Venezuelanos buscam comida e coisas para revender em lixão na fronteira do Brasil


Criança venezuelanas reviram lixão em Pacaraima a procura de algo para sobreviverem — Foto: Emily Costa/G1 RR


Na tentativa de sobreviver depois de fugir da crise na Venezuela, homens venezuelanos entraram no lixão da cidade de Pacaraima, em Roraima, a única fonte de conseguir mantimentos. As informações são do ‘’G1’’.

Os imigrantes ficam da manhã à tarde em busca de qualquer coisa que dê para aproveitar. Pegam metais, papelões e comida. Eles dizem não conseguir outro trabalho porque a cidade está cheia de venezuelanos carentes.

“Buscamos tudo o que possamos vender para conseguir algum dinheiro. Se achamos alimentos que não estão podres, comemos”, descreve Miguel Arteaga, 48, que há três semanas vive em Pacaraima. “Moramos os três de favor em uma casa”.

Por conta de manifestações e confrontos na Venezuela desde a última terça-feira (30), o número de venezuelanos que fogem para o Brasil aumentou.

O presidente autoproclamado Juan Guaidó, anunciou ter apoio de militares e convocou o povo às ruas na última terça-feira, para derrubar o regime de Nicolás Maduro. O chavista, no entanto, afirma que os oposicionistas "fracassarão".

De acordo com a ONU, 3,4 milhões de venezuelanos saíram do país desde 2014 quando a crise política e econômica se agravou no país. Aproximadamente 96 mil buscaram refúgio no Brasil, mas no estado fronteiriço de Roraima, que concentra maior quantidade, só 9% conseguem inserção no mercado formal, conforme levantamento da Organização Internacional para Migrações (OIM).







Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Policia Militar apreende cocaína em comércio no centro de Conchal

Trio é preso suspeito de roubos de combustíveis em Mogi Guaçu

Safra da laranja 2019/20 do cinturão citrícola de SP e MG é estimada em 388,89 milhões de caixas

Família procura por jovem surdo e mudo desaparecido em Engenheiro Coelho, SP

Homem ataca ex-namorada dentro de Delegacia da Mulher em SP

Papa aceita renúncia do bispo de Limeira

Conchal recebe do UNIFAJ o prêmio de “Prefeito Educador 2019”

Tucano é flagrado por câmera de monitoramento na Rodovia Anhanguera, em Campinas

Aposentado cria armadilha para mosquito da dengue e vira projeto de pesquisa em universidades

Todas as Publicações

Mostrar mais