pesquisadores esperam que, em breve, o transporte de órgãos com drone possa ser o meio mais rápido, seguro e econômico para combater a limitação de tempo de um transplante.




Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Campanha da Acico distribui quase R$ 60 mil em prêmios

Procurado pela Justiça é capturado pela PM durante patrulhamento em Conchal, SP

Homem sofre tentativa de homicídio no Jd Bela Vista em Conchal – O crime aconteceu por volta das 6:50hs deste sábado (9). A GCM atendeu a ocorrência

Banco do Brasil anuncia programa de demissão voluntária e fechamento de 361 unidades

Artistas de Conchal não receberão auxilio da Lei Aldir Blanc e mais de 217 mil terá que ser devolvido ao Governo – Diversos erros no processo elaborado pelo setor de turismo da cidade tonaram inviáveis os pagamentos

Polícia Militar aborda veículo com “pé” para fora do porta-malas na Rodovia Anhanguera em Araras, SP

Casal se perde no meio do mato e é resgatado pela Polícia Militar na zona rural de Araras, SP

Homem tem arma apreendida pela Força Tática após atirar contra suspeitos e acerta um deles na zona rural de Araras, SP

Bolsonaro sobre CoronaVac: "Agora estão ouvindo a verdade"

Polícia Militar desmonta centro de associação ao tráfico em Leme

Todas as Publicações

Mostrar mais