Pesquisa da USP usa entulho de construção no lugar de areia e brita em concreto sustentável

Material desenvolvido por pesquisadores de São Carlos é 30% mais barato além de evitar a extração de recursos naturais. Testes estão sendo feitos na construção de uma casa em Conchal.

Concreto sustentável desenvolvido na USP de São Carlos está sendo testado na construção de uma casa em Conchal. — Foto: Reprodução EPTV


Pesquisadores do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos (SP) desenvolvem um concreto que faz reuso de entulhos de construção no lugar da brita e da areia. O material permite a redução do uso de recursos naturais sem gastar mais cimento e é 30% mais barato.

O entulho, formado por tijolo, cerâmica e argamassa é moído em várias concentrações. Para fazer a substituição, os pesquisadores realizaram uma série de estudos de dosagem dos materiais para compensar a baixa resistência do entulho em comparação com a pedra da brita.

Pesquisadores da USP testam um concreto mais sustentável que troca a brita e a areia naturais por entulho de construção. — Foto: Reprodução EPTV

“Nós usamos técnicas de dosagem mais específicas que as convencionais para diminuir os vazios dos agregados e precise de menos cimento para dar essa cola no meio”, explicou o professor Bruno Luis Damineli.

O cimento é o segundo material mais consumido no mundo, só perde para água. Se não houver mudança até 2050, o seu uso vai representar entre 20% e 30% da emissão de gás carbônico no mundo.

Com a parceria de um empresário do setor de construção, nova forma de fazer concreto está sendo testada na construção de uma casa na cidade de Conchal (SP), que ficará pronta em duas semanas. A família que irá habita-la irá avaliar como é a temperatura e o nível de ruído dentro da casa construída com esse tipo de concreto.

Segundo Damineli, além de diminuir os custos da obra, o concreto sustentável ajuda a diminuir o impacto ambiental.


“Diminui a extração da brita natural, da quantidade de entulho descartada em aterro e não aumenta o uso do cimento que, hoje, é o maior produtor de gás carbônico mundial.”




Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia Civil de Conchal apreendeu na tarde desta terça-feira (16), traficante com 45 papelotes de cocaína, 25 pedras de crack e 31 reais em espécie

Polícia indicia pai e mãe de adolescente que pediu socorro pelas redes sociais após ser estuprada

Vídeo - Segundo incêndio em menos de um ano acontece no setor de meio ambiente em Conchal

Polícia Civil investiga mais dois padres por suspeita de abuso sexual da diocese de Limeira, SP

Vereadores de Conchal aprovam relatório para a abertura de processo de cassação do vereador Rodinei Ferreira da Silva.

FaceApp: App que envelhece rosto dos usuários vira febre na internet; veja como usar

Homem atacado por onça-pintada é salvo por 5 cachorro em MS

Liberação de saque de contas do FGTS será anunciada na próxima semana, diz ministro da Casa Civil

Descoberta a origem de vídeo de drone com fogos de artifício

Líder de grupo terrorista revela plano para matar Bolsonaro

Todas as Publicações

Mostrar mais