Novidade!

Estado de SP apresenta queda de 45% de homicídios na última década

Os casos de vítimas de latrocínios, de ocorrências de roubos a banco e de carga, além de roubos e furtos de veículos, também caíram.


O Governador João Doria apresentou nesta sexta-feira (27) os índices de criminalidade do mês de agosto e o resultado mostrou queda de 9,38% nos casos de homicídio dolosos no Estado - que passaram de 224 para 203 - quando comparado com o mesmo período de 2018. O percentual mostra uma queda de 45% nesse tipo de crime na última década. O número de vítimas deste crime também apresentou queda de 9,87%, com 23 vidas poupadas se comparado a agosto de 2018. Os totais são os menores da série histórica, iniciada em 2001.

Com as variações, as taxas dos últimos 12 meses (de setembro de 2018 a agosto de 2019) caíram para 6,25 casos e 6,57 vítimas de homicídios dolosos a cada grupo de 100 mil habitantes do Estado. Os índices são os menores já contabilizados pela série história.

“Esta é a menor taxa de homicídios da história de São Paulo e do Brasil, que foi alcançado agora com 6,25 homicídios por 100 mil habitantes. É um número histórico na vida do país. É um índice usado pela ONU para se avaliar o índice de segurança em regiões em todo o mundo”, disse Doria.

Os latrocínios também reduziram na comparação mensal. Os casos caíram mais que a metade, passando de 23 para 10 ocorrências registradas no mês passado. A quantidade de vítimas passou de 23 para 11. Os índices são os menores da série.

“São Paulo tem uma polícia de respeito e continuará a ter. Este índice é resultado de uma boa política de segurança. O nosso objetivo é abaixar ainda mais este índice e aumentar a sensação de segurança”, afirmou o Governador.

Roubos e furtos

No oitavo mês de 2019, o Estado de São Paulo registrou queda nos roubos e furtos de veículo. Os roubos de veículo recuaram 26,3%, de 4.822 para 3.554.  Em números absolutos foram 1.268 casos a menos - o menor total da série.

Os furtos de veículos também diminuíram 7,67% em agosto. A quantidade passou de 8.561 para 7.904, ou seja, 657 a menos. É a primeira vez que o indicador fica abaixo de 8 mil ocorrências no período.

Os roubos de carga registraram queda de 20,86%, de 748 para 592. A redução se estendeu para os roubos a banco que passaram de cinco para um, atingindo o menor total contabilizado pela série. Os furtos em geral tiveram queda de 0,91% no período, já que 42.936 ocorrências foram contabilizadas.

Capital reduz homicídios e latrocínios

A capital paulista terminou o mês de agosto com redução nos casos e vítimas de homicídios e latrocínios. As mortes intencionais recuaram 23,08%, passando de 52 para 40, se comparado o oitavo mês de 2018 com o mês passado. O total de vítimas deste crime reduziu 26,32% (de 57 para 42). Os números são os menores registrados pela série histórica, iniciada em 2001.

Com as reduções, as taxas dos últimos 12 meses (de setembro de 2018 a agosto de 2019) ficaram em 5,42 casos e 5,77 vítimas para cada grupo de 100 mil habitantes. São as menores para o período já registradas na série histórica. Os casos de latrocínios caíram de cinco para três na Capital, em agosto deste ano. O indicador de vítimas de roubos seguidos de morte reduziu de cinco para quatro. As quantidades são as menores da série histórica do período.

Produtividade

O trabalho realizado pelas polícias Militar, Civil e Técnico-Científica no mês de agosto deste ano resultou em 17.576 prisões. A quantidade, que representa aumento de 1,06%, é recorde para o período. No mês, 1.034 armas de fogos foram retiradas das ruas e 4.172 flagrantes de tráfico de drogas foram registrados.


 “Tivemos uma elevada produção policial, com apreensões de armas, particularmente com a apreensão, pela primeira vez, de 168 fuzis. É um ativo que nós retiramos da criminalidade e protegendo cada vez mais a população paulista. Um número recorde de presos e apreendidos, quase 160 mil. Uma quantidade considerável de drogas apreendidas, quase 120 toneladas”, disse o Secretário da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, em relação ao acumulado dos oito primeiros meses do ano.


Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Polícia Civil estoura boca de tráfico no Parque Industrial em Conchal

Polícia prende traficante pela quarta vez em Conchal

Prefeito Vando Magnusson reincorpora Dorival dos Santos Bento à Guarda Municipal de Conchal – Sentindo-se perseguido pela gestão Valdeci, Bento acionou a justiça em 2013 para garantir o direito conquistado

Região de Piracicaba a qual pertencente Conchal na fase amarela - Prefeito Vando Magnusson, diz que seguirá diretrizes do Estado e revogará o decreto municipal que passaria a valer a partir da próxima segunda-feira (10).

Fiscalização do Estado de São Paulo realiza ação nos comércios de Conchal para orientação sobre o uso de máscara

Bandidos invadem sítio e, na fuga, suspeito é baleado

Suspeito de comer cachorro, em Curitiba, é preso após oferecer dinheiro a policiais e pede para comer gansos, diz delegado

Pai provoca acidente e mata os dois filhos na Dutra em Lavrinhas (SP)

Personal trainer morre após ser esfaqueada em briga de vizinhos no interior de SP

Por conta da pandemia carnê de “Taxa de Licença de Funcionamento” será entregue pelos correios em Conchal. Veja Edital

Todas as Publicações

Mostrar mais