Pesquisa da USP usa entulho de construção no lugar de areia e brita em concreto sustentável

Material desenvolvido por pesquisadores de São Carlos é 30% mais barato além de evitar a extração de recursos naturais. Testes estão sendo feitos na construção de uma casa em Conchal.

Concreto sustentável desenvolvido na USP de São Carlos está sendo testado na construção de uma casa em Conchal. — Foto: Reprodução EPTV


Pesquisadores do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos (SP) desenvolvem um concreto que faz reuso de entulhos de construção no lugar da brita e da areia. O material permite a redução do uso de recursos naturais sem gastar mais cimento e é 30% mais barato.

O entulho, formado por tijolo, cerâmica e argamassa é moído em várias concentrações. Para fazer a substituição, os pesquisadores realizaram uma série de estudos de dosagem dos materiais para compensar a baixa resistência do entulho em comparação com a pedra da brita.

Pesquisadores da USP testam um concreto mais sustentável que troca a brita e a areia naturais por entulho de construção. — Foto: Reprodução EPTV

“Nós usamos técnicas de dosagem mais específicas que as convencionais para diminuir os vazios dos agregados e precise de menos cimento para dar essa cola no meio”, explicou o professor Bruno Luis Damineli.

O cimento é o segundo material mais consumido no mundo, só perde para água. Se não houver mudança até 2050, o seu uso vai representar entre 20% e 30% da emissão de gás carbônico no mundo.

Com a parceria de um empresário do setor de construção, nova forma de fazer concreto está sendo testada na construção de uma casa na cidade de Conchal (SP), que ficará pronta em duas semanas. A família que irá habita-la irá avaliar como é a temperatura e o nível de ruído dentro da casa construída com esse tipo de concreto.

Segundo Damineli, além de diminuir os custos da obra, o concreto sustentável ajuda a diminuir o impacto ambiental.


“Diminui a extração da brita natural, da quantidade de entulho descartada em aterro e não aumenta o uso do cimento que, hoje, é o maior produtor de gás carbônico mundial.”




Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Umaflex inaugura fábrica de espumas especiais em Conchal com capacidade de produção de 1500 toneladas mês

Policia Militar prende dois por tráfico no Parque Industrial em Conchal

Mais um processo na conta do Presidente da Câmara conchalense - Ministério Público pede condenação do presidente da Câmara de Conchal (Robinho) por “gastos abusivos com combustível”

Menina de 1 ano morre ao ser atacada por pitbull enquanto dormia em rede

Homem é preso suspeito de contaminar mulheres com vírus HIV no interior de SP

Avião de pequeno porte carregado com pasta base de cocaína realiza pouso forçado no interior de SP

Suspeito de Roubar Joalheria em Conchal é preso pela Policia Civil

Mãe e padrasto são presos por suspeita de espancar e matar criança de 3 anos em SP

Jovem é agredida pelo ex após ir a motel para tentar reatar a relação

Homem morre após ter pênis decepado no DF

Todas as Publicações

Mostrar mais