Polícia Civil investiga desvio de R$ 26 milhões do Banco do Brasil em oito estados e no DF


Foto: PCDF/Divulgação


Na manhã de hoje (9), a Polícia Civil do Distrito Federal de início a uma megaoperação em oito estados e no DF para prender suspeitos de desviar R$ 26 milhões do Banco do Brasil entre 2017 e 2018. Até o fim da manhã, 15 pessoas tinham sido detidas. As informações são do ‘’G1’’.


Ao todo, foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão temporária em oito estados (Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso e Rio de Janeiro) e no Distrito Federal.

No meio dos alvos estão dois ex-funcionários do Banco do Brasil e empresários de 11 empresas terceirizadas ligadas a instituição financeira para cobrar dívidas de clientes.

De acordo com a polícia, quando o cliente do banco quitava a dívida após contato com a terceirizada, o Banco do Brasil, automaticamente, pagava uma comissão. Só que, em alguns casos, o sistema apresentava inconsistência – uma espécie de erro técnico – e o pagamento tinha que ser feito manualmente por um servidor.

Dessa forma, o banco pagava um valor a mais para a prestadora de serviços e "recebia de volta um valor de propina", apontou a investigação.

Os policiais civis identificaram que um dos responsáveis por esse pagamento, na época, chegou a receber R$ 4 milhões em créditos ao longo de dois anos. O suspeito foi demitido pelo próprio banco em janeiro. Um outro ex-funcionário também teria recebido R$ 900 mil na conta. A operação foi batizada de Crédito Viciado.

A operação é feita pela Coordenação de Combate ao Crime Organizado (Cecor) e envolve 140 agentes da unidade e de outras delegacias no país.







Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia indicia pai e mãe de adolescente que pediu socorro pelas redes sociais após ser estuprada

Polícia Civil de Conchal apreendeu na tarde desta terça-feira (16), traficante com 45 papelotes de cocaína, 25 pedras de crack e 31 reais em espécie

Polícia Civil investiga mais dois padres por suspeita de abuso sexual da diocese de Limeira, SP

Liberação de saque de contas do FGTS será anunciada na próxima semana, diz ministro da Casa Civil

Vereadores de Conchal aprovam relatório para a abertura de processo de cassação do vereador Rodinei Ferreira da Silva.

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Bolsonaro

ANP libera venda direta ao consumidor de botijão de gás de 13 kg

Governo de São Paulo muda identidade visual de viaturas da PM

Funcionários da concessionária Arteris/Intervias entram em greve por tempo indeterminado

Governo pretende liberar R$ 42 bilhões das contas ativas do Fundo de Garantia

Todas as Publicações

Mostrar mais