Comissão do Senado aprova proibição de fumo em estádios



A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou hoje a proibição do fumo em eventos esportivos, incluindo estádios de futebol e ginásios. Relatada pelo senador Romário (Podemos-RJ), a proposta segue agora para a Câmara dos Deputados. O projeto é de autoria do senador Eduardo Girão (Podemos-CE.

Se for aprovada na Câmara, a proposta permitirá pela primeira vez a restrição do fumo em locais abertos. Inicialmente, a proposta previa a proibição nos eventos esportivos. Mas, durante a votação, a medida foi estendida para repartições públicas, salas de aula, bibliotecas, recintos de trabalho coletivo.

Essa ampliação, porém, não tem efeitos práticos, uma vez que já existe lei federal proibindo fumo em ambientes fechados. Ao defender o projeto, Girão observou os gastos expressivos do SUS para o tratamento de pessoas com doenças relacionadas ao tabaco e os perigos provocados pelo fumo passivo. Paula Johns, diretora da ACT-BR, elogiou a aprovação.

"Se transformada em lei, será um avanço, pois estamos falando de ambientes onde há uma grande concentração de pessoas."

Conteúdo: UOL


Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Aos 18 anos de idade jovem de Conchal que passou em primeiro lugar no curso de física da Universidade Federal de São Carlos (campus Araras) escreve sobre a trajetória e começa a ministrar cursos online de redação

Família procura jovem desaparecido desde sábado (07)

Acidente envolvendo dois carros acontece nesta manhã (10) na rotatória da Avenida Francisco Magnusson

Corpos são encontrados enterrados em canavial de Limeira, SP

Cidade italiana oferece dinheiro para atrair novos moradores

Catador de lixo ganha mochila em SC e chefe encontra feto congelado dentro

Idosa que vendia lanches para sobreviver fica desolada após ter produtos apreendidos: 'Disseram que é a lei'

Servidora pública é detida por furtar alimentos da merenda escolar em Araraquara (SP)

Conchalense encontra envelope com dinheiro, cheques e documentos e devolve ao dono

Agredida com mais de 70 facadas faz alerta a mulheres em relações abusivas: ‘não existe ex-agressor’

Todas as Publicações

Mostrar mais