Novidade!

Testemunhas de Jeová tentam converter público do Rock in Rio: 'Uma pessoa já é uma conquista'


Duplas de voluntários ficam nos portões de acesso: 'Só falamos com quem se interessa mesmo'.


Testemunhas de Jeová tentam converter almas durante o dia do heavy metal do Rock in Rio 2019 Foto: Ricardo Rigel / O Globo


Conteúdo: ‘O GLOBO’

Nem mesmo o sol escaldante que aquece o Rock in Rio fez com que um grupo de Testemunhas de Jeová desanimasse de converter ovelhas para o seu rebanho. Sempre presentes na entrada de grandes eventos, duplas formadas por dois homens ou duas mulheres se posicionaram nos portões de acesso com totens repletos de encartes e revistas para os interessados em conhecer a palavra.

A voluntária Francisca, de 50 anos, que preferiu não dar seu sobrenome, disse que, em 2017, o grupo conseguiu atrair uma pessoa para os estudos da Bíblia:

— Nosso trabalho aqui é envolver o público na palavra. E se uma pessoa for conquistada já é uma conquista. Tem muita gente que vem falar com a gente e diz que tem parentes que também são Testemunhas de Jeová.

Já a recepcionista Thuany Santos, de 26 anos, que é voluntária da igreja, disse que já está acostumada a participar desse tipo de ação e revela que o grande segredo é o respeito:

— As pessoas estão aqui para curtir o que elas gostam. Da mesma forma que eu e minha amiga também estamos aqui fazendo o que gostamos, que é levar a palavra de Deus para as pessoas. A gente respeita todo mundo, porque também gostamos de ser respeitadas.

A jovem conta que o trabalho é silencioso e que não abordam os frequentadores do evento.

— Muita gente nos vê aqui e acaba perguntando. Só falamos com quem se interessa mesmo. Temos alguns encartes com informações sobre a palavra de Deus — diz Thuany, que nunca entrou na Cidade do Rock: — Não tenho a menor vontade de conhecer o que rola lá dentro. Tenho outros gostos musicais.




Imperdível

Publicidade

Não Perca Tempo! Venha para os Cursos 24 horas

Leia também...

Prefeitura prepara terreno para receber construção de empresa que estima gerar 3 mil empregos diretos em Conchal

Ônibus Circular em Conchal recebe novos horários

Minas Gerais tem primeiro caso suspeito de “coronavírus” no Brasil

Fumacê de combate ao mosquito da dengue vai percorrer bairros em Conchal a partir das 19hs desta terça-feira (21)

Coronavírus pode ter sido transmitido por sopa de morcego e carne de cobra. Os animais são vendidos vivos na China e consumidos como iguaria

27/01/2020 - Departamento de Saúde disponibiliza novos dados referentes à situação da dengue em Conchal

Via Rápida Virtual tem 20 mil vagas para cursos rápidos e gratuitos

Começa a valer a partir de 31 de janeiro novo modelo de placa de veículos padrão Mercosul

Vídeo - Empresa Zanchetta Alimentos exporta as primeiras 27 toneladas de frango para a China. Em entrevista, José Carlos Zanchetta, Presidente da Zanchetta Alimentos fala sobre o novo complexo industrial do grupo, que será construído em Conchal

Polícia Rodoviária Federal prende sequestradores e recupera caminhões roubados em Americana

Todas as Publicações

Mostrar mais