Jovem de 20 anos morre afogado durante lua de mel, um dia após se casar




Conteúdo: ‘UOL’  

A comemoração de um casamento recente terminou em tragédia em Itanháem, litoral de São Paulo. Allan Phelipe Alves Coelho, 20, morreu afogado durante a viagem de lua de mel, no último domingo (29). A mulher de Allan, Gabriela Teixeira Cuba, 19, viu o momento em que o marido foi levado pela correnteza. O corpo do jovem foi localizado ontem, e o laudo do Instituto Médico Legal (IML) confirmou afogamento como causa da morte.

Allan e Gabriela haviam se casado no sábado e partiram em viagem para o litoral. Eles estavam na praia Balneário Jequitibá no domingo, por volta das 11h30, brincando no raso, quando uma onda forte acabou atingindo os dois. A corrente marítima os levou a uma região mais profunda.

Allan e Gabriela haviam se casado no sábado, um dia antes do acidente

Segundo Luiz Garcês, tio de Gabriela, ela gritou por socorro e o dono de um quiosque, que presenciou a cena, correu até o local e conseguiu resgatá-la. "Uma onda forte levou ambos. Depois que ela foi retirada, o rapaz tentou voltar para salvar o Allan, mas ele já tinha desaparecido", conta Luiz.

O tio de Gabriela conta ainda que Allan não sabia nadar e não tinha muita experiência com o mar.
O Grupo de Bombeiros do Mar (GBMAR) foi acionado imediatamente e realizou buscas pela região, sem sucesso. "O bombeiro chegou rápido, mas também não conseguiu localizar o Allan", diz o tio de Gabriela.

Sem encontrar o marido, Gabriela procurou a polícia no dia seguinte e registrou o desaparecimento. O corpo de Allan foi encontrado na madrugada de ontem, na praia do Convento Velho, em Peruíbe, cidade vizinha. O enterro será na tarde de hoje.

Família abalada

Luiz conta que o fato chocou toda a família. "Estamos aqui no velório, vamos enterrar o Allan daqui a pouco e ninguém se conforma com o que aconteceu. Minha sobrinha não consegue nem falar, a família, que comemorou junta no sábado, hoje está chorando", lamenta.

Procurada, a Polícia Civil de Itanhaém informou que aguarda o laudo pericial ser enviado para a finalização do caso, que deve ser confirmado como morte acidental. A causa da morte que consta nesse documento, obtido pelo UOL, é asfixia e afogamento.



Comentários

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Policia Militar prende homem por tráfico de drogas no Bairro Sol Nascente em Conchal

'Se encontrar algum, mate e congele': o alerta nos EUA pelo aparecimento de peixe cabeça-de-cobra, que respira fora d’água

Vídeo - Acidente entre ônibus e caminhão deixa feridos na Rodovia Anhanguera

Guarda Municipal frustra tentativa de furto a caixa eletrônico em Conchal e prende dois indivíduos em flagrante

Mais de 5.100 pessoas vão ter que devolver dinheiro do Bolsa Família

Fotos - Departamento de Esportes inicia Olimpíada Interescolar em Conchal

Motorista perde controle do carro em teste de baliza e derruba muro recém-construído, em Curitiba

A JUNTA DE SERVIÇO MILITAR DE CONCHAL CONVOCA OS JOVENS DA CLASSE DE 2001 E ANOS ANTERIORES PARA JURAMENTO À BANDEIRA

Vídeo mostra assaltante beijando idosa durante roubo no Piauí: ‘não quero seu dinheiro’

Laudos afirmam que Raíssa de 9 anos foi estuprada antes de ser morta em SP

Todas as Publicações

Mostrar mais