Por unanimidade, Sexta Turma do STJ decide libertar ex-presidente Michel Temer


Votos também beneficiaram coronel Lima, amigo do ex-presidente. Decisão é liminar (provisória).







Por unanimidade, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu liminarmente (provisoriamente) conceder habeas corpus e libertar o ex-presidente Michel Temer, preso na sede do Comando de Policiamento de Choque, da Polícia Militar, em São Paulo.

Os quatro ministros que votaram (Antônio Saldanha, Laurita Vaz, Rogério Schietti e Néfi Cordeiro) se manifestaram favoravelmente à libertação de Temer e do coronel João Baptista Lima Filho, ex-assessor e amigo pessoal do ex-presidente – outro integrante da turma, o ministro Sebastião Reis Junior se declarou impedido e não participou da sessão.

Com a decisão, Temer e Lima permanecem em liberdade pelo menos até o julgamento definitivo do mérito do habeas corpus, pela própria Sexta Turma, em data ainda não definida.

Os ministros que votaram se manifestaram pela substituição da prisão pelas seguintes medidas cautelares:

·        proibição de manter contato com outros investigados;
·        proibição de mudança de endereço e de se ausentar do país;
·        entregar o passaporte;
·        bloqueio dos bens até o limite de sua responsabilidade;
·        não contato com pessoas jurídicas relacionadas ao processo;
·        proibição de exercer funções de direção em órgãos partidários.



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia indicia pai e mãe de adolescente que pediu socorro pelas redes sociais após ser estuprada

Polícia Civil de Conchal apreendeu na tarde desta terça-feira (16), traficante com 45 papelotes de cocaína, 25 pedras de crack e 31 reais em espécie

Polícia Civil investiga mais dois padres por suspeita de abuso sexual da diocese de Limeira, SP

Liberação de saque de contas do FGTS será anunciada na próxima semana, diz ministro da Casa Civil

Vereadores de Conchal aprovam relatório para a abertura de processo de cassação do vereador Rodinei Ferreira da Silva.

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Bolsonaro

ANP libera venda direta ao consumidor de botijão de gás de 13 kg

Governo de São Paulo muda identidade visual de viaturas da PM

Funcionários da concessionária Arteris/Intervias entram em greve por tempo indeterminado

Governo pretende liberar R$ 42 bilhões das contas ativas do Fundo de Garantia

Todas as Publicações

Mostrar mais