Suspeito de pedofilia é levado para "sala de tortura" do Metrô de SP


Após ter sido acusado de pedofilia, homem foi agredido com tapas e socos por uma das seguranças do local em uma suposta sala de atendimento.


Um homem foi acusado de ser pedófilo e, na sequência, agredido em uma "sala da tortura" no metrô. O fato ocorreu no sábado (7) na estação da Luz, em São Paulo. O motorista voltava para casa depois de visitar uma amiga no hospital.

O suposto pedófilo alegou que andava pelo metrô quando uma menina de 13 anos começou a encará-lo e ele respondeu questionando se a garota queria tirar uma foto dele.

Ao não concordar com a atitude do homem, a mãe da menina resolveu buscar ajuda dos seguranças. Os profissionais abordaram o motorista perto de uma das plataformas e o levaram até uma sala para atendimentos de primeiros socorros.

Após dar sua versão dos fatos e entregar seus documentos pessoais, o homem foi agredido com tapas e socos por uma das seguranças. Mãe e filha haviam ido embora sem registrar ocorrência antes que o homem fosse levado.

Depois de sair da estação, o motorista, que não tem passagem pela polícia, procurou uma delegacia na região central de São Paulo para registrar um boletim de ocorrência. A polícia e o Metrô já estão investigando o caso.

A atuação dos agentes de segurança dos metrôs de São Paulo é uma reclamação recorrente. Em nota, o Metrô São Paulo diz que repudia a atitude dos seguranças, mas também não tolera assédios contra mulheres e adolescentes. Os seguranças envolvidos na agressão já estão afastados e a companhia afirmou que manterá o afastamento durante toda a apuração.

Conteúdo: ‘portal R7



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Aos 18 anos de idade jovem de Conchal que passou em primeiro lugar no curso de física da Universidade Federal de São Carlos (campus Araras) escreve sobre a trajetória e começa a ministrar cursos online de redação

Família procura jovem desaparecido desde sábado (07)

Acidente envolvendo dois carros acontece nesta manhã (10) na rotatória da Avenida Francisco Magnusson

Corpos são encontrados enterrados em canavial de Limeira, SP

Cidade italiana oferece dinheiro para atrair novos moradores

Catador de lixo ganha mochila em SC e chefe encontra feto congelado dentro

Idosa que vendia lanches para sobreviver fica desolada após ter produtos apreendidos: 'Disseram que é a lei'

Servidora pública é detida por furtar alimentos da merenda escolar em Araraquara (SP)

Conchalense encontra envelope com dinheiro, cheques e documentos e devolve ao dono

Agredida com mais de 70 facadas faz alerta a mulheres em relações abusivas: ‘não existe ex-agressor’

Todas as Publicações

Mostrar mais