Willian Weslei, dono do carro que arrastou mulher por 100m, depõe

A vítima, dona Marina de Morais, 63 anos, ficou ferida após ser arrastada por não querer dar desconto no preço de balões, em Taguatinga.




Dono da Mercedes-Benz Cla 45 AMG automática, de cor branca, Willian Weslei Lelis Vieira se apresentou na 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro) nesta terça-feira (18/06/2019). Segundo testemunhas, na noite de sábado (15/06/2019), o veículo de propriedade do suspeito arrastou a vendedora de balões Marina Izidoro de Morais, 63 anos, por cerca de 100 metros. Depois, o motorista fugiu.

Conforme apurado pelo portal Metrópoles, o dono do automóvel é um empresário e estava ao volante no momento em que a trabalhadora foi arrastada. Por volta das 12h30, Willian, que entrou pela porta dos fundos da DP, ainda prestava depoimento. O advogado do acusado, que não quis se identificar, chegou acompanhado de uma mulher e disse que falaria com a imprensa depois das oitivas.

Dona Marina foi atropelada após se negar a dar desconto no preço dos balões que vendia em uma festa junina. O caso gerou grande repercussão no Brasil. Inconformados com o episódio, vários leitores do Metrópoles buscaram informações sobre como ajudar a diarista. Até mesmo uma vaquinha virtual foi criada para auxiliar a moradora de Taguatinga. Na manhã desta terça-feira (18/06/2019), as doações ultrapassavam R$ 25 mil.

Dona Marina de Morais – foto: JP metrópes 

“Estou surpresa e muito contente com toda a solidariedade que venho recebendo desde sábado. Muitos me procuraram, e assim percebo que ainda é possível acreditar na bondade e compaixão das pessoas”, ressaltou Dona Marina, nesta terça.

O delegado Paulo Almeida disse que a PCDF está colhendo versões de testemunhas e da própria vítima, que deve comparecer à DP nesta quarta-feira (19/06/2019). “Tem várias pontas soltas que precisamos amarrar para saber o que ocorreu, como e por qual motivo, até mesmo para que possamos qualificar o crime”. Entre as possibilidades, estão lesão corporal, furto e tentativa de homicídio. “Alguns fatores são considerados agravantes para o caso, como o fato de o autor ter fugido do local sem prestar socorro, o pequeno valor dos objetos, a própria idade da vítima e, também, por ela ter sido arrastada”, pontuou o investigador.

Conteúdo: Metrópoles  







Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Guarda Municipal frustra tentativa de furto a caixa eletrônico em Conchal e prende dois indivíduos em flagrante

Vídeo - Com apenas quatro dias de investigação Policia Civil de Conchal prende dois homens suspeitos de assassinar o tatuador Felipe Maule Rodrigues de Camargo, 34 anos.

Faça a sua escolha! A mentira vestida de verdade, ou a verdade simplesmente nua? – Quem é o Pai?

Ferrão de peixe crava na perna de funcionário de supermercado e vítima é socorrida por bombeiros em MT

10 de outubro é comemorado o Dia Nacional da Guarda Municipal

Sogro mata o genro após filha mandar mensagem por WhatsApp pedindo socorro em SP

Empresa que empregar mulheres com mais de 45 anos terá benefícios em Araraquara

RESULTADO – Conchalenses votaram hoje (6), na eleição do conselho tutelar em Conchal. Veja resultado da eleição

Vídeo - Prédio residencial desaba em Fortaleza e causa ao menos uma morte

Acidente envolvendo carro e moto aconteceu nesta manhã (7) na praça Lions em Conchal

Todas as Publicações

Mostrar mais