Pai foge com R$ 1 milhão arrecadado para tratar doença rara do filho

O pai suspeito de usar dinheiro arrecadado para tratamento do filho doente foi preso em um hotel de luxo na Bahia.



Um homem de 37 anos, natural de Minas Gerais, foi preso na segunda-feira (22) em Salvador, na Bahia, suspeito de estelionato. Mateus Alves teria fugido para a cidade com cerca de R$ 1 milhão arrecadado por meio de contribuições online para compra de um medicamento para o filho dele. O garotinho, de 1 ano e 7 meses, é portador de uma doença rara e pode morrer caso não seja medicado.

Segundo informações da Polícia Civil, a corporação recebeu nos últimos dias, em Conselheiro Lafaiete, na região Central de Minas, uma denúncia de que o homem estaria em Salvador gastando o dinheiro. A quantia deveria ser usada para tratamento do filho dele, que é portador de Atrofia Muscular Espinhal (AME).

O caso de João Miguel, de apenas um ano e sete meses mobilizou os moradores de Conselheiro Lafaiete. Vizinhos e parentes se engajaram em uma campanha para arrecadar dinheiro para que sua família pudesse comprar um medicamento cuja dose custa mais de R$ 300 mil.

O tratamento da AME exige a compra de seis doses do remédio, totalizando quase R$ 2 milhões, que não são oferecidas pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Matheus foi levado para Belo Horizonte na segunda-feira (22), onde foi aguardado pela Polícia Civil de Minas Gerais. Com informações do 'Portal R7'. 







Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Corpo de mulher é encontrado fora da cova e seminu: “Apavorante”

Justiça determina bloqueio de 407 mil reais do Presidente da Câmara Municipal de Conchal Roberson Claudino Pedro (Robinho) e de Marcelo Aparecido Mandeli, ex-assessor do presidente

Videos - Após chuvas em Conchal, infestação de pequenos sapos assusta moradores

Suspeito de Roubar Joalheria em Conchal é preso pela Policia Civil

Adolescente de 12 anos é estuprada dentro de escola pública em SP

Corpo de menina torturada por pai tem 37 marcas de tiros de arma de pressão, diz Conselho Tutelar

Suspeito de matar engenheira após perseguição no trânsito é preso em MT

Oferta de emprego que veta 'negras e gordas' vira caso de polícia em Belo Horizonte

Polo do Cartório Eleitoral em Conchal abrirá para cadastramento biométrico no feriado, dia 15 de novembro (sexta-feira)

Bolsonaro extingue o seguro obrigatório de veículos, o DPVAT

Todas as Publicações

Mostrar mais