Novidade!

Foragido tenta forjar morte com manchas falsas de sangue na camisa para despistar a polícia

‘Não sei se é tinta ou se é ketchup, sei que é bem grotesco’, diz delegado. Everson Leonardo Nascimento de Lima é suspeito de homicídios e tráfico de drogas em Moreno (PE).




A Polícia Civil está à procura de dois homens foragidos que são suspeitos de homicídios e tráfico de drogas em Moreno, no Grande Recife. Um deles, de 29 anos, forjou a própria morte, tirando uma foto deitado com manchas escuras na camisa para enviar à polícia e despistar o trabalho dos investigadores.


De acordo com o delegado Fábio Lacerda, da 13ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o último homicídio cometido por esse homem, identificado como Everson Leonardo Nascimento de Lima, ocorreu em 5 de maio, em Moreno. Desde então, a polícia tenta localizá-lo para prestar depoimento, mas não consegue encontrá-lo.

“Os familiares dizem não saber onde ele está. Já temos um mandado de prisão desde a semana passada, mas não conseguimos encontrar essa pessoa”, afirma.

Durante as investigações, o delegado recebeu, através do WhatsApp, uma imagem do foragido deitado com manchas escuras em uma camisa. Para o delegado, a intenção do homem era encerrar as investigações policiais, mas a morte forjada foi descoberta pelos investigadores do caso.

“Não sei se é tinta ou se é ketchup, sei que é bem grotesco, bem amador. Poderia ter feito uma simulação mais realista”, diz o delegado.


Outro homem, identificado como Elias José dos Santos Silva, também é investigado por suspeita de cometer os mesmos crimes que Everson, segundo a polícia. “Eles não agiam juntos, mas agiam da mesma forma. Também precisamos ouvi-lo em depoimento, mas não conseguimos localizá-lo”, afirma.

Everson Leonardo Nascimento de Lima e Elias José dos Santos da Silva estão foragidos — Foto: Polícia Civil/Divulgação

 Conteúdo: Beto Ribeiro Repórter 





Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Guarda Municipal prende segundo acusado de ter assassinado a facadas o pintor Wesley Ribeiro, 24 anos. O crime aconteceu em 9 de março deste ano

Novo caso de coronavirus é confirmado em Conchal neste sábado (23). O paciente tem 12 anos e pertence a região sudeste do município

Conchal terá barreira sanitária na entrada da cidade a partir desta quinta-feira (21)

Enfermeira é suspensa de hospital após atender pacientes com Covid-19 apenas de lingerie

Policia Militar e Guarda Municipal acabam com festa e aglomeração de pessoas no Jardim das Palmeiras em Conchal.

Conchal realiza barreira sanitária com controle de temperatura no acesso da cidade

Resposta Rápida – Policia Civil de Conchal prende um dos suspeitos de ter participado do assassinato do pintor Wesley Ribeiro, 24 anos. O crime aconteceu ontem 09/03. Assista vídeo da prisão.

Funcionário público é preso por furto de luvas, máscaras e aventais dentro da Secretaria de Saúde de Mogi Guaçu

Governo estadual antecipa feriado de 9 de julho para próxima segunda-feira, 25 de maio

Criança conchalense que testou positivo para Covid-19 recebe alta, diz diretora de Saúde de Conchal em entrevista ao F5

Todas as Publicações

Mostrar mais