Número de famílias endividadas no Brasil é o maior desde julho de 2013



Compras parceladas, cheque especial, carnê de loja, financiamento de carro ou casa: de acordo com um levantamento da Confederação Nacional do Comércio (CNC) divulgado nesta segunda-feira (5), 64% das famílias brasileiras possuem alguma dívida.  Essa foi a sétima alta seguida no endividamento das famílias, sendo o maior percentual desde julho de 2013.

Entre todos os meios de endividamento dos brasileiros, o cartão de crédito foi apontado pelo estudo como o principal. A recepcionista Janaina Rocha conta que sempre teve problema com dinheiro por não se controlar. “Eu sempre fui gastona, então acabei me endividando com cartão de crédito, não consegui pagar e estou enrolada até agora. É o consumismo, né. A gente acaba comprando antes de pagar a dívida. Primeiro gasta, depois vai pensa no cartão.”

Elias Rozendo, analista de chat, também enfrentou problemas com o cartão. Ele conta, no entanto, que aprendeu a lição e tenta não gastar mais do que ganha. “Eu me endividei com cartão de crédito, e aí tive que quitar toda essa dívida e aprendi que cartão de crédito, na realidade, não é uma boa. Quanto mais você puder tentar pagar à vista, fazer todas as coisas à vista, você não se atola em dívidas. Também vale sempre tentar fazer um Orçamento do quanto você ganha”, explica.

Em junho, segundo o Banco Central (BC), os juros do cartão de crédito voltaram a subir e ultrapassaram 300% ao ano. O especialista e educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli, explica que a portabilidade pode ser uma boa alternativa. “É claro que, se o consumidor conseguir concentrar todas as suas dívidas em um único banco, em uma única instituição, e ainda reduzindo a taxa de juros, será um bom negócio. Mas é fundamental que a pessoa tenha planejamento, controle, e que esteja com o nome limpo. Afinal de contas, o banco só vai aceitar esse negócio se a pessoa for uma boa pagadora.”

O levantamento da CNC mostra, ainda, que também aumentou o número de famílias inadimplentes em julho deste ano (24%), ou seja, pessoas que estão com essas dívidas atrasadas, já vencidas e se enforcam ainda mais.

A pesquisa ouviu 20 mil consumidores.

Conteúdo: ‘Jovem Pan



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Dois veículos batem em cruzamento no centro de Conchal

Bilhetes anônimos com acusação de adultério tomam conta de cidade no interior de SP

Postagem de mãe viraliza após filha voltar de festa de fim de ano na escola com bolo inteiro: 'Queriam os mais bonitos e decorados'

Trailer de lanches é destruído por caminhão durante a madrugada

Confeiteira doa bolo para criança e mãe reclama: "dê algo que preste"

Motorista de caminhão que explodiu na SP-330 é identificado e será enterrado em Artur Nogueira

PM reage a assalto e mata dois assaltantes em Mogi Mirim

Caixa espera pagar FGTS de R$ 998 antes do Natal

Papai Noel chegou na Praça da Fonte trazendo alegria e a magia do Natal em Conchal

Advogado aparece de calcinha pedindo cigarro em condomínio em Limeira, SP

Todas as Publicações

Mostrar mais